Vaquinha / Outros / Dinheiro

Campanha TRAVESSIA CINE CUBA | Flávio Rebouças

ID da vaquinha: 9067
Campanha TRAVESSIA CINE CUBA | Flávio Rebouças
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
32%
Arrecadado
R$ 5.685,00
de
Meta
R$ 17.583,00
Apoiadores
62
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Thumb fl vio vakinha 

Campanha TRAVESSIA CINE CUBA

Thumb travessia cine cuba 06Estar entre os poucos selecionados para o Curso Regular em Especialização Cinematográfica em Fotografia na Escuela Internacional de Cine y TV localizada em San Antonio de Los Baños (Cuba), significa um passo grandioso na caminhada em busca de um sonho. É uma vitória que transborda, porque é uma conquista de uma coletividade. Mas não basta ser selecionado. Por isso, eu e minha amiga Everlane Moraes , que também foi selecionada pela EICTV, unimos as forças e viemos à público pedir a colaboração de todos através da campanha TRAVESSIA CINE CUBA! O nosso objetivo é mobilizar  e buscar apoios para efetivação financeira dessa jornada cinematográfica. Então, convocamos os amigos, amigas, familiares, simpatizantes, militantes, admiradoras e admiradores, além de empresas e instituições de forma geral, a embarcar nessa travessia e contribuir para a minha manutenção e a de Everlane no chão cubano durante os 3 anos do curso.E levando em consideração a competência internacional da EICTV na formação de cineastas, sendo considerada uma das melhores instituições de formação audiovisual do mundo, esta oportunidade me parece ser vantajosa, não só pra mim, mas também pra povo brasileira e latino-americano que ainda tem muitas histórias para inspirar filmes e fotografias.

As colaborações servirão para:

¬| Cobrir parte do custo da matrícula na EICTV , correspondente ao valor de $2.500 euros;

¬| Compra da passagem aérea Rio - Havana (ADQUIRIDA!!!);

¬| Compra de passagem aérea Bahia - Rio de Janeiro

¬| Emissão de Passaporte (ADQUIRIDO!!)

¬| Seguro Saúde;

¬| Equipamentos e material de exigidos pela EICTV, como: Cabos, Lâmpadas incandescentes, Tapes Sony HDV , Baterias, dentre outros equipamentos.

Como o custo é alto e temos pouco tempo pra reunir a quantia necessária para arcar as despesas imediatas e garantir a estádia do jovem estudante na escola por todo o período de vigência do referido curso, toda e qualquer colaboração será muito bem vinda. 

Quem sou eu e o audiovisualEu nasci em Ipiaú, mas cresci em Itacaré, no litoral sul da Bahia.  Vim da periferia do paraíso, estudei em escolas públicas e na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus, onde moro atualmente. Ingressei no curso de Comunicação Social (Rádio e TV) no primeiro ano de implantação do programa de ações afirmativas na UESC.  O desenrolar da minha trajetória acadêmica testemunha contra o discurso reacionário que menospreza a capacidade intelectual dos cotistas. Isso não significa que este jovem itacareense teve vida fácil na academia. Mas, entre um corre e outro para me manter, encontrei na fotografia a luz no fim do túnel. Foi o estímulo que faltava.

Minha relação com o audiovisual, seja com a fotografia ou com o vídeo, tem uma relação intima com questões ligadas aos direitos humanos e com uma enorme parcela da população brasileira que é desprivilegiada, invisibilizada, e com quem compartilho a mesma origem étnica e social, como a periferia, comunidades quilombolas, Indígenas e de terreiro.Thumb 10010318 818191964874139 1446796546 oThumb img 0227   Thumb lampejo 9Thumb 1921104 773113436032827 2060403927 oThumb foto divulga  o

Colaborações e recompensas

Para R$10 ou mais:

Agradecimento na página oficial da Campanha (nome).

Para R$30 ou mais:

Agradecimento na página oficial da Campanha + 2 Cartões postais de Havana (Cuba) com fotos de Flávio Rebouças e felicitações de ambos estudantes (Everlane Moraes e Flávio Rebouças).

Para R$50 ou mais:

Agradecimento na página oficial da Campanha + 2 Cartões postais de Havana (Cuba) com fotos de Flávio Rebouças e felicitações de ambos estudantes + Uma foto (30x40cm) do fotógrafo Flávio Rebouças.

Para R$100 ou mais:

Agradecimento na página oficial da Campanha + DVD contendo 2 filme de curta-metragem produzidos pela cineasta Everlane Moraes + 2 Cartões postais de Havana (Cuba) com fotos de Flávio Rebouças e felicitações de ambos estudantes + Convite para uma sessão especial do filme resultado da conclusão do curso + Uma foto (20x30cm) do fotógrafo Flávio Rebouças.

Para R$200 ou mais:

Agradecimento na página oficial da Campanha + DVD contendo 2 filmes de curta-metragem produzidos pela cineasta Everlane Moraes + 2 Cartões postais de Havana (Cuba) com fotos de Flávio Rebouças e felicitações de ambos estudantes + Convite para uma sessão especial do filme resultado da conclusão do curso + Uma foto (30x40cm) do fotógrafo Flávio Rebouças + Nome incluso nos agradecimentos do filme de conclusão de curso + Blusa da Campanha.

Para contribuições de R$1.000 ou mais!

Agradecimento na página oficial da Campanha + DVD contendo 2 filmes de curta-metragem produzidos pela cineasta Everlane Moraes + 2 Cartões postais de Havana (Cuba) com fotos de Flávio Rebouças e felicitações de ambos estudantes + Convite para uma sessão especial do filme resultado da conclusão do curso  + Duas fotos (20x30cm) do fotógrafo Flávio Rebouças + Nome incluso nos agradecimentos do filme de conclusão de curso + Blusa da Campanha.

Para contribuições de R$2.000 (Direcionado a Coletivos de Cinema e Cultura, Instituições Públicas (prefeituras e secretarias) e Empresas Privadas com propostas de cunho sociocultural)

Agradecimento na página oficial da Campanha + DVD contendo 2 filmes de curta-metragem produzidos pela cineasta Everlane Moraes + 2 Cartões postais de Havana (Cuba) com fotos de Flávio Rebouças e felicitações de ambos estudantes + Convite para uma sessão especial do filme resultado da conclusão do curso + Duas fotos (20x30cm) do fotografo Flávio Rebouças + Blusa da Campanha + Logomarca da empresa associada a nossa campanha.

Para contribuições acima de R$4.000 (Direcionado a Coletivos de Cinema e Cultura, Instituições Públicas (prefeituras e secretarias) e Empresas Privadas com propostas de cunho sociocultural)

Direito a uma Atividade de Cineclubismo com Mostras dos Filmes de conclusão do Curso Regular da EICTV de ambos estudantes (Everlane Moraes (SE) e Flávio Rebouças (BA) +“Caixa D’água: Qui-lombo é esse?” e “Conflitos e Abismos: a expressão da condição humana” + todas as recompensas acima citadas. 

Também é possível apoiar através de depósitos ou transferências bancárias:

FLÁVIO SANTANA BACELAR REBOUÇASBANCO DO BRASILAg.: 0019-1C.C: 47.336-7

 

Colabore também com Everlane Moraes: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/campanha-travessia-cine-cuba

Thumb 1511491 603756993069743 8018206211985021224 o

Minha atuação no audiovisualRealizei exposições fotográficas a partir de ensaios como "Porto de Trás" e "Curiar". O primeiro retratando cotidiano de um bairro quilombola urbano  do município de Itacaré e o outro falando sobre a curiosidade e a infância em comunidades negras. A exposição “Curiar” acompanhou o projeto itinerante Lampejo – Fotografia Imaginativa. As fotos são marcadas pela característica mais forte da minha fotografia: a harmonia entre a sensibilidade do olhar e o rigor técnico. 

Sou um dos idealizadores e coordenei, em suas duas edições, o projeto Pirilampo – Experimentação em Audiovisual, que inicia jovens da periferia de Ilhéus no universo da produção audiovisual, construindo mecanismos de empoderamento por meio de oficinas e rodas de conversa. Também sou um dos realizadores do projeto Lampejo – Fotografia Imaginativa. A iniciativa reúne crianças de comunidades quilombolas dos municípios de Itacaré e Ituberá para atividades educacionais através de oficinas de fotografia, mostra de filmes e exposição de fotos.Recebi dois prêmios de fotografia. O primeiro, no âmbito regional, foi durante o Encontro dos Povos da Cabruca (2012), na categoria Recursos Humanos. O segundo foi durante o Concurso Nacional "Fotografe o Brasil" (2013), promovido pela Canon e iStockphoto, nesse fui premiado na categoria Escolha do Diretor.No projeto Mãe Ilza Mukalê II: Música, Identidade e Memória (2014), mediei a oficina de Gestão da Comunicação para jovens de comunidades negras e de terreiro. Também integrei a equipe da cobertura colaborativa da TEIA Nacional da Diversidade 2014 realizando vídeos e fotografias.Nos últimos anos estive empenhado na realização audiovisual, atuando no cinema independente da região sulbaiana participando de produções de vídeos documentais, como: “Cárcere de Batom”, sobre as questões de gênero e as presidiárias do anexo feminino do Conjunto Penitenciário de Itabuna; “Encantos da Lagoa”, que fala sobre as lendas e os encantados relatados pelos moradores da comunidade da Lagoa Encantada, em Ilhéus; “Quilombos de Itacaré”, um recorte sobre a história de fundação dos quilombos Porto de Trás, Santo Amaro, Fojo, Serra de Água e João Rodrigues em Itacaré; ”Mãe Ilza Mukalê: Histórias e Saberes”, sobre a matriarca do Terreiro Matamba Tombenci Neto; “Da Flor ao Fruto”, que acompanha o cotidiano de mães que dividem seu tempo entre os estudos na UESC e a criação dos filhos e filhas; e os ficcionais: “Bordel”, ”3 Dias de Klaus”, “Cem Contos”, entre outros, cumprindo a função, principalmente, de diretor de fotografia. Também participei da produção da Mostra Sulamericana de Audiovisual - MUSA, Festival de Cinema Baiano – Feciba, Mostra Multicultural de Cinema de Itacaré - Mostra CINEMULTI, a Mostra de Vídeos Pirilampo e a Mostra Cine Clarão. Sou membro do Coletivo Alumiar Audiovisual.Essas experiências com o audiovisual me proporcionaram vivências significativamente poderosas com a linguagem cinematográfica, permitindo imprimir a minha opinião e transmitir os meus sentimentos sobre as coisas do mundo.E finalmente...O cinema e a fotografia entram na minha vida pra reconhecer a humanidade ao meu redor, para perceber que somos mais que índices e números. Somos sim um infinito de individualidades e semelhanças. Entendi o porque da ligação entre opressores e a comunicação. Por isso encaro o audiovisual como uma arma potente de libertação e de luta pelo direto do povo historicamente oprimido, violentado e invisibilizado.  Há muitos guerreiros e guerreiras brigando pela subversão da lógica mesquinha que ainda impera.Com essa caminhada, envolvendo a minha admissão na Escuela Internacional de Cine y TV de San Antonio de los Baños - Cuba (EICTV), espero dá mais alguns passos em prol da revanche, da transformação do nosso jeito, inclusive ocupando espaços que sempre nos foi negado. Hasta la cuba!Thumb lampejo 13

Para maiores informações acessem a nossa página no facebook: Campanha TRAVESSIA CINE CUBA

Contato:Flávio RebouçasE-mail: fsbreboucas@hotmail.com

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021