Vaquinha / Outros / Dinheiro

Vamos ajudar a Cybele

ID da vaquinha: 70111
Vamos ajudar a Cybele
Você não possui corações!
Clique aqui para comprar.
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
27%
Arrecadado
R$ 9.708,00
de
Meta
R$ 36.000,00
Apoiadores
203
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Quem conhece a Cybele Duarte sabe o que ela passa. Uma mulher sem familiares vivos que mora em São Paulo,  mãe solo abandonada pelo pai do filho de 3 anos que, por falta de apoio, se desdobra em mil pra dar conta de tudo sozinha, coisa que não tem acontecido. A Cybele está com uma divida impagável de condomínio e seu apartamento está indo a leilão. Se ela não conseguir este dinheiro, será despejada com filho. Vamos ajudar??? Texto da Cybele: Sou filha de uma mãe solo, que sempre fez tudo que estava ao alcance para me dar educação, quando estava com 19 anos vim pra São paulo fazer curso pré vestibular e minha mãe ficou com minha avó, atendendo um dos pedidos da minha avó, minha mãe subiu no telhado para limpar uma parte que tinha telha de fibra de vidro, ela veio a cair e em decorrência dessa queda, ficou paraplégica. Na época eu tinha 19 anos, e tudo que podia fazer, era cuidar da minha mãe, e tudo que eu podia fazer, era estudar, que era o que ela fazia questão.Ela ficou 10 anos numa cama, no inicio, tentou fazer a fisioterapia, mas viu que não teria de volta os movimentos, e entrou em depressão. Assisti minha mãe deprimida numa cama por 10 anos, nada do que eu fizesse melhorava o estado dela.Ela foi internada dezenas de vezes, com infecção urinária, com infecção nas escaras que se formaram deviso a não querer sair da cama ou fazer fisioterapia, assisti minha mãe se desfazendo, tanto física quanto emocionalmente.Ela faleceu quando eu tinha quase 30 anos, perdi total o controle das contas, já não tinha mais entrada de dinheiro, que era a pensão dela, e até então, eu nunca havia trabalhado fora, não tinha experiência em nada, tinha uma faculdade que sem experiência não servia de muita coisa. Com 30 anos de idade, sem nenhum registo em carteira e muita discriminação por ser "velha" e nunca ter trabalhado, me virei sempre como pude, até ficar grávida e sozinha, e sofrer mais discriminação ainda.Sou mãe solo, trabalho há 3 anos fazendo comidas em casa, festa infantil e ainfs, mas acrise foi brava e não consegui manter as contas em dia. Sozinha, com filho, sem rede de apoio, sem família. A única coisa que tenho é esse apartamento, onde moro com meu filho, que se perde-lo, não vou ter pra onde ir. Quem puder ajudar, agradeço muito, de coração.
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2022