Tratamento da Mami

ID da vaquinha: 119033
Tratamento da Mami
Manu Freitas
Taguatinga Sul / DF
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 200.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Queridos amigos, me chamo Anna Emanuella de Freitas Camargos e hoje venho pedir ajuda pela causa mais nobre de toda a minha vida. Essa mulher maravilhosa da foto é minha mãe, Jaíne Aparecida de Freitas Camargos, tem 44 anos e sempre foi muitíssimo saudável. Porém, no dia 26/01/2017, tudo mudou. Às 04:30 da manhã, 48h após sepultar sua irmã mais velha, minha mãe sofreu um AVC enquanto dormia. Não temos plano de saúde, então a levamos para o hospital público mais próximo. Lá, médicos e pacientes estavam se virando como podiam. Era desumano. Eu e meu pai, que tem 54 anos e é deficiente físico, carregamos minha mãe no colo pra colocá-la na máquina de tomografia (isso enquanto ela estava passando mal, vomitando e sem controle algum de si mesma). Não tinha ninguém pra ajudar. Após a médica plantonista avaliar o resultado, disse pro meu pai: "se quiser salvar sua esposa, tira ela daqui. Nós não temos nem água pra beber". E assim fizemos. Já imaginávamos quão absurdo de caro seria tratá-la em um hospital particular, mas simplesmente fomos adiante. Salvá-la era prioridade número um. Perdemos as primeiras valiosas horas nessa peregrinação, o que agravou o quadro e inviabilizou o tratamento mais simples e capaz de reverter o coágulo no cérebro. Depois de toda a correria, a única saída seria a cirurgia para retirada de uma parte do crânio. E assim foi feito. Hoje, no 12º dia de internação na UTI do Hospital Anchieta, com esse lindo cabelo raspado e com uma cicatriz que vai da nuca até a testa e da ponta da orelha direita até o topo da cabeça, venho fazer um apelo pela vida da minha mãe. Ela perdeu todos os movimentos do lado esquerdo do corpo, não fala e não faz absolutamente nada sozinha. Não podemos, de forma alguma, interromper o tratamento. Precisamos pagar o hospital. Até o dia de ontem, 06/02/2017, a conta da UTI estava em 105 mil reais. Fora a cirurgia (20 mil), traqueostomia (5 mil), medicamentos e demais tratamentos. Sem previsão de alta, já vendemos um carro e estamos nos desdobrando e contando com a ajuda de todos os amigos e conhecidos para vencermos este desafio de manter a minha mãe aonde ela está. Toda contribuição é bem-vinda! Que Deus abençoe a cada um que ler essa história e contribuir, orar pela vida da minha mãezinha ou, simplesmente, compartilhar esse apelo. Muito obrigada!Quem preferir fazer a contribuição diretamente na conta do meu pai, Adalton da Silva Camargos, segue dados bancários:Banco: ItaúAgência: 7011Conta corrente: 07993-1Banco: Caixa EconômicaAgência: 2399Operação: 013Conta Poupança: 05279-3.Banco: Banco do Brasil Agência: 1887-2Conta: 62000-9Variação: 051Se for preciso informar o número do CPF, pode me pedir pelo WhatsApp (61) 9996-1933.Caso alguém queira confirmar, mamãe está internada na UTI do Hospital Anchieta, em Taguatinga-DF. O telefone do hospital é: (61) 3353-9405.
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020