Vaquinha / Outros / Dinheiro

#ForçaTati

ID da vaquinha: 129538
#ForçaTati
URL copiada!
64%
Arrecadado
R$ 51.425,42
de
Meta
R$ 80.000,00
Apoiadores
592
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

#ForçaTati

Ser mãe era o maior dos sonhos dela. Tati, aos 31 anos, conseguiu olhar pela primeira vez para a sua filha Beatriz no dia 22 de fevereiro de 2017. Hoje, a sua meta é apenas uma: quer continuar viva para cuidar de Bia! Acompanhar seus passos, dar o primeiro banho de mar, comemorar cada mês de seu nascimento, ajudá-la a assoprar o bolo de 1 ano, levar a sua pequena para a escola. Tudo que qualquer mãe quer fazer. Mas Tati tem um grande problema e precisa da ajuda de muita gente. Na metade do ano passado, com 12 semanas de gestação, ela desconfiou que o linfoma T (CD3+) poderia estar de volta (há 6 anos ela tinha passado por um tratamento). A recidiva da doença se confirmou com 16 semanas (4 meses de gravidez). A situação era grave para Tati. Porém, ela buscou alternativas, conversou com a equipe médica - hematologista, obstetra - e conseguiu iniciar um tratamento de quimioterapia "mais leve". O desafio era impedir o progresso da doença sem prejudicar o bebê. No meio do processo, houve infiltração do linfoma no apêndice e precisou operar. O médico fez a cirurgia com Bia na barriga. Tudo deu certo. Até que em fevereiro uma infecção surgiu - ela adquiriu insuficiência cardíaca - e precisou fazer o parto com 32 semanas de gestação. Beatriz nasceu saudável, apesar de tudo, mas Tati permaneceu na UTI. Surgiram novos focos da doença e ela tomará a última quimioterapia em abril. Mas será a última. Tatiana Sarmanho precisa URGENTE de um transplante de Medula Óssea. Graças a Deus conseguiu um doador - um anjo que caiu do céu, segundo ela -, mas a fila no Hospital das Clínicas de Curitiba é para daqui há quase dois anos. Seu corpo não aguenta mais esperar. A única esperança é o transplante. A outra opção é a equipe do HC fazer o procedimento particular no Hospital Nossa Senhora das Graças. A cirurgia e a internação são muito caras (cerca de R$ 70 mil), fora as medicações (passa dos R$ 25 mil). Que Deus, os amigos, familiares ou qualquer um que queira estender a mão, ajudem a nossa jovem mãe a permanecer na sua jornada na Terra. É muito difícil vencer uma doença silenciosa, que ao mesmo tempo é gritante. Porém, aos 32 anos, o nosso apelo para o mundo é apenas um: AJUDE TATI A VIVER!

#ForçaTati

Caixa Econômica AG: 2719 CC: 100249-6 OP: 013

CPF: 056172454-73

Ou

Bradesco 

AG: 3201 CC (POUPANÇA): 1018327-8

NOME: Tatiana Santos Sarmanho
Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021