Vaquinha / Outros / Dinheiro

Por que não Portugal?

ID da vaquinha: 69396
Por que não Portugal?
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
19%
Arrecadado
R$ 1.155,00
de
Meta
R$ 6.000,00
Apoiadores
20
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens
QUEM É REGIVALDO? Meu nome é Regivaldo Santos Silva Filho, muitos me chamam de Regi ou Régis, sou estudante, nasci no dia 17 de novembro de 1991 na cidade de Jequié-BA. Criado pelos meus avós paterno, Valquíria e Edvaldo, que chamo de pai e mãe, uma dona de casa e um carpinteiro, que apesar da idade, aparentam ter mais força do que eu que sou jovem e são mais sábios que muitos diplomados e que com princípios e valores, apesar da dificuldade criaram seus filhos proporcionando-os o que era possível e assim também me criou, ensinando a nunca desistir daquilo que sonho e que tenho que lutar até o fim. Sempre fui uma pessoa muito dedicada e responsável, com metas muito claras e muita força de vontade para alcança-las, de maneira assertiva, as quais busco desde muito novo. Aos quatro anos, comecei a estudar e aos seis, entrei no ensino fundamental ainda em Jequié. Decidi que um dia faria uma faculdade e minha trajetória de lutas nos estudos por esse sonho, desde então, tendo em vista a dificuldade de conseguir uma vaga em um curso no Brasil (especialmente em uma faculdade pública, pois minha família não teria condições de arcar com um curso particular), foi pautada nesse alvo. Em 2007, estudei o 1º ano do Ensino Médio, no Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, onde conheci o amor da minha vida – Kaly – com quem compartilho todos os momentos até hoje. No final 2007, após meu pai ser diagnosticado com problemas de saúde, fomos embora para São Paulo em busca de tratamento mais adequado e em 2008, iniciei o 2º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Buenos Aires, no segundo semestre de 2008 prestei vestibulinho para ingressar no curso Técnico em Informática da Escola Técnica Estadual de São Paulo (ETESP) e fui aprovado, conheci alguns dos meus melhores amigos de São Paulo, concluir o curso em 2009. Quando fui fazer vestibular não tinha muita certeza sobre que carreira eu gostaria de seguir. Provavelmente engenharia, pois eu gostava das matérias de exatas e ainda tirava notas boas, mas acreditava não ter conhecimento suficiente para concorrer a uma vaga desse curso. Sempre fui determinado, confiante e esforçado, o que me fez chegar até aqui. Contrariando as adversidades, por ter estudado toda minha vida em escola pública, em 2010, fui aprovado no vestibular e ingressei na Universidade de São Paulo no curso de Ciências da Natureza e a partir daí, estou sempre buscando novos conhecimentos e oportunidades, já fiz cursos em diversos lugares e com muitos professores/profissionais consagrados nacionalmente.Em São Paulo, em meio a tanta correria do dia a dia, conheci amigos e anjos, amigos que tenho boas recordações e contato até hoje, e anjos que são mais que amigos, enviados por Deus, sem asas e sem saber voar, me acolheu na minha indecisão e quando todo mundo não me entendeu, anjos que fazem o bem sem olhar à quem e não esperar nada em troca, como uma maneira de encontrar a felicidade e que estende as mãos todos os dias para os que precisam independente da distância, quando tudo parece sem solução.Em 2012, fui aprovado nos cursos de Engenharia Ambiental e de Produção da Uesb e da Uesc, e por diversos motivos resolvi ir para a Uesc em Ilhéus-BA, que fica próxima a minha cidade natal. Nesse processo de mudança, que muito mais que uma amiga, é um anjo chamada Sol Calarezi (https://www.facebook.com/sol.souza.351), estendeu mais uma vez sua mão e ajudou no que foi preciso para eu consegui chegar até Ilhéus. Coração, como é chamada carinhosamente, você já faz parte da minha família a muito tempo, te considero mais do que alguns parentes.Hoje, tenho o privilégio de estudar Engenharia de Produção na Universidade Estadual de Santa Cruz - Uesc. Ao longo de minha graduação (USP e UESC), busquei ser um estudante versátil e não investir apenas em notas altas, envolvendo-me, desde cedo e de maneira intensa, com tudo que minha faculdade poderia me oferecer, participando de diversos cursos, atividades extracurriculares, projetos de extensão universitária e, principalmente, pesquisa acadêmica. Comecei a participar de trabalhos e escrevê-los desde o início da faculdade, apresentando-os em diversos congressos. Ao longo de minha vida acadêmica, trabalhei em projetos, não apenas científicos dentro e fora de minha universidade. Um dos Projetos mais importantes de que participei, foi o Projeto Rondon, tanto o conduzido pelo Núcleo Rondon UESC, Rondon Regional, quanto o conduzido pelo Ministério da Defesa, Rondon Nacional. Outro projeto muito importante, foi a Optimus Engenharia Júnior, empresa júnior de Engenharia de Produção da UESC. Esses e outros projetos foram grandes oportunidades de inspirar crianças a valorizarem sua educação e de ajudar meu país e minha comunidade, além de terem sido cruciais no desenvolvimento de meu caráter. Sou muito grato por cada um deles e por tudo que aprendi sobre empatia e cuidado com o próximo, habilidades indispensáveis em meu futuro. Foi durante a graduação que abri meus horizontes e vislumbrei a possibilidade de participar de um intercâmbio. Busquei o programa Ciências sem Fronteiras do governo federal, porém, em seu edital, os alunos devem comprovar proficiência em Inglês, e eu não atingir a nota mínima para conseguir a bolsa.Em 2014, me inscrevi no Edital para seleção de candidatos de graduação ao programa de bolsas ibero-americanas, fiquei como 2º colocado e só tinha 1 vaga. No dia 29 de abril de 2016, foi lançado o Edital para seleção de candidatos de graduação ao programa de bolsas ibero-americanas, e por uma feliz coincidência, vi nesse programa a oportunidade, e eu acredito fielmente que é uma enorme oportunidade de me tornar um profissional mais capacitado e desempenhar melhor a minha profissão. Então, eu pensei: Por que não Portugal? Aí, resolvi tentar. Afinal, o programa é uma oportunidade de ampliar novos horizontes, vivenciar uma nova cultura e adquirir muitos conhecimentos. Meus pais sempre me ensinaram a nunca desistir dos meus sonhos. Por isso, pensei: ‘Uma pessoa que já desbravou e enfrentou dificuldades de Jequié até a USP e depois até a UESC, com certeza tenho muita garra para ir a outros mares’. Algumas pessoas acharam essa minha tentativa estúpida, pois estava diante de muitos e bons concorrentes.No dia 01 de julho recebi o tão sonhado resultado desta bolsa, veio a notícia que havia passado em 1º lugar no Programa de Bolsas Ibero-Americanas do Santander Universidades para estudar um semestre na Universidade do Porto, em Portugal.Deste o primeiro dia que soube que viveria este sonho em minha vida, nunca mais parei de lutar. Eu sei que são tantas as pessoas que precisam de doações, são tantos os motivos, que o meu, parece algo insignificante. Mas para você, qual é o valor de um sonho? de uma oportunidade? Várias vezes pensei em desistir, para que uma outra pessoa, em situação financeira melhor que a minha, pudesse viver esse sonho. Nunca pensei que fosse fácil, e na verdade, não está sendo. Quero fazer esse intercâmbio para Portugal com o objetivo de cursar por um semestre algumas disciplinas do curso de Engenharia Industrial e Gestão na Universidade do Porto, uma das mais prestigiadas universidades do mundo. É um momento importante para minha vida acadêmica, pois, sabemos da dificuldade que é de conseguir um intercâmbio. Quero com esse intercâmbio adquirir novos conhecimentos dentro de minha área, bem como conhecer novas culturas, para assim enriquecer cada vez mais meus conhecimentos. Estou pronto para aproveitar ao máximo essa oportunidade, que pode me transformar em um profissional de excelência, capaz de abrir novos horizonte. No entanto, infelizmente, para a realização desse sonho, preciso conseguir ultrapassar uma única barreira: a financeira, pois não disponho de recursos para custear as despesas com documentações, seguro saúde e passagens. Por um momento, vi essa oportunidade ir embora de minhas mãos. Mas, me inscrevi, esperei, sonhei, fui aprovado, e hoje estou aqui compartilhado um pouco do meu sonho. Por isso, conto com ajuda de vocês! ORÇAMENTO? COMO VOCÊ PODE AJUDAR? COMO PRETENDO UTILIZAR OS RECURSOS?Para conseguir aproveitar essa oportunidade, eu preciso arcar com as seguintes despesas: Passaporte: R$ 257,25Xerox/Autenticação/Reconhecimento de Firma dos documentos: R$ 50,00 Visto: R$ 430,002 Viagens para Salvador para obter o visto: R$ 400,00Seguro saúde: R$ 1.663,90 (assist card)Passagens (ida e volta): R$ 3.000,00 (datas próximas ao início das aulas) Total: R$ 5.801,15, aproximadamente R$ 6.000,00, pois ainda tem as taxas cobradas pelo site da vakinha, os valores do seguro saúde e passagens aumentam quando comprados próximo à viagem. Esse orçamento é bem básico, caso ultrapassemos a meta \o/, vai me ajudar muito a não contrair dívidas junto as operadoras de cartão de crédito... O resultado dessa seleção saiu no dia 04 de julho de 2016. Fui surpreendido duas vezes: primeiro com a aprovação no intercâmbio, e, em seguida, ao descobrir que os custos é bem maior do que o esperado. Eu não tinha colocado na ponta do lápis todos os custos quando realizei minha inscrição, imaginei que houvesse alguns, mas não sabia que chegaria a ser R$ 6.000,00. Então, tive que correr e pensar nas maneiras de conseguir todo o dinheiro para documentações, seguro saúde e passagens, e etc e tal...Amigos muito próximos me sugeriram a iniciativa do CrowdFunding (financiamento coletivo), como uma maneira de viabilizar minha ida para Portugal. Então decidir criar uma “Vakinha Online” para tentar arrecadar o valor e arcar com essas despesas. E é aqui que você pode me ajudar! Infelizmente, não posso arcar com essa quantia, mas posso alcançar esse número com a sua ajuda! Não importa o valor da doação. Qualquer valor que você considere justo ou que tenha vontade de doar vai ser muito bem-vindo e vai fazer uma enorme diferença na minha campanha. Se tiver interesse em me ajudar de qualquer outra maneira, peço, encarecidamente, que entre em contato comigo por um dos meios listados abaixo.Maaas... Peraí! A pessoa vai receber uma bolsa para ficar meses em Portugal e não consegue bancar os custos dessa viagem? Vou explicar melhor isso: o valor da bolsa consegue arcar apenas com a minha hospedagem e alimentação durante o intercâmbio, ou seja, apesar da bolsa custear as taxas da universidade, alimentação e estadia, eu preciso arcar com passagens de ida e volta e toda documentação, tais como, passaporte, visto, seguro saúde e etc. E ainda tem a questão do prazo, que está em cima! Pois o resultado da seleção saiu com pouquíssimo tempo antes das aulas iniciar. Foi então que lembrei de VOCÊ que conhece e acredita na força das histórias e na importância de espalhar conhecimento produzido no Brasil pelo mundo! Por isso, vou precisar da contribuição de vocês para realizar esse sonho!  Agora que você já conhece bem minha história, meus objetivos e minhas perspectivas, clica no botão contribua (botão verde lá em cima), preencha com seus dados, digite o valor que se encaixa melhor nas suas possibilidades e nos seus desejos, escolha o meio de pagamento (boleto bancário ou cartão de crédito) e por fim clica no botão CONTRIBUIR.A vaquinha ficará no ar até o dia 19 de dezembro de 2016 e o início das aulas do 2º semestre em Portugal é 01 de fevereiro de 2017 e só vai acontecer por conta de muita força de vontade e empenho de todos vocês.Todos os recursos serão usados para custear as documentações (passaporte e visto) necessárias, seguro saúde e passagens. Caso a meta não seja alcançada (o que não vai acontecer!) o seu dinheiro será utilizado para cobrir parte dos custos. Pode ficar tranquilinho, é tudo muito seguro. Eu mesmo já apoiei outros projetos antes e garanto que além de seguro a sensação de ser responsável pela realização de um sonho tem um sabor fantástico. Entretanto, se arrecadarmos mais, esse sonho se torna real! Outra forma de ajudar é divulgar com o máximo de pessoas conhecidas para que eles também possam colaborar!Esse é um pedaço da minha história e onde você pode entrar e fazer diferença em minha vida. Quero ser mais um a mostrar para o mundo que nós somos muito mais do que samba e futebol. Para isso, conto com a colaboração de vocês para conseguir trazer para o Brasil esse conhecimento. Sei que juntos podemos ir mais longe! Vamos juntos ser a mudança que queremos para o país! Peço que ajudem a realizar o meu sonho e contribuam com a minha formação profissional, a que tanto dedico minha vida, pois alcançar meus objetivos é sempre um motivo de muita alegria e realização pessoal. Mas, sem dúvidas, considerando o que já vivi, as conquistas que mais me trazem orgulho são as que concretizei com a ajuda de outras pessoas.Conto com a contribuição, torcida e divulgação de todos. Seu apoio e colaboração representam um bom investimento em capital humano e minha gratidão. Entre em contato através dos meios listados abaixo e faça sua contribuição diretamente: Email: regivaldo.santos.silva@gmail.comWhatsApp: (73) 99117- 8039 (Tim)Celular: (73) 98853-1754 (Oi) Facebook: https://www.facebook.com/regisantossilva17Instagram: regisantosfilho Caso queira me conhecer um pouquinho mais para ter certeza de que sua doação estará em boas mãos, pode dar uma espiadinha no meu currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/3312687991192063, onde estão algumas de minhas conquistas acadêmicas, detalhes do meu currículo e projetos nos quais já estive envolvido. Quem estiver disposto a ajudar, contribuindo com o valor que puder/quiser, de acordo com a disponibilidade e o coração de cada um, serei bastante grato, mas se você estiver na mesma situação que eu, ore por mim. Sua oração será de grande ajuda, ela me dará força para não desistir. :) Conto com a colaboração de todos! :). Agradeço de coração.Segue o link do resultado que comprovam a aprovação no Programa. http://www.uesc.br/publicacoes/portarias/07.2016/733.pdfAbraços
Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2022