SOS ENCHENTES! Ajude cidades gaúchas atingidas pelas chuvas: Doe agora mesmo
Pessoas / Saúde / Caridade

Campanha Hortas e Aldeias

ID: 1027147
Campanha Hortas e Aldeias
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
102%
Arrecadado
R$ 3.556,00
de
Meta
R$ 3.500,00
Apoiadores
31
Encerrada
Você e a vaquinha concorrem a R$ 15 MIL
  • Sobre
  • Novidades0
Vaquinha criada em: 29/04/2020

HORTAS E ALDEIAS: ALIMENTOS FRESCOS E NUTRITIVOS DA AGRICULTURA FAMILIAR  PARA AS COMUNIDADES INDÍGENAS

Apoie a compra solidária de alimentos frescos e nutritivos, de base agroecológica e tradicional para comunidades indígenas no estado de São Paulo!

As medidas sanitárias e de isolamento social, fundamentais para conter a pandemia da covid-19, têm como efeitos indesejados ampliar as desigualdades pré-existentes e podem repercutir no fornecimento e acesso a alimentos frescos e nutritivos. A Campanha Hortas e Aldeias visa colaborar na mitigação das repercussões que concernem às cadeias de abastecimento alimentar, conectando diretamente cooperativas e organizações da agricultura familiar com as comunidades indígenas.       

Sua doação permitirá a compra solidária de alimentos agroecológicos do coletivo Raiz Verde, do Assentamento Ipanema, em Iperó, SP, e a entrega segura em três aldeias indígenas no estado de São Paulo.

Contribua para que famílias de agricultores agroecológicos e famílias indígenas atravessem este período com saúde e em segurança!

A campanha Hortas e Aldeias é coordenada pelo Núcleo de Estudos em Agroecologia da UFABC (NEA-UFABC), Coletivo de Consumo Rural Urbano (CCRU) e Coletivo de Consumo Rural Urbano – Solidariedade Orgânica (CCRU-SOLO). 

SAIBA MAIS:

A Campanha Hortas e Aldeias é um modo de manifestar nosso inconformismo diante do descaso a direitos fundamentais, mas, também, nossa esperança, vontade de agir e compartilhar essa inquietação por dias melhores a todas e todos. Sobretudo, é nossa forma de expressar gratidão e solidariedade aos povos indígenas e aos agricultores familiares. Povos que compartilham tantas similaridades em sua relação sagrada com a terra, com os alimentos e todos os seres. Saberes tão preciosos aos nossos dias! Povos que seguem resistindo às injustiças históricas ligadas à ganância pela terra, que neste momento se acentuam ainda mais.

Nas terras indígenas, as principais fontes de renda da maioria das aldeias tornaram-se inviáveis: venda de artesanato dentro e fora das aldeias, turismo de base comunitária, entre outros. O recebimento de auxílios emergenciais, até o momento, não tem sido eficiente e não é suficiente para enfrentar a insegurança alimentar e nutricional a que estão expostos. É bom esclarecer que a proximidade a grandes centros urbanos, como é o caso da maioria das terras indígenas no estado de SP, ameaça a biodiversidade e a segurança hídrica e alimentar nos territórios indígenas, impactando profundamente seu modo de vida, inviabilizando que vivam diretamente da terra. Muitos precisam trabalhar fora das aldeias para o sustento das famílias e, neste momento, perderam suas fontes de renda, sem nenhum direito assegurado.

No campo e nas cidades, os agricultores familiares sofreram grande impacto sobre a venda dos alimentos que produzem, com o fechamento de feiras e outros mercados alternativos e restaurantes. As políticas emergenciais que visam tentar garantir fluxo da produção neste momento, não são suficientes para assegurar a permanência do escoamento.

Todo o dinheiro arrecadado será utilizado para a compra de alimentos do coletivo Raiz Verde do Assentamento Ipanema, em Iperó, SP, e entregue em aldeias indígenas no estado de São Paulo. A campanha Hortas e Aldeias é coordenada pelo Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica da UFABC (NEA-UFABC), Coletivo de Consumo Rural Urbano (CCRU) e Coletivo de Consumo Rural Urbano – Solidariedade Orgânica (CCRU-SOLO). É amiga da campanha Fome Não Espera, coordenada pelo Instituto Akhanda e AUPI, em resposta à chamada de ações contra a covid-19 pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil.

SAIBA MAIS SOBRE AGROECOLOGIA E SOBRE POVOS INDÍGENAS:

-APIB - Articulação dos Povos Indígenas do Brasil: http://apib.info  

-Informações sobre a quarentena indígena: http://quarentenaindigena.info/

- Associação Brasileira de Agroecologia: https://aba-agroecologia.org.br/

- Sobre Agroecologia em tempos de Coronavírus: https://aba-agroecologia.org.br/a-agroecologia-em-tempos-de-covid-19/

- Articulação Nacional de Agroecologia: https://agroecologia.org.br/

 

Encerrada
Você e a vaquinha concorrem a R$ 15 MIL
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Fale conosco
(51) 3500-0299
De Segunda à Sexta
Das 9h30 às 17h
Baixe nosso App
© 2024 - Todos direitos reservados