Vaquinha / Outros / Dinheiro

Filtros respiratórios para o Professor Adilson

ID da vaquinha: 548717
Filtros respiratórios para o Professor Adilson
Evellyn Batista dos Santos
Surubim / PE
80%
Arrecadado
R$ 6.365,00
de
Meta
R$ 8.000,00
Apoiadores
75
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Encerrada

Na respiração de um laringectomizado total o ar entra pelo traqueostoma, que é um orifício feito por cirurgia no pescoço. Antes de uma laringectomia, o ar é inalado através do nariz, onde se torna quente e úmido antes de entrar nos pulmões. Após uma laringectomia, o ar não é mais inalado pelo nariz e entra na traqueia diretamente através do estoma, ou seja, não há mais a função de filtragem do ar, podendo ocasionar sérios problemas.

Esta compromete o sistema respiratório porque o ar inalado não passa pelo nariz e as vias aéreas superiores que normalmente fornecem 72 umidade, filtragem e calor. Também reduz a resistência e o esforço necessários para a inalação, removendo a resistência do ar e reduzindo a distância que o ar viaja até o pulmão. Isso significa que os laringectomizados não precisam de todo o esforço para fazer o ar passar da parte superior do sistema (nariz, vias nasais e garganta), e seus pulmões não precisam se inflar tanto quanto antes, a menos que a pessoa trabalhe para reter sua capacidade por meio de exercícios e outros métodos.

Acontece que, a segunda maior causa de mortalidade dos laringectomizados é devido a complicações de problemas respiratórios e pulmonares, e por isso, é necessário que o professor faça o uso contínuo de um filtro específico, para suprir o importante papel que o nariz tem.

É muito importante que os laringectomizados usem um HME (filtro). Nos Brasil, os HMEs estão disponíveis apenas por meio da Atos Medical. Este pode ser anexado usando um dispositivo intraluminar inserido na traqueia ou estoma, que inclui tubos de laringectomia ou traqueostomia, Botão Barton-MayoTM e/ou Botão LaryTM. Também podem ser inseridos em um invólucro ou uma placa de base anexada à pele ao redor do estoma. As caixas de HME foram projetadas para serem removidas e substituídas diariamente. A espuma nas caixas é tratada com agentes que possuem propriedades antimicrobianas e ajudam a reter a umidade nos pulmões. Não devem ser lavadas e reutilizadas porque esses agentes perdem sua eficácia ao longo do tempo ou quando enxaguados por água ou outros agentes de limpeza. O HME captura o ar quente, hidratado e umidificado após expiração. Pode ser impregnado com clorexidina (agente anti-bacteriano), cloreto de sódio (NaCl), sais de cloreto de cálcio (retém a umidade), carvão ativado (absorve gases voláteis) e é descartável após 24 horas de uso. Além de aumentar a resistência ao ar inalado, aumenta os esforços de inalação, preservando assim a capacidade pulmonar anterior.

Para mais informações, consultem a Portaria do Ministério da Saúde 400/2009.

Segue a foto do filtro, lembrando que para usá-lo, é necessário que se tenha um adesivo, que será comprado junto com HME. 

Imagem relacionada

 

CASO VOCÊ NÃO QUEIRA DOAR PELA VAKINHA, PODE FAZER A DOAÇÃO DIRETAMENTE PARA A MINHA CONTA:

BANCO BRADESCO

AG:0286-0

CONTA: 12160-6

CPF: 70284964492

EVELLYN BATISTA DOS SANTOS

Essa vakinha foi feita por Evellyn, a filha do professor Adilson.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2021