Cover img 7981
Thumb img 7981

Vakinha de
Ary Nunes Coelho
Brasília/DF

minha sobrevida ao câncer é cura

Objetivo
R$ 50.000,00
Arrecadado
R$ 60.290,00
$ contribua

(…) preciso continuar meu tratamento oncológico com remédio que não está disponível no SUS. No momento, o trâmite aguarda resolução junto ao SES/DF e, também, junto à Defensoria Pública. Enquanto isto, não posso esperar. Preciso de doses semanais de CETUXIMAB (250mg/m2) que custam R$ 5.048,49. Esta primeira vakinha não equivale ao valor total do tratamento… e o prazo foi estendido!

Criada em
04/04/2016
Encerra em
15/04/2016

sobre o corpo buscando existir [AGORA] Depois de fazer os exames de rotina, no último dia 30 de março foi confirmado que o tumor na região do pescoço dissipou: viva vida! Só que, neste desdobramento, passei por uma nova biópsia do osso esterno, resultado: metástase com novo carcinoma epidermóide, bem diferenciado, grau 1, infiltrado no tecido fibrocolágeno. Hoje depois de uma consulta com minha oncologista, tenho que voltar para quimioterapia e desta vez será necessário o uso combinado de três remédios: um dos quais não é disponibilizado pelo SUS. O remédio chama-se Cetuximab e será necessária uma dose de 11.500mg pelos seis meses de tratamento ao qual serei submetido. Pelas minhas pesquisas, o valor semanal do medicamento é a partir de 5mil reais. Será preciso judicializar a situação, para a compra da medicação, o que deve demorar a se resolver. (...) enquanto isso, o tratamento não pode esperar. Estou buscando outras possibilidades. Não tenho plano de saúde e meus sogros financiaram todo o tratamento até o presente momento. Preciso de ajuda. Peço solidariedade. Agradeço desde já a Virginia Manfrinato e Renata Lima que vão me ajudar a criar uma página de financimanto coletivo pelo vakinha.com: só consigo me beliscar e abrir os olhos com alegria de estar vivo. É preciso começar a pensar na vida, na vida que sempre está presente, antes mesmo da formação de um corpo, no útero. O próprio tempo deixa de ser fugaz em alguns momentos: é reflexivo e denso. Continuar a ser, sem sucumbir, é um ato de resistência. Tudo ao mesmO tempo agora. Aceito toda doação, qualquer valor ajuda. Banco: 001 (do Brasil) Ag: 3603-x Cc: 41.973-7 [RETOMANDO: como tudo começou] (...) depois de receber o diagnóstico de câncer na amídala, meu dançar nunca mais foi o mesmo. Comecei a acordar todos os dias com o olhar de observação e sentir meu corpo com mais sensibilidade e percepção. As fragilidades sinceras mudaram meu existir. Estive no caminho da cura, fiz três sessões de quimioterapia e 33 sessões de radioterapia. A debilidade combina com esperança e leveza. Acredito na vida, em seus movimentos mínimos e agradeço minha família em Brasília, em especial à Luisa Günther, que dança a poética [absurda] do cotidiano comigo. $ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (370)

  • Gioconda Caputo guedes
    em 05 de Abril de 2017

  • Lucia Valeska Hadelich de Ferreira
    em 01 de Junho de 2016 diz: Querido Ary Muito carinho e força pra Você! Lucia

  • marilia henriques
    em 24 de Maio de 2016

  • Miguel Gally de Andrade
    em 29 de Abril de 2016 diz: Firmeza Ary!!! Um forte abraço!

  • Tatiana Nunes da Rosa
    em 28 de Abril de 2016 diz: Ary queridão! Força, amor, luz e dança! Saudades.

  • DANILO PIERMATEI
    em 26 de Abril de 2016 diz: Estamos contigo Ary!

  • LEONARDO BELVINO PÓVOA
    em 26 de Abril de 2016 diz: Ary, você sempre foi muito legal comigo e com a Caren desde os primeiros tempos de IBAMA! Fiquei muito chateado com essa notícia, com esse problema afetando uma pessoa tão alegre como você! Estamos rezando por você desde que ficamos sabendo. Desejamos que você se recupere plenamente e volte a dançar totalmente! Um grande abraço Leo Póvoa e Caren

  • Isabela
    em 25 de Abril de 2016

Contato

Envie uma mensagem diretamente para o dono desta Vakinha.





Denuncie

Iremos verificar sua denúncia e entrar em contato com o dono da Vakinha.