Cover foto congresso teste 7
Thumb foto congresso teste 18

Vakinha de
GPAR
Palmeira dos Índios/AL

IFAL rumo à França

ID da vaquinha: 469223

Copiar url:

Objetivo
R$ 19.200,00
Arrecadado
R$ 350,00
$ contribua

Alunos pesquisadores do curso de Sistemas Elétricos do Instituto Federal de Alagoas - Campus Palmeira dos Índios tiveram trabalhos aprovados na The 13th IEEE International Conference on Power Electronics and Drive Systems (http://www.ieee-peds.org), que ocorrerá de 9 a 12 de julho de 2019 na cidade de Toulouse-França. Para representar o Brasil no evento, esses estudantes precisam de sua ajuda.

Criada em
09/02/2019
Encerra em
05/07/2019

 IFAL - PALMEIRA DOS ÍNDIOS

A cidade de Palmeira dos Índios localiza-se no agreste alagoano e possui cerca de 74.000 habitantes. Sua economia é baseada no setor moveleiro, bem como na indústria láctea. O Instituto Federal de Alagoas (IFAL) está no município há 27 anos ofertando ensino técnico-Integrado (Informática, Edificações e Eletrotécnica), Técnico-Subsequente (Segurança do Trabalho) e atualmente conta com ofertas de cursos de Bacharelado em Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Tecnologia em Sistemas Elétricos.

Vários grupos de alunos e professores têm contribuído para fortalecer o tripé Ensino-Pesquisa-Extensão com o intuito de fortalecer o curso, buscar soluções para problemas gerais e específicos, bem como levar o conhecimento para a comunidade adjacente ao Instituto.

EQUIPE ENVOLVIDA E A IDEIA PROPOSTA

Os alunos Robson Felipe Valerio Lisboa e Victor Henrique Ferro Santos, sob orientação do Prof. Gregory Almeida, por meio do grupo de Pesquisa em Automação e Robótica (GPAR), estão desenvolvendo um Kit Educacional em Eletrônica de Potência incluíndo o conceito de Eletrônica de Potência 4.0 (denominado aqui de PELE 4.0). Este conceito visa associar o avanço da indústria 4.0 com um processo de ensino-aprendizagem emergente (conhecido como educação 4.0).

Com isso, através de experimentos de laboratório, alunos e professores terão acesso a módulos baseados em Internet das Coisas (IoT), realidade aumentada, sistema supervisório, dentre outras ferramentas onde os usuários poderão utilizar Tablets/Smartphones para que experimentos em tempo real possam ser realizados tanto no horário da aula como refeitos e/ou reanalisados remotamente em uma plataforma do PELE 4.0. Adicionalmente, existe também um viés para sustentabilidade, onde há uma preocupação na construção dos módulos e kits de experimentos com o máximo possível de componentes provenientes do lixo eletrônico.

Outro ponto positivo é que, para um determinado projeto, um conversor estático de energia possa ter suas curvas características teóricas (a partir de um modelo teórico) comparadas em tempo real com curvas experimentais coletadas pelo PELE 4.0. Assim, estudantes (futuros profissionais da área) irão adquirir maturidade na capacidade de abstração dos conceitos teóricos e vincular com maior facilidade seus aspectos de implementação práticos. 

Isto de fato, será uma realidade no perfil das equipes de projetos de equipamentos e dispositivos da área Técnica e e Engenharia, pois reduzirá o tempo gasto no processo de teste e confecção. No contexto educacional, os discentes e docentes terão tempos otimizados para montagem, análise/diagnóstico, coleta de resultados (levantamento de curvas) e documentação de relatório para um determinado experimento de laboratório.     

O grupo GPAR trabalha com soluções de aplicações em automatização de processos (nas suas diversas naturezas) e robótica. Sub-áreas de pesquisa incluem o eixo Educacional (educação automatizada), no qual a equipe está contribuindo, e outras sub-áreas no eixo de conhecimento da Engenharia Elétrica. 

Recentemente, um trabalho intitulado "PELE 4.0 - Power Elecronics Experiments: Towards Laboratory Tools for Teaching-Learning Improvement" (do inglês PELE 4.0 - Experimentos em Eletrônica de Potência - Rumo a Ferramentas de Laboratório para Melhoria do Ensino-Aprendizagem), dos alunos Victor Ferro, Robson Lisboa, orientados pelo Prof. Gregory Almeida do Curso Sistemas Elétricos, foi aprovado para o 13th Congresso Internacional em Eletrônica de Potência e Sistemas de Acionamento (http://www.ieee-peds.org), a ser realizado em Toulouse-França no período de 9 a 12 de Julho de 2019.

A apresentação de projetos em eventos internacionais potencializa os estudos, bem como, possibilita discussões com pesquisadores de todo o mundo. Isto é muito bom para melhoramento e/ou aperfeiçoamento das técnicas, elevando o conhecimento científico de alunos e professores. Adicionalmente, isto mantém ativada a realimentação do processo de captação de novos estudantes pesquisadores.

JUSTIFICATIVA E IMPORTÂNCIA

 A crise econômica vivenciada no País proporcionou a redução do orçamento dos Institutos Federais, o que impossibilita o custeio da viagem para os três pesquisadores envolvidos nos projetos. Nesse sentido, contamos com vossa ajuda para o custeio dos gastos dos alunos pesquisadores, ao tempo que buscar-se-á o financiamento da Inscrição do artigo no Congresso para fins de validação na base de Dados do IEEE explorer (orgão internacional dos Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos). 

É importante ressaltar que a publicação e apresentação do trabalho neste congresso abrirá novas oportunidades como: 

 1) Acesso para Publicar uma versão Estendida do artigo em Periódico (Revista) QUALIS A1 da Capes como por exemplo na IEEE Transactions on Education ou outras da área como IEEE Transactions on Industry Applications, IEEE Transactions on Power Electronics;

2) Fortalecer o currículo dos alunos para proporcionar de forma atrativa o ingresso em Cursos de Mestrado Acadêmico com Bolsa de Estudos, em Universidades ou Instittutos Federais; 

ESIMTATIVA DOS CUSTOS         

O montante de R$ 19.200,00 basea-se em:

1) custo individual de R$ 7.500,00 para cada aluno (2 x 7.500 = 15.000): 

           1a Inscrição do evento: 700 SGD$  = R$ 1917,06 

           1b Passagem aérea: R$ 4.082,94 

            1c Hospedagem: = R$ 750,00 Alimentação: = R$ 750,00

   SubTOTAL = 7500,00 x 2 pesquisadores =15.000,00  

2) Inscrição para validação da publicação do artigo no evento e base de Dados do IEEE: 

1500 SGD$ = 4.200,00 

 

Contamos com a sua colaboração ao tempo que nos dispomos a continuar nossas pesquisas, sempre no intuito de descobrir soluções mais viáveis, técnica e financeiramente. A educação muda vidas e queremos ajudar, com este trabalho, na evolução da mudança das vidas dos alunos da rede pública federal e do Estado. A equipe está disposta a parcerias para aplicar este conceito em outras componentes curriculares de cursos técnicos, Tecnológicos e de Engenharias. 

Alagoas merece ser conhecida pelo seu ensino e não somente pela sua criminalidade!  

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (3)

  • Monique de Sá
    em 14 de Fevereiro de 2019

  • GPAR
    em 09 de Fevereiro de 2019

  • Márcio Azevedo Rocha
    em 09 de Fevereiro de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.