Projetos / Produtos

TransENEM Porto Alegre 2018

ID da vaquinha: 281006
TransENEM Porto Alegre 2018
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
49%
Arrecadado
R$ 2.439,00
de
Meta
R$ 5.000,00
Apoiadores
29
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens

Tendo como exemplo iniciativas como o PreparaNem no Rio de Janeiro, o TransEnem em Belo Horizonte, o EducaTrans em Sergipe e o projeto Transcidadania em São Paulo, em meados de outubro de 2015 o TransEnem de Porto Alegre começou a ser esboçado, com o objetivo central de oferecer um cursinho popular que garanta oportunidades de estudos para pessoas transexuais, formando um local de acolhimento para pessoas que são marginalizadas pela sociedade e que, em sua grande maioria, foram excluídas pelo próprio sistema educacional.  O nosso objetivo é criar um espaço de estudos inclusivo para a população de pessoas transexuais, no qual poderão ter acesso digno à educação, obtendo a conclusão do ensino médio ou ingressando em uma universidade através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O projeto visa também ao empoderamento pessoal, através da troca de experiências e conteúdo relacionado à área dos Direitos Humanos, Saúde e Cidadania. Nossa equipe é composta por pessoas voluntárias (cis e trans) que se dedicam, cada um na sua área de atuação, a dar continuidade à esse projeto. Temos buscado contato com ONGs, órgãos públicos e privados com objetivo de encontrar apoio tanto financeiro como trocas de conhecimento, vivência e contato com parceiros, também dedicados à essa população. Porém, apesar de toda a ajuda que já conseguimos, precisamos custear a manutenção do espaço de aula, bem como garantir a permanência de quem estiver contando conosco, uma vez que temos como meta prover vale-transporte pra alunes, além de lanche para o intervalo das aulas, que ocorrerão de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h, semanalmente, e material didático (xerox) e escolar. Segundo dados da Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) mais de 90% das travestis e mulheres trans convive com a realidade de uma profissão perigosa e não regulamentada, que é a prostituição. Estudos da ONG Transgender Europe (TGEU) apontam que o Brasil é o país que mais mata travestis e transexuais no mundo. Grande parte dessa população não conseguiu terminar o Ensino Fundamental ou Ensino Médio. Sabendo dessa realidade de exclusão e violência, entendemos que seja essencial que alunes recebam um benefício que custeie o deslocamento para as aulas, bem como garantir algum tipo de compensação pela sua permanência nas aulas. Portanto, contamos com a sua doação para que possamos dar continuidade à nossas atividades, dando condições para a permanência de nosses alunes, garantindo seu acesso e bem-estar na sala de aula. Entendemos que a educação é a principal ferramenta para a construção de uma sociedade mais justa, digna e diversa. Seja você também nosso parceiro nessa missão! 

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.