Cover 21706884 1527862610608862 780212353 o 2
Vakinha avatar

Vakinha de
Eva Maricato
RIO DE JANEIRO/RJ

Projeto Reconhecimento Mestre Maurício Barroso

ID da vaquinha: 213779

Copiar url:

Objetivo
R$ 106.602,00
Arrecadado
R$ 88.889,48

Pessoal, somos um grupo de ex-alunos do nosso querido Mestre Maurício. Percebemos as difícil situação financeira em que ele se encontra e decidimos iniciar esse movimento. Entendemos que ele foi fundamental na realização de muitos de nossos sonhos. Estamos em momento de o retribuir!!! Vamos lá! Grupo de ex-alunos e amigos do Mestre.

Criada em
17/09/2017
Encerra em
31/01/2018

Queridos ex-alunos MPB/CEMB, é uma imensa satisfação os re-encontrar! Só mesmo o nosso grande Mestre Maurício para nos reunir novamente, muito embora o motivo que nos leva a criar este grupo seja um pouco contrastante aos inúmeros momentos de alegria compartilhada nos tempos de cursinho.

Estamos preocupados com nosso querido Mestre. Não é do conhecimento de todos, mas ele está enfrentando, atualmente, grandes dificuldades financeiras.

Sempre foi objetivo do Mestre Maurício, ofertar aos seus alunos a melhor qualidade de ensino possível, não medindo esforços para trazer os mais qualificados professores (a grande maioria de fora de Petrópolis) para nos ajudar nas nossas jornadas e aumentar o número de aprovações nos concursos vestibulares mais concorridos desse Estado e ainda de alguns outros.

Os empenhos que Maurício fez, ao contrário do que muitos imaginam, dilapidaram ao longo do tempo, bens de família conquistados através de muitas horas de aulas nos diversos locais em que trabalhou como professor e não como administrador, “empresário” dono de escola/cursinho.

Como administrador de negócios não detinha a expertise das demandas capitais, misturando ideais de um mundo melhor com a esperança naqueles que achava que tinham a mesma missão como professores que ele.

Nosso querido Mestre estipulou salários compatíveis a de profissionais de excelência, muitas vezes com valores acima de mercado. Pagava seus pares o acordado no famoso “acordo de bigode” não se preocupando com recibos de pagamento ou outros compromissos legais, acreditando que estava lidando com “amigos”, companheiros de profissão, que teriam com ele a mesma hombridade no trato.

Um dia surgiram às ações trabalhistas, e com elas os deveres e direitos que fazem parte da relação empregado/empregador. E como não tinha como comprovar os pagamentos teve que pagar tudo de novo. Vieram calúnias, difamação, mais ações, mais dívidas... Veio o ostracismo, veio a depressão... O fim de um sonho?

Recentemente encontramos o grande Mestre Maurício. Foi um encontro fortuito, mas como todos os outros, neste também vieram grandes lições. Nosso querido Mestre não está dando aulas, faz mágica ao buscar quitar suas dívidas e sustentar sua família com sua parca aposentadoria. Incrivelmente não expressa nenhum desânimo, sonha em voltar a estudar a se graduar novamente, a continuar produzindo, a voltar a fazer o que mais gosta...dar aulas e ser ferramenta para ajudar as pessoas a conquistarem seus sonhos.

É por isso que esse grupo foi criado, para ajudar o Mestre que sempre acreditou em nossos sonhos, que sonhou com a gente, que caia conosco, que chorava conosco, mas que nos dava força para se erguer... a enfrentar tudo pelos nossos sonhos...a lutar ...a como lutar...a crescer e buscar um mundo melhor e nunca, nunca desistir.

Nosso objetivo é ajudar esse ser humano ímpar, aquele que dedicou a vida ao outro...ao sonho do outro... ajudou tantas pessoas.. nunca diferenciando ou privilegiando pessoas pela cor, raça, gênero, idade.. por qualquer dessas classificações...

Mauricio precisou adquirir vários empréstimos e consignações. Depois de muita conversa, análises, visitas aos bancos e trocas de informações, conseguimos mensurar o valor para ajudá-lo.

Diante disto, nossa meta total é conseguirmos chegar a R$106.602,00 no final da campanha que tem duração de 90 dias (Setembro; Outubro e Novembro). Para não ficar pesado para ninguém podemos doar uma quantia mensal ou se preferirem uma única vez dentro do período mencionado acima.

Nossa vontade é que através de nossa força coletiva possamos quitar o total de algumas dívidas que prenderam parte de sua aposentadoria, o que de fato tem trazido muitas dificuldades para ele.

Já estamos com quase 500 membros em nosso grupo, e se todos puderem contribuir, alcançaremos nosso objetivo. Este será um pequeno gesto de agradecimento ao nosso querido Mestre Maurício por tudo que fez por nós!

Em um exercício de imaginação, se cada um de nós pudesse ajudar com R$ 100,00 mensais (Durante 3 meses) teríamos por volta de R$ 50.000,00 por mês, o que já seria bem legal!!! Mas... Isso é apenas uma hipótese. Nosso intuito é arrecadar o que cada um possa doar.

Juntos podemos fazer a diferença para alguém que certamente fez a diferença na vida de cada um de nós!

Para que tenhamos transparência em todo processo de arrecadação, cadastramos o Projeto Reconhecimento Mestre Maurício Barroso no site da Vakinha, onde todos poderão ver nossa meta e o quanto está sendo arrecadado.

 

Para contribuir basta clicar no link a seguir. As doações poderão ser feitas através de cartão de crédito ou boleto bancário.

 

 

Contamos com o apoio de tod@s!

Muito obrigad@!

Equipe de ex-alunos e amigos do Mestre.

 

https://www.facebook.com/amauriciobarroso/

https://www.facebook.com/groups/101680010551183/

Novidades (0)

Quem ajudou (609)

  • anônimo
    em 27 de Março de 2018

  • BRUNO ANDRADE PINTO MONTEIRO
    em 01 de Março de 2018 diz: Parabéns pela iniciativa. Maurício é um Grande Mestre!!

  • anônimo
    em 07 de Fevereiro de 2018

  • Paulo
    em 31 de Janeiro de 2018

  • Charlyne Braga
    em 29 de Janeiro de 2018

  • Amanda
    em 25 de Janeiro de 2018

  • Jenifer Souza
    em 25 de Janeiro de 2018

  • Martha L V Hermann
    em 25 de Janeiro de 2018

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.