Pessoas / Saúde / Caridade

“Quarentena” Solidária no Quilombo Peropava – Registro/SP

ID da vaquinha: 1060092
“Quarentena” Solidária no Quilombo Peropava – Registro/SP
Você não possui corações!
Clique aqui para comprar.
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
59%
Arrecadado
R$ 2.545,00
de
Meta
R$ 4.280,00
Apoiadores
20
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens

Olá a todos (as), sou Andréia Regina Silva Cabral Libório e faço parte da Comunidade Quilombola de Peropava Registro/SP.

Estamos há mais de 120 dias em distanciamento social e em meio a muitas situações difíceis e delicadas.

 Para muitas comunidades quilombolas a realidade não é diferente, muitos chefes de família estão impossibilitados de trabalhar por fazerem parte do grupo de risco e muitas famílias ainda não conseguiram receber o auxílio emergencial do governo federal.

Esta é uma iniciativa solidária independente, assim como diversas ações que estão sendo realizadas por muitas pessoas, e que tem levado um pouco de alento ao próximo que mais necessita em meio a tantas incertezas, inseguranças e ao medo, diante deste contexto de pandemia da Covid-19.

Esta ação visa a arrecadação de valores, que serão convertidos na compra de kits de alimentação, produtos de higiene e material de limpeza para atender as demandas das famílias da Comunidade Quilombola de Peropava (Registro/SP) e de famílias vizinhas que precisam de algum apoio neste momento.

 A quem desejar e puder contribuir, qualquer ajuda será muito bem-vinda. 

*Agradecemos imensamente a todos e todas que contribuíram com a quarentena solidária, todos os kits foram entregues, conseguimos atender um total de 48 famílias (da comunidade quilombola de Peropava e de bairros vizinhos) que estavam precisando, a prestação de contas foi encaminhada ao e-mail dos/as doadores/as.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.