Cover serra da capivara 8784
Thumb 6f7cf3a4 e116 4661 a7f5 eb8f8f0b04fd

Vakinha de
JULIANA ELLEN DE MENESES
São Paulo/SP

Mestrado Iderlan em Portugal

Objetivo
R$ 36.000,00
Arrecadado
R$ 36.760,00
$ contribua

Iderlan de Souza é arqueólogo e nasceu no Parque Nacional Serra da Capivara (PI). Foi aceito em primeiro lugar na seleção de mestrado no curso de Arqueologia Pré- histórica e Arte Rupestre da UTAD, em Portugal. Mas para a realização deste sonho, precisa muito da sua ajuda!!!

Criada em
17/09/2017
Encerra em
31/12/2018

ESTAMOS MUITO FELIZES!!!ATINGIMOS A META, MAS AINDA TEMOS UM LONGO CAMINHO A SEGUIR. CONTINUEM DIVULGANDO NOSSA CAMPANHA, MUITO OBRIGADO A TODOS QUE COLABORARAM!!

Iderlan de Souza é arqueólogo formado pela Universidade Federal do  Vale do São Francisco (UNIVASF), nasceu dentro do Parque Nacional Serra da Capivara (PI) e o conhece como poucos.

Está desenvolvendo uma pesquisa inovadora sobre a relação entre o homem e a megafauna a partir das pinturas rupestres na Serra da Capivara, ele defende que algumas pinturas rupestres realizadas por grupos pré - históricos na Serra da Capivara são representações de espécies da megafauna, além da pesquisa trabalha como guia dentro do parque, pelo seu valor histórico e cultural o Parque Nacional da Serra da Capivara foi declarado pela Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1991, Patrimônio Cultural da Humanidade.

Como decorrência dessa pesquisa e excelentes provocações e resultados, foi aceito em primeiro lugar na Universidade de TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO (UTAD) em Portugal. O curso de mestrado em Arqueologia Pré-Histórica e Arte Rupestre é formado por um consórcio de seis universidades europeias e faz parte do programa Erasmus Mundus.

Segundo a coordenadora do mestrado,Mila Simões de Abreu, a pesquisa de Iderlan é "muito interessante" 

Iderlan não tem bolsa e nem condições financeiras para a sua primeira etapa do curso em Portugal, pretendia viajar em 2017, mas não conseguiu pagar o curso a tempo e perdeu o ano. Abreu, ciente da situação, negociou e conseguiu uma extensão de prazo para outubro de 2018. 

Ele foi meu guia no Parque e me deu uma verdadeira aula de Arqueologia!! Me emocionei com a simplicidade e força deste amigo querido,que quando me contou que talvez não iria para o mestrado por falta de dinheiro, resolvi fazer a Vakinha para ajuda-lo a realizar este sonho, e continuar o lindo trabalho de preservação e pesquisa desse patrimônio mundial.

Contato: iderlanz@hotmail.com _____ (89) 8108.8615

Abaixo uma reportagem sobre Iderlan na Folha de S.Paulo

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/02/filho-de-lavradora-passa-em-primeiro-lugar-em-mestrado-em-portugal.shtml

 

 

 

 

 

 

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (153)

  • anônimo
    em 23 de Março de 2018

  • Caroline Palandi
    em 04 de Março de 2018 diz: Olá Juliana! Parabéns pela sua atitude. Será muito importante para o patrimônio ambiental do Brasil os estudos e as contribuições do Iderlan!!!! Fico muito feliz em ajudar um pouquinho na construção deste sonho!

  • Tatiana Pasternak Taschner
    em 26 de Fevereiro de 2018 diz: Sucesso pra você!

  • Ana Maria Affonso da Costa
    em 25 de Fevereiro de 2018 diz: Oi Iderlan!! Acho que agora o valor total da doação fechou!! Mais uma vez Parabéns!! Um abraço forte e grandes aprendizados lá em Portugal para depois vc enriquecer com o seu conhecimento aqui no Brasil!!

  • anônimo
    em 24 de Fevereiro de 2018 diz: Prezado organizador, acabei de contribuir com 3000 reais. Peço que me mantenha incognita. Que tudo dê certo para o Iderlan, ele merece isso e muito mais. Foi o melhor guia que já tive, e tem uma trajetória de vida impressionante

  • anônimo
    em 23 de Fevereiro de 2018

  • anônimo
    em 22 de Fevereiro de 2018

  • João
    em 21 de Fevereiro de 2018 diz: Aproveite com gratidão esta grande oportunidade que a vida te dá. Também sou do meio científico, e estamos contando com você para representar a ciência brasileira. Bons estudos!

Denuncie

Iremos verificar sua denúncia e entrar em contato com o dono da Vakinha.