SOS ENCHENTES! Ajude cidades gaúchas atingidas pelas chuvas: Doe agora mesmo
Pessoas / Saúde / Caridade

IMMUNESHARE trial: Plasma de vacinados no tratamento da COVID-19

ID: 1971294
IMMUNESHARE trial: Plasma de vacinados no tratamento da COVID-19
Seja a primeira pessoa a dar um coração para esta vaquinha!
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
3%
Arrecadado
R$ 8.805,00
de
Meta
R$ 259.505,34
Apoiadores
61
Você e a vaquinha concorrem a R$ 15 MIL
Sobre
Novidades0
Quem ajudou
Vaquinha criada em: 06/04/2021

A segunda onda da pandemia da COVID-19 e suas variantes levou a milhares de novos casos diários, gerando uma pressão sem precedentes nos sistemas de saúde ao aumentar as taxas de internações hospitalares, a demanda por leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e por suporte respiratório avançado, levando os sistemas ao colapso em diversos municípios. Nesse sentido, políticas públicas de enfrentamento à pandemia devem focar não só no aumento da capacidade de absorção do Sistema Único de Saúde (SUS), mas principalmente em ações que busquem diminuir a livre circulação do vírus e sua infectividade, além do agravamento de casos confirmados.

Somos um grupo de pesquisadores de renomadas Instituições de Ensino, Pesquisa e de Serviços de Saúde Pública (Prof. Dr. Fábio Klamt da UFRGS, Prof. Dr. Marcus Herbert Jones da PUCRS, Prof. Dr. Fernando Spilki da FEEVALE, Prof. Dr. Gabriel Amorim da UCS, Dra. Andrea Dal Bó do Hospital Virvi Ramos de Caxias do Sul e Dr. Luiz Amorim Filho do HemoRio) e estamos propondo um estudo inédito que busca avaliar a eficácia do plasma de doadores imunizados (que receberam as duas doses das vacinas CoronaVac ou Oxford/AstraZeneca) administrado precocemente (até 72h do início dos sintomas da COVID-19), para impedir a evolução dos casos leves de COVID-19 para casos mais graves, que demandem atendimento médico em unidades de terapia intensiva (UTI). 

Nosso estudo envolverá 248 voluntários com diagnóstico confirmado de COVID-19 que buscarem atendimento nas UPAs/UBS do município de Caxias do Sul. 

Funcionará assim: o Hemocentro do Rio de Janeiro (HemoRio) ficará responsável pelo recrutamento dos doadores de plasma de vacinados, fará a coleta, os testes de segurança, quantificará os níveis de anticorpos neutralizantes e enviará as bolsas para serem transfundidas. Nas UPAs de Caxias do Sul iremos selecionar os pacientes e faremos a transfusão do plasma e o acompanhamento desses e iremos comparar o número de pacientes com COVID-19 leve que receberam o plasma e evoluíram para uma doença mais severa com os que receberam tratamento de suporte. 

Os custos do projeto estão estimados em R$ 259.505,34.

O projeto já possui autorização da Secretaria Municipal de Saúde de Caxias do Sul e no momento aguarda a autorização do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) para iniciar o recrutamento dos voluntários. Infelizmente, não há atualmente Edital/Chamada de Agências de Fomento Público de Pesquisa abertos (CNPq/FAPERGS) para buscarmos o seu financiamento, dependendo de esforços privados para a sua implementação.

Esta intervenção simples e de baixo custo pode reduzir as demandas do Sistema Único de Saúde (SUS) e salvar vidas. A transfusão precoce de plasma hiperimune em pacientes que apresentam sintomas leves de COVID-19 pode representar uma possibilidade segura (e com eficácia sugerida em estudos prévios) para a recuperação de pacientes em risco de evolução para síndrome respiratória aguda grave.

Não podemos esperar. Contamos com a sua colaboração/doação!!! 

Para mais informações, por favor entre em contato no email plasmadevacinados@gmail.com

Você e a vaquinha concorrem a R$ 15 MIL
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
© 2024 - Todos direitos reservados