Cover 14808041 1809082056034830 150752021 o
Thumb  mg 2830

Vakinha de
Angela Rechia Bitencourt
Rio de Janeiro/RJ

Sobre Estômagos e Borboletas

ID da vaquinha: 91596

Objetivo
R$ 5.000,00
Arrecadado
R$ 2.240,00
$ contribua

Sabe aquele frio na barriga que dá quando você descobre o grande amor? Ou aqueles momentos de imaginação que tomamos como únicos dentro do nosso particular?! Então, eu peguei isso e transformei em meu primeiro curta-metragem, super fofo, com crianças adoráveis. Só que agora, estamos tentando lançar o projeto, e precisamos de ajuda.

Criada em
22/10/2016
Encerra em
30/11/2016

Falando em frio na barriga, estamos vivendo-o nesse projeto a todo instante. 

Para começar a falar do mesmo, eu sinto que preciso falar um pouco de mim e da minha trajetória até chegar aqui. 

Me chamo Angela Rechia, sou natural de Santa Maria, Rio Grande do Sul, e estou no Rio de Janeiro há seis anos na luta por esse grande amor que tenho, a arte. Sempre acreditei que o lúdico tem um papel de vital importância na formação de caráter e criatividade do indivíduo, por isso venho desenvolvendo nesses seis anos trabalhos voltados para percepção infantil do mundo da atuação. No ano de 2015, durante seis meses, ministrei um curso de interpretação de TV e cinema para atores mirins, no qual acabei ficando encantada com o potencial artístico das crianças e, no meio do curso, decidi fazer um curta-metragem para possibilitar que o trabalho delas fosse visto. Na conjuntura brasileira, fazer cinema não é moleza não, ainda mais sem verba nenhuma. Para que o curta pudesse acontecer, investi o meu próprio dinheiro, assumi diversas funções e corri atrás de parcerias. Lindamente ganhei um braço direito: Jorge Ardila, que comprou a ideia e arregaçou as mangas. Depois a Alessandra Coelho também topou ser parceira do projeto e, com muita labuta, suor e claquete batida, chegamos num momento crucial, o lançamento do filme. Esse é o meu primeiro trabalho como diretora de cinema e, por assim dizer, também o primeiro curta da maioria dessas crianças lindas que aceitaram fazer parte do mesmo. Além das dificuldades comuns de produção, esbarramos também nas burocracias e regras para trabalhar com a criançada. Todavia, aceitamos de bom grado o trabalho, pois queríamos fazer o certo, e fizemos questão de passar por cada uma das necessidades e de documentar tudo perante ao juizado de menores. O que valeu a pena no final, pois fomos fazendo amizades como as citadas acima e outras que surgiram. Recebemos a ajuda de alguns profissionais que se empenharam bastante para a realização desse filme. E quem chegou abraçando o projeto lindamente e virou uma grande parceira para a finalização e lançamento da produção foi a Wallaroo Corp., uma produtora cultural que atua de forma independente aqui no Rio de Janeiro. Desde então, os produtores responsáveis pela empresa, Daniel Gravelli e Aimée Borges, estão trabalhando com afinco, junto comigo, para transformarmos o friozinho na barriga em realidade. 

Juntos, estamos lutando bastante para fazermos tudo perfeito e precisamos que nosso lançamento seja digno de um filme de cinema, com uma estreia para equipe, amigos e convidados, mas ainda temos muitos gastos para serem cobertos e verba zero. Já começamos a produzir o evento que acontece no próximo dia 07/11 e a dívida está cada vez mais alta. O evento vai reunir até 180 pessoas e gostaríamos de recepciona-los de uma forma agradável com um pequeno coquetel, e um ambiente lúdico feito especialmente para as crianças, no qual teremos música ao vivo, algodão doce, brindes e muita brincadeira. Afinal, é um filme para criança! Mas, qual adulto ousaria dizer que não gosta de um pouco de diversão, não é mesmo?! 

Investiremos o dinheiro também na produção dos DVDs para equipe e elenco que trabalhou gratuitamente no filme. Nada mais justo. E também o usaremos para cobrir os custos de envio do filme para os festivais de cinema no Brasil e no mundo. 

Estamos muito felizes com o resultado de nosso projeto e a Wallaroo Corp. vem ajudando para finalizarmos o filme da melhor maneira possível e, assim, tentarmos nossas chances em festivais e mostras. Agora, só precisamos da ajuda de vocês para começarmos a dar esses primeiros passos e fazermos desse sonho, uma realidade. 

5, 10, 50, 200, não importa o quanto, qualquer valor é bem vindo! 

Ajude-nos a fazer esse projeto nascer e ganhar a grande telona!

Abaixo segue algumas informações sobre o filme.

Sinopse:

Luísa é uma menina de 12 anos que tem um olhar lúdico sobre o mundo ao seu redor.  Ela cria um universo paralelo repleto de borboletas viajantes, onde se chama de Luísa Sanches uma grande aventureira desbravadora das causas impossíveis. Entretanto Luísa se sente confusa porque  as borboletas do seu universo paralelo parecem ter uma nova morada, seu estômago.

Sobre o Projeto

“O vazio que é viver e, como podemos criar através do universo interior, é essencial a nossa criança. Viver é se relacionar – se faz da nossa relação com as coisas e com a vida. Vivemos numa sociedade que nos enrijece, nascemos e crescemos para ser alguém e conquistar coisas. Corremos tanto atrás do que está fora que acabamos nos esquecendo de se olhar e ver: ‘Onde está o eu... onde ficou aquela criança?’” (Angela Rechia)

Sobre Estômagos e Borboletas aborda o ambiente lúdico e criativo da criança.  Os temas e conflitos se dão através da inocência e a pureza infantil, fazendo aflorar a essência dessa mesma vida através da fantasia.

O filme fala sobre um tema universal, ser criança, e tem por objetivo inspirar  o espectador, levando-p a recordar infância e os alegres momentos vividos nessa. O enredo  dialoga também sobre a primeira borboletinha que brota no nosso estômago, que é nosso primeiro amor, e de como esse sentimento é puro e verdadeiro retomando o valor da amizade. 

FICHA TÉCNICA 

Elenco: Ana Clara Monteiro, Maria Julia Alves e Xande Valois.

Participação especial: Marcello Andreata, Renata Barrucho, Miguel Costa  e Tatiane Zucato

Elenco de apoio: Anna Clara Gomes, Beatriz Vignoles, Carol Mendes, Giovanna Munt, Luiza Cristina Lima, Manoela Damasceno, Manuela Araujo,Vicenzo Lucchese.

Título: Sobre Estômagos e Borboletas

Realização: Segunda Pele Produções Wallaroo Corp.

Produção Executiva: Angela Rechia, Aimée Borges e Daniel Gravelli

Produção:

Angela Rechia

Co-Produção: Aimée Borges e Daniel Gravelli

Roteiro e Direção: Angela Rechia

Direção de fotografia: Alessandra Coelho e Lissandro Garrido

Direção de Arte, Figurino e Maquiagem

Segunda Pele Produções

Produção de elenco

Segunda Pele Produções

Desenho de som: Jorge Ardila

Som direto: Jorge Ardila

Trilha sonora original: Jorge Ardila

Edição

Angela Rechia Jorge Ardila

Edição e Finalização

Diego Costa

Arte e Designer

Caroline Machado

Fotografia para Arte: Amanda Morais

Apoio

Iso Fotografia

Woo! Magazine

Cine Sideral Dizaê

Tabula Rasa

Cinema para Sempre

MS Santos Fotografia Wallaroo Corp.

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (22)

  • Gabrielle Castagna Cezimbra Weis
    em 30 de Novembro de 2016

  • Neuza Rodrigues
    em 29 de Novembro de 2016 diz: Que este filme tenha uma linda trajetória e possa ser visto por muitas pessoas!

  • SOLANGE DIAS CAMPOS PREUSSLER
    em 07 de Novembro de 2016

  • Michelle Guimarães
    em 07 de Novembro de 2016

  • Tatiane Zucato
    em 06 de Novembro de 2016

  • Paulo Henrique Moura
    em 04 de Novembro de 2016 diz: Na torcida sempre por você, que tanto merece!

  • Percio Bitencourt
    em 04 de Novembro de 2016 diz: sucesso. tô torcendo por você. papai ama você. beijo

  • Gilceia Bitencourt
    em 04 de Novembro de 2016

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.