Cover orando pelos refugiados   3
Thumb navidad

Vakinha de
Roberto Arias
Bicas/MG

Lançamento do Livro "Orando pelos refugiados"

ID da vaquinha: 608721

Copiar url:

Objetivo
R$ 3.750,00
Arrecadado
R$ 672,00
$ contribua

O Livro "Orando pelos refugiados" traz reflexões, fundamentadas na Bíblia, que nos ajudam a conhecer e orar pelas necessidades e desafios dos refugiados no mundo todo. A publicação tem, como segundo objetivo, enviar mais sustento para nossa família na Venezuela

Criada em
12/06/2019
Encerra em
10/10/2019

O Livro "Orando pelos refugiados" nasce de uma reflexão sobre a realidade dos refugiados, principalmente dos refugiados venezuelanos.

Como venezuelano que sou, ao ver meus irmãos saíndo da terra que os criou para se aventurar na incerteza da vida como refugiado, cria em mim um profundo pesar. E o livro tenta, usando histórias de refugiados na Bíblia, conscientizar as pessoas a divulgar, dialogar e orar pelos refugiados. 

A vaquinha envolve o custo de publicação pela editora, e os primeiros eventos de divulgação que acontecerão na cidade de Bicas e Juiz de Fora, MG.

A seguir, a Introdução do Livro, feita pelo Pr Alan Taques, da PIB de Montes Claros, MG

A existência desse livro é motivada pela a questão do fenômeno dos refugiados no mundo atual. É um incentivo a refletirmos sobre este tema à luz da Palavra de Deus, destacando principalmente que ainda que tenhamos fronteiras geográficas, linguísticas e culturais, toda a Terra é do Senhor. Nós somos apenas peregrinos e forasteiros nela (Efésios 2.19).

Como cristãos, precisamos acolher com amor e dignidade os estrangeiros (Lv 19:34; Dt 10:19), pois eles buscam, acima de tudo, uma oportunidade. Se apegam a um fio de esperança para sobreviver em nosso solo pátrio. E, sob a premissa que todos nós somos peregrinos e estrangeiros nesta terra, que nossa pátria não é permanente. Aqui, estamos apenas de passagem, precisamos rever nossa postura e agirmos como intercessores dessa causa.

Acredito, que os refugiados podem trazer, para nossa nação, valores imensuráveis potencialidades e riquezas culturais que contribuirão em muito para o progresso da nossa nação e, ao mesmo tempo, poderão ser alcançados pelo evangelho da graça de Deus. E, num segundo momento, levarão para seus familiares e amigos o poder dessa transformação, ou até mesmo se tornarão missionários autóctones em seus países.

O conteúdo das reflexões trazidas nos conduz durante 29 dias à história dos Patriarcas e outros personagens bíblicos, que sofreram as agruras da peregrinação por terras estrangeiras, ou sentiram, de outros estrangeiros a mesma dor; Salmos e textos das cartas paulinas fazem-nos também sentir a força dessa jornada rumo a Canaã Celestial. E, no trigésimo dia, somos convidados pelo texto de Apocalipse a imaginar que um dia não seremos mais refugiados neste mundo. Definitivamente na nossa casa celestial. Na casa do Pai, para sempre!

Portanto, este devocionário, escrito pelo Pastor venezuelano Roberto Arias Quintero, um estrangeiro entre nós, que sabe muito bem como viver longe da sua pátria, movido por esta experiência de estar ábdito, dedica este opúsculo como forma de solidariedade para com os seus compatrícios. Roberto, convida-nos a refletir nas citações bíblicas a nossa própria história de fé, constrangendo-nos a orar por aqueles que sofrem a dor de deixarem tudo para trás na busca por algo melhor.

Que Deus abençoe, e obrigado pela sua contribuição e divulgação

Roberto Arias

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (14)

  • Igor Ramos Rosa
    em 02 de Julho de 2019

  • Tercio Ribas Torres
    em 25 de Junho de 2019

  • Roberto Arias
    em 24 de Junho de 2019

  • Esnar Alves da Cruz
    em 19 de Junho de 2019

  • elza pereira
    em 14 de Junho de 2019

  • Samuel Andrade
    em 14 de Junho de 2019

  • Roberto Arias
    em 13 de Junho de 2019

  • Priscila Gomes de Freitas Veloso
    em 13 de Junho de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.