Prêmio Osvaldo Paquetá

ID da vaquinha: 437495
Prêmio Osvaldo Paquetá
Isabella Maria de Paula Rocha
Belo Horizonte / MG
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 2.800,00
Apoiadores
0
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Encerrada

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Por que esse valor? Muitas pessoas não me conhecem pessoalmente e não sabem que sou tetraplégica, logo eu preciso de uma pessoa ao meu lado 24h para atividades básicas como me alimentar, higiene pessoal e etc.

Por esse motivo serão passagem, estadia e alimentação para 2 pessoas .

MEUS MOTIVOS

"Como essa homenagem é importante para mim! Ela não me deixa esquecer o meu valor como jornalista e ser humano,  também é a prova real, para quem um dia duvidou e quem ainda irá duvidar da minha capacidade profissional que estão completamente equivocados.  Por um motivo de saúde inesperado  que tive dificultou muito que eu vá recebe-la, pois tive gastos hospitalares altíssimos, mas desistir de ir à Curitiba  receber essa homenagem sem lutar, para mim não é uma opção,  então quem puder e quiser me ajudar me chame,  toda ajuda será bem vinda! ". Isabella Rocha, criadora do site Mulheres Loucas  por MMA

TEXTO DE INDICAÇÃO FEITO PELO PRÊMIO OSVALDO PAQUETÁ

A mais de 15 anos atrás Isabella Rocha ficou tetraplégica por conta de um acidente de carro, achou então motivação no MMA para se manter ativa e com planos, montou o site Mulheres Loucas por MMA, e se mantém ativa no meio, cobrindo eventos inloco e dando sua contribuição para o desenvolvimento do esporte.

Esse ano, Isabella escreveu uma matéria sensacional sobre Cintia Lima, fisioterapeuta, formada em 2001, que aos 6, sofreu um traumatismo craniano, que a limitou em 4 membros, precisando assim de fisioterapia intensa o que, como foi citado acima, motivou a sua formação.

Porém, a matéria de Isabella, mostra uma Cíntia que achou nas artes marciais básicas, movimentos e principalmente motivação básica para associar a fisioterapia e as lutas a sua reabilitação.

Essa linda história dessas duas guerreiras, será lembrada e laureada no Prêmio Osvaldo Paquetá 2018, com o troféu, mestre Zito de honra ao mérito desportivo.

Histórias como essas, fazem as artes marciais, mostrarem seus verdadeiros motivos de existência.

Tornar o ser humano, ciente de suas capacidades, que vão bem além das suas limitações físicas.

Esse é o MMA Nacional que queremos, inclusivo e inspirador.

http://www.mulheresloucaspormma.com.br/artigo/artes-marciais-e-reabilitacao-fisica/276   

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020