Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

VESTA – a máscara do Projeto Égide da Universidade de Brasília.

ID da vaquinha: 964530
VESTA – a máscara do Projeto Égide da Universidade de Brasília.
SUELIA de S R F Rosa
73%
Arrecadado
R$ 36.311,07
de
Meta
R$ 50.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

 

Este é um pedido de contribuições ao Projeto Égide – concebido como Projeto VIDA 2020 – que tem por objetivo principal combater a pandemia do novo coronavírus.

Veja a cobertura da mídia a respeito do projeto no vídeo disponível no link a seguir:

https://globoplay.globo.com/v/8430476/

Assista ao vídeo de uma professora da UnB engajada no Projeto Égide:

https://youtu.be/snZYi8agxlE

Informamos que o Projeto Égide não realiza contato solicitando doações diretamente, exceto por este canal. Por isso, fiquem atentos a tentativas de golpes.

 

 

Toda a sociedade brasileira acompanhou as preparações do Governo Brasileiro e do Ministério da Saúde para o enfrentamento ao coronavírus. Ficou claro que o sistema de saúde sofrerá grandes dificuldades para fornecer leitos de UTI e equipamentos de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde e voluntários. Além disso, o preço das máscaras e de outros materiais necessários para a adequada proteção contra a contaminação pela COVID-19 aumentaram muito por conta da procura excessiva. Tanto a escassez das unidades disponíveis quanto o aumento dos valores unitários representam grande preocupação em relação a capacidade de aquisição da quantidade necessária para atender às unidades de saúde.

De forma a contribuir com os esforços do Governo Brasileiro e do Ministério da Saúde, a Universidade de Brasília estabeleceu parcerias para desenvolver e produzir uma máscara aprimorada em relação ao padrão N95 com um filtro que utiliza nanotecnologia para conter o vírus (SARS-CoV-2) e oferecer maior proteção aos profissionais da saúde: a VESTA (Figura 1).

Figura 1 - Conceito da máscara VESTA .

O Projeto Égide – nova marca que estabelece o amadurecimento das ideias concebidas pelo Projeto VIDA 2020 – é uma iniciativa da Universidade de Brasília com o objetivo de desenvolver novas tecnologias, como a VESTA. O processo exige certificação e fabricação destas máscaras hospitalares aprimoradas em relação ao padrão N95, além da pesquisa e desenvolvimento de outras iniciativas no intuito de contribuir no combate à atual crise sanitária brasileira e mundial, como um nanofilme para aplicação capaz de filtrar o novo coronavírus e válvulas para máquinas de respiração.

A princípio nomeamos como Projeto VIDA a iniciativa, porque fazemos oposição, contraste, ao cenário global de perdas humanas e entristecimento. Ao contrário, buscamos trazer esperança àqueles que não a enxergam mais, e que, entretanto, precisam de todo apoio para voltar a viver normalmente. Eis que Projeto Égide surge como nova denominação dos nossos esforços. Égide tem como significado “proteção”, o que se relaciona diretamente ao nosso objetivo primordial, uma vez que estamos buscando erguer um verdadeiro escudo contra o novo coronavírus.

 

A VESTA, uma máscara idealizada com nanofilme no intuito de filtrar o novo coronavírus e eliminá-lo assim que entre em contato, poderá auxiliar que os profissionais da saúde melhor se protejam da COVID-19. Esta inovação é possível por conta da altíssima qualidade da pesquisa desenvolvida pela nossa equipe, cujos pesquisadores primam pela competência e comprometimento. A Figura 2 mostra uma comparação do filtro da classe N95 comum (acima) e a proposta do nanorevestimento presente na VESTA (abaixo).

Figura 2 - Comparação do filtro da classe N95 comum (acima) e a proposta do nanorevestimento presente na VESTA. (abaixo).

Para tornar viável este esforço, precisamos do apoio de cada um que possa contribuir. A iniciativa é para que, a partir desta colaboração multissetorial, todos possamos, em conjunto, dar suporte ao sistema de saúde brasileiro. Estamos submetendo nossos documentos a diversos órgãos e entidades que se disponibilizaram em apoiar no combate à COVID-19.

Atualmente nosso grupo conta com mais de 75 pessoas, entre elas doutores, mestres, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores e ex-discentes que se disponibilizaram a trabalhar como voluntários. A nossa parte está em andamento: estamos trabalhando com recursos escassos, contribuindo com o que é possível, tantas vezes com aportes próprios, a fim de prover o necessário para viabilizar o desenvolvimento das máscaras e válvulas que serão distribuídas aos centros que mais precisarem. Contamos com a perspectiva também de que, adiante, empresas parceiras nos ajudarão no desenvolvimento, produção e certificação dos equipamentos.

 

Formulário para contato com a equipe do Projeto Égide:

link para o formulário 

 

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020