Vaquinha / Outros / Dinheiro

Projeto Álcool Perílico

ID da vaquinha: 194027
Projeto Álcool Perílico
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
74%
Arrecadado
R$ 3.701,00
de
Meta
R$ 5.000,00
Apoiadores
32
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Irei resumir a história do meu pai, mas caso tenham interesse de se aprofundar, tenho todos os exames, laudos, cronologia e tratamentos convencional/alternativos do meu pai.

Meu pai tem 52 anos, um homem amado por todos, carismático e do bem.  Ele sabe um pouco (muito) de cada coisa. Já construiu um casa, já fez toda parte elétrica, toda parte hidráulica, tem atitudes sustentáveis, sabe cozinhar, lava a louça sem precisa pedir, enfim, meu pai é um danado de um pai. Todos meus amigos o conhecem e o amam. E, logo após ele fazer 52 anos, ele começou ter comportamentos estranhos. E, um deles foi bater de carro. Meu pai, que sempre foi muito prudente, bateu de carro! E, nesta mesma semana, outros comportamentos como ficar aéreo, no mundo da lua, esquecendo as coisas bobas... Até que ele passou mal. Dor de cabeça super forte, fraqueza e não conseguiu andar de tão fraco. Eo médicos fizeram exames onde foi relatado uma massa cerebral.

Ele tem Gliobastoma Multiforme IV (GBM IV): um tumor agressivo, sem cura e com uma sobrevida mínima. Porém, cada caso é um caso. Nos EUA, existe o caso do Dr. Ben Willian que está mais que 18 anos após diagnóstico de GBM IV. Faço parte de um grupo com vários pacientes e familiares de GBM e leio, diariamente, os casos tanto de forma positiva ou negativa. 

Meu pai fez 2 cirurgias de retirada de tumor, teve uma trombose venosa profunda (TVP), fez 26 sessões de Radioterapia 52cGy + Quimioterapia 160mg. Após 1 mês, ele iniciou os ciclos de QT. Um 1º ciclo de 320mg e os outros de 420mg. Serão 6 ciclos de QT e ele está na 3/6. Meu pai um homem muito forte! Não teve efeitos colaterais devido ao tratamento. Apenas no final do 2º ciclo que ele ficou enjoado e ficou estado febril. Quando ele terminou esse ciclo, eu ataquei com 7 dias de redoxon + 7dias de forten (aminoácidos). 

Minha luta de tentar de tudo faz parte do meu dia-a-dia. Mudei toda alimentação dele, sem carne, orgânica, abusando no verde escuro, zero açucar e zero cardoidratos. Passou a beber 2 litros de água por dia com PH 10 (Sferriê) ou, quando não achamos, vai a PH 8 (Minalba). E suplementos alimentares como: melatonina, curcumina, graviola, vitamina B12, ômega 3, Phospho 2-EAP da New Life, Iodo e vitaminha D. Também acrescentei métodos naturais como gotinhas da planta avelós, suco de noni, chá de melão caetano e suco verde toda manhã de jejum com água de coco. 

Li muitos livros, muitos artigos científicos, relatos, até que cheguei em contato com o Dr, Clovis Orlando (http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4705283Y7) Levei meu pai numa consulta,onde fui apresentado ao PROJETO ALCOOL PERÍLICO (sobre o AP abaixo). Desde Março/2017, fazemos uma doação financeira para o projeto e, assim, conseguimos pegar um vidro de AP, que tem duração de 1 mês. 

Este projeto é um estudo para controlar o ciclo celular do tumor mais agressivo cerebral.  Não existe uma cura para a doença, MAS EXISTE ESPERANÇA! Independente do que aconteça com meu amado pai, entrei nessa luta de pesquisar sobre a causa e tratamento do GBM. 

Enfim, o objetivo desta vakinha é arrecadar dinheiro para o Projeto AP, para não deixar esse projeto morrer.  O AP tem trazido qualidade de vida para vários pacientes, aumentando o tempo de  sobrevida e grandes esperanças para as famílias. O dinheiro arrecado será transferido para a conta da FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA DE APOIO INSTITUCIONAL À UFF – FEC, que é destinado a pesquisa.

Meu e-mail: cris.purgato@gmail.com Posso mandar tudo por e-mail, inclusive os termos de doação ;)

________________________

Sobre o Alcool Perílico - Apenas para tumor cerebral primário:

* " O Alcool Perílico (AP) é um lipídio presente como óleo essencial nos vegetais, responsável pelo aroma e oleosidade das frutas (cítricas), folhas como couve, hortelã, salsa, aipo, coentro, agrião, alho poró e sementes (ex cereja). Essa substância tem propriedades importantes na regulação (controle) do ciclo celular; ativação do sistema de morte celular por um processo conhecido como apoptose que não é lesivo para as outras células e estruturas vizinhas e, inibição da angiogênese e da migração celular, bloqueando a formação de metástase.

Desde o início da década 90, o álcool perílico vem sendo utilizado nos Estados Unidos, no tratamento de pacientes com câncer em estágio terminal. Os resultados foram bastante promissores, tanto que foram autorizados estudos clínicos fase II mais amplos. Contudo, como o AP era administrado pela via oral, causava transtorno no metabolismo além de efeitos adversos, como náuseas e um quadro de dislipidemia. Na administração pela via oral, o AP é metabolizado no fígado, mudando para outra forma química, exigindo utilização de doses elevadíssimas de AP.

Trabalhos do grupo do Dr. Clóvis, mostraram que o AP tinha efeito inibindo o crescimento de células tumorais de origem do sistema nervoso. Idealizamos então sua administração pela via inalatória para que fosse direto o acesso ao sistema nervoso e com maior difusão nas mucosas, ativando o sistema imune e evitando a metabolização no fígado. A via inalatória atinge de modo bastante eficiente o sistema imune associado à mucosa e o sistema nervoso, inibindo a proliferação de células anormais."

Acesse a página e obtenha maiores informações: http://www.fundec.org.br/portfolios/pagina/3/PESQUISA-DO-ALCOOL-PERILICO

 

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2022