Vaquinha / Outros / Dinheiro

Manutenção dos instrumentos da Nação

ID da vaquinha: 78328
Manutenção dos instrumentos da Nação
URL copiada!
4%
Arrecadado
R$ 130,00
de
Meta
R$ 3.000,00
Apoiadores
4
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
O Maracatu Nação Leão da Campina nasceu em 26 de Julho de 1997, fundada pelos integrantes do Centro Leão do Norte de Cultura Popular da cidade de Recife. Filiado à AMAMPE ( Associação Maracatu Nação de Pernambuco) e Rede Reação (Rede dos Artistas do Ibura) desfilando há mais de 7 (sete) anos, a Nação Maracatu Leão da Campina conquistou em 2003 a passagem para a categoria “A” e no seu primeiro ano foi 3ª (terceira) colocada entre as maiores nações de Maracatu de Pernambuco. Em maio de 2004, foi realizada a Coroação da Rainha da Nação Maracatu Leão Campina, Mãe Nadja de Angola, no Pátio da Igreja do Rosário do Homem Preto. Ela que, com muita dedicação e, sobretudo muito amor fez de sua vida uma luta diária pela valorização da cultura pernambucana e do maracatu, mantendo o Leão da Campina como fiel representante desta tradição. Tanto trabalho foi recompensado com o vice - campeonato do grupo especial das Nações de Maracatu de 2007 Com o objetivo de fortalecer e divulgar à cultura afro em todo o Estado, e também conquistar novos espaços a Nação Maracatu Leão da Campina realiza apresentações durante todo o ano participando de diversos tipos de eventos, levando a dança, música, canto, alegria, ritual e todos os elementos da cultura popular. Com forte vocação social o Leão da Campina participa de varias e expressivas ações de inclusão de crianças, jovens e adultos na comunidade onde atualmente funciona sua sede no bairro do IBURA. O barracão hoje abriga vários projetos como o Brasil Alfabetizado do Governo Federal, e varias campanhas das secretarias de saúde do Município e Estado. Alem destes, a própria Nação Leão da Campina iniciou alguns projetos : Leões de Fé – Espaço Muzênzê - Grupo de Diversidade – que promove palestras, encontros e apresentações levando cultura e esclarecimentos sobre LGBT e contra a homofobia.. Nação Vunginhos – Maracatu Infantil – Que promove oficinas para crianças e jovens libertando da osiosidade e assim com apresentações em vários eventos, educando as novas gerações para a preservação da cultura do maracatu. Grupo de Dança Leões’art – Artes Cênicas – promove oficinas e apresentações abrigando outros elementos da cultura popular como o frevo, coco e ciranda, dança afro e outros ciclos. Afoxé Yamim balé Gilê – Mas um filho do Nação do Maracatu Leão da Campina, que resgata vários jovens da religião Matriz Africana com debates e o estudo das origens. A Rainha Mãe Nadja, da Nação Angola Gomeia do Abassá Axé Oya Balé Omim, da Terra do Viva Deus (Baléginan de Oyá Bale) é filha de Mércia da Oxum Akarê, neta de Mãe Vanda (logemi) de Logun Edé (Mercia) que tomou todas as obrigações, com sua mãe pequena e irmã mais velha Aligoãn de Xango. A Baleginan (Mãe Nadja) tataraneta de Ajaucy de Nanã, filho de Justiniano que por sua vez é filho de Dugenan de Ogum da Terra do Viva Deus, esse babá era filho de Joãozinho Dagomeia (João AlvesTorres Filho) de Angola. Que foi iniciado em 21 de Dezembro de 1931 no terreiro de Severino Manoel de Abreu, o lendário Jubiabá, citado por Jorge Amado em uma de suas obras. Hoje, com seus 35 anos de obrigações, a Mametu Nadja de Angola tem o orgulho de junto a sua mãe, irmãos, filhos, netos, bisnetos e amigos da religião, levar as ruas a Nação do Maracatu Leão da Campina e a sua religiosidade de Matriz Africana.
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021