#NÓSPORNÓS

ID da vaquinha: 333755
#NÓSPORNÓS
URL copiada!
Jessica Nunes de Souto
rio de janeiro / RJ
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 18.000,00
Apoiadores
3
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

A campanha #NÓSPORNÓS nasce de um momento difícil. No mês de julho, o fotógrafo Bento Fábio, membro do Coletivo Papo Reto, do Complexo do Alemão, estava realizando um trabalho na rua quando foi surpreendido. Um assalto à mão armada levou 13 mil reais em equipamentos fotográficos, além da sua principal ferramenta de luta, usada na garantia de direitos dentro da favela.

 

Por uma infeliz coincidência, quase que ao mesmo tempo, sua amiga Jéssica Souto, produtora audiovisual que também é cria do Complexo do Alemão e integrante do coletivo Movimentos, perdeu seu computador de trabalho, que pifou após 5 anos de uso pesado de edição. 

Bento e Jéssica usam a fotografia e a produção audiovisual como ferramenta para a potencialização de rostos, histórias e vozes que nem sempre são vistas ou ouvidas, estejam elas cobrando por seus direitos ou se expressando através da arte periférica.

A favela é sinônimo de resistência. Sempre começamos do zero, sempre temos à frente os caminhos mais difíceis e, ainda assim, sempre superamos todos os limites. Um favelado que possui seu próprio equipamento de trabalho muito provavelmente levou anos para o conseguir e, em se tratando de foto e vídeo, é tudo muito caro, o que torna esse tempo ainda maior.

Estar na luta pela garantia de direitos da favela nos dá a esperança de dias melhores. Porém, nosso trabalho é difícil e nem sempre nos remunera adequadamente. Antes de tudo, fazemos o nosso trabalho, sempre, por paixão. Recomeçar do zero é possível, mas se tem algo que aprendemos no dia a dia é que, através do #NÓSPORNÓS, somos capazes de fazer coisas incríveis. Então contar com a ajuda dessa rede linda e forte é a maneira de tentar fazer com que pelo menos dessa vez o caminho seja um pouco menos árduo para dois jovens periféricos.

    

Para que o Bento e a Jéssica possam voltar a trabalhar, precisamos alcançar o valor de 18 mil reais. 13 mil reais serão usados para recuperar todo o equipamento roubado do Bento e 5 mil reais serão destinados à compra de um computador potente para que a Jéssica possa editar seus vídeos com eficiência e tranquilidade.

Sabemos que alcançar esse valor é desafiador, mas acreditamos no que fazemos. Acreditamos na nossa capacidade de mudar a forma com a arte periférica é vista pela sociedade.

Toda e qualquer ajuda é muito bem-vinda, e, mesmo não sabendo o resultado dessa vakinha, já nos sentimos gratos por saber que existe uma rede que podemos contar. Nossa rede é potência!

#NÓSPORNÓS

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2021