Cover imagem ros rio 02.02.2018
Thumb nsdv 02 02 2018 210

Vakinha de
Gustavo Madalena Brum
Porto Alegre/RS

Festa de Nossa Senhora dos Navegantes - 2018

ID da vaquinha: 231372

Objetivo
R$ 200.000
Arrecadado
R$ 13.020,00

A Festa de Nossa Senhora dos Navegantes - Patrimônio de Natureza Imaterial de Porto Alegre - constitui-se em acontecimento de rara beleza, emoção e fé. É apontada como o mais belo evento religioso-cultural do sul do Brasil - a Grande Festa da Fé, fazendo parte do calendário oficial de eventos do RS desde out/213.

Criada em
04/11/2017
Encerra em
03/02/2018

FESTA DE NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES/ 2018

Navegantes: Há 143 anos um acontecimento de fé, cultura e promoção humana

 

1. APRESENTAÇÃO DA IRMANDADE DE NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES

A Irmandade de Nossa Senhora dos Navegantes é uma associação cultural e filantrópica sem fins econômicos, fundada há 143 anos, em data de 21 de janeiro de 1875. É mantenedora de inúmeras obras sociais na Cidade de Porto Alegre, destacando-se o Abrigo Beneficente Monsenhor Felipe Diel (albergue noturno), instituição referência no trabalho com a população adulta em situação de rua. É declarada de utilidade pública federal, estadual e municipal, com inscrição no Conselho Nacional de Assistência Social.

Além do trabalho social, a Irmandade tem importante atuação cultural como promotora da Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, que ocorre, anualmente, na Cidade de Porto Alegre, cujo ápice é o dia 02 de fevereiro. Este evento é um dos três maiores do Brasil, no seu gênero, e o maior da Região Sul.

 

2. FESTA DOS NAVEGANTES – PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL DE PORTO ALEGRE

É o primeiro patrimônio cultural imaterial da cidade de Porto Alegre. A proposição do registro da Festa como Patrimônio Imaterial de Porto Alegre foi encaminhada pela Secretaria Municipal da Cultura, aprovada pelo Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural (COMPAHC), conforme as leis municipal 9.570/2004 e federal 3.551/2000, sendo o registro realizado no Livro de Registro das Celebrações, onde estão inscritos rituais e festas que marcam a vivência coletiva do trabalho, da religiosidade, do entretenimento e de outras práticas da vida social.

Os bens imateriais, como a Festa de Navegantes, fazem parte do patrimônio cultural da nação, pois representam a cultura, a religiosidade e as práticas do povo, servindo de testemunho e de referência às gerações atuais e futuras, contribuindo para resguardar a memória, a identidade e a formação da sociedade brasileira.

 

3. JUSTIFICATIVA DO ENFOQUE

Navegantes: Há 143 anos um acontecimento de fé, cultura e promoção humana

Navegantes: um acontecimento de fé

Em 1870, quatro senhores portugueses radicados na capital gaúcha encomendaram uma imagem de Nossa Senhora dos Navegantes, para um escultor, também português, radicado às margens do Rio Douro, na cidade de Porto, em Portugal. A imagem chegou a Porto Alegre em janeiro de 1871. Como estava próximo o dia 2 de fevereiro daquele ano, considerado pela Igreja Católica como o “Dia da Purificação de Nossa Senhora”, esse dia foi escolhido para ser de exaltação a Nossa Senhora dos Navegantes, anualmente. Como os portugueses, que encomendaram a Imagem, desejavam que a mesma ficasse exposta em uma igreja central da cidade, foi escolhida a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, dada a sua proximidade com a Sociedade Portuguesa de Beneficência da qual alguns membros do grupo eram diretores.

Em 02 de fevereiro de 1871 foi realizada a 1ª Festa em louvor a Nossa Senhora dos Navegantes. Como não existia igreja ou capela devotada a Santa em Porto Alegre, foi escolhida a Igreja do Menino Deus para a permanência da Imagem, após a procissão fluvial.

Em 1875, foi doado por uma senhora, também de origem lusitana, um terreno onde deveria ser edificada uma Capela ou Igreja, devendo o restante do terreno ser dedicado a uma praça.

Em 1877, no terreno doado, foi construído o primeiro templo em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, no bairro Navegantes, no mesmo local da igreja atual. Em 1910, este templo pegou fogo, com destruição total da igreja e da imagem da Santa. A igreja foi reedificada em 1912, e foi solicitada nova imagem ao mesmo escultor da primeira, a qual ficou pronta em 1913.

Desde a data da 1ª Festa em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes – 02 de fevereiro de 1871 – apenas em quatro oportunidades a mesma não foi realizada, o que justifica que no ano de 2018 seja comemorada a 143ª edição da Festa.

Ao longo de sua história, a Festa de Nossa Senhora dos Navegantes firmou-se como o maior evento de fé e cultura do Estado do Rio Grande do Sul. É o maior evento de sincretismo religioso do Brasil e nela são acolhidas, com carinho, pessoas de todas as religiões e crenças, sendo um grande movimento plural e solidário.

Navegantes: um acontecimento de cultura

A história nos revela que, nos 143 anos de realização, na Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, o universo do sagrado dividiu espaço com manifestações ditas profanas – junto com as celebrações religiosas –Novena, Missas e Procissões - havia festejos populares, parque de diversões, Baile de Máscaras, apresentação de peças teatrais no Teatro São Pedro, apresentação de grupos de dança (Bando de Jardineiras/1884), realização de regatas esportivas, queima de fogos de artifício, lançamento de balões, entre outras.

Muitas das manifestações acima referidas permanecem nos dias atuais e, ao longo do tempo, o universo de manifestações culturais foi se ampliando com a participação:

- da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA);

- da Orquestra Jovem do RS;

- da Orquestra Villa-Lobos de Porto Alegre;

- do Grupo Anchieta Canto e Dança;

- de Exposição Histórica;

- de cantores populares e líricos;

- de grupos teatrais;

- de bandas musicais;

- de escolas de samba;

- de shows artísticos;

- de espaços de cidadania.

Navegantes: um acontecimento de promoção humana

Navegantes caracteriza-se como um acontecimento de promoção humana pelas obras sociais que realiza, dentre elas o Abrigo Beneficente Monsenhor Felipe Diel (albergue noturno), instituição referência no trabalho com a população adulta em situação de rua e que tem por missão acolher pessoas e/ou famílias em situação de rua, em tratamento médico, vítimas de violência familiar, em calamidade, migrantes, a fim de proporcionar-lhes bem estar social, perspectiva de mudança e crescimento pessoal.

 

4. OBJETIVO GERAL

Realizar a centenária Festa de Nossa Senhora dos Navegantes na qual, se caracterizam, como:

(a) expressões de fé à Protetora de Porto Alegre;

(b) divulgação, preservação e promoção do patrimônio cultural e histórico do povo gaúcho.

(c) defesa da dignidade da pessoa humana.

 

4.1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

a) Realizar atividades que caracteriza a experiência religiosa:

- Visitação da Imagem Peregrina;

- Novena;

- Missas;

- Procissões;

- Entronização da Imagem da Santa.

b) Realizar atividades que caracterizam o aspecto cultural da Festa:

- Festejos populares.

c) Compromisso com o acolhimento da população adulta em situação de rua.

 

5. PÚBLICO-ALVO

Direto: população de Porto Alegre e da região metropolitana - 3 milhões de habitantes.

Indireto: usuários das redes sociais e outras mídias.

 

6. AÇÕES

a) Planejar, coordenar e executar ações de apoio (infraestrutura) à realização das atividades religiosas, culturais e sociais;

b) Buscar patrocinadores comprometidos com a questão de conhecer, proteger, conservar e promover o patrimônio cultural e histórico;

 

7. PROGRAMAÇÃO DA FESTA

03/12 A 20/01 – Visita da Imagem Peregrina às comunidades.

21/01 – Missa solene e procissão de translado da Imagem para o Santuário do Rosário.

24/01 à 01/02 – Novena

16h – Santuário Nossa Senhora do Rosário

20h – Santuário Nossa Senhora dos Navegantes

02/02 – Dia de Nossa Senhora dos Navegantes

7h – Missa no Sant. Navegantes para a equipe de trabalho

7h – Missa no Santuário N. Srª do Rosário

8h – Procissão de retorno ao Santuário de Nossa Senhora dos Navegantes

10h30min – Missa no Santuário N. Sra dos Navegantes

Celebrante: Dom Jaime Spengler, OFM Arcebispo Metropolitano de Porto Alegre

- Visitação à Imagem

- Festejos populares

14h – Missa no Santuário N. Sra dos Navegantes

16h – Missa no Santuário N. Sra dos Navegantes

20h – Entronização da Imagem no Santuário

23h Encerramento

 

8. OBRA SOCIAL DA IRMANDADE

ABRIGO BENEFICENTE MONSENHOR FELIPE DIEL (albergue noturno)

Fundação: 18 de agosto de 1968

Missão: Acolher pessoas e/ou famílias em situação de rua, em tratamento médico, vítimas de violência familiar, em calamidade, migrantes, a fim de proporcionar-lhes bem estar social, perspectiva de mudança e crescimento pessoal.

Capacidade Atual: 150 pessoas por noite

Horário de Funcionamento: das 18h 30min às 7h 30min do dia seguinte

Novidades (0)

Quem ajudou (79)

  • Diego Gomes Ferreira
    em 02 de Fevereiro de 2018

  • Bianca Fernandes Sarturi
    em 02 de Fevereiro de 2018

  • Lucas Gelásio
    em 02 de Fevereiro de 2018

  • Gisele Zimnoch
    em 02 de Fevereiro de 2018

  • Wambert Di Lorenzo
    em 01 de Fevereiro de 2018 diz: Mais presentes de aniversários para o Professor Wambert Di Lorenzo. Nossa Senhora dos navegantes, Rogai por nós.

  • anônimo
    em 01 de Fevereiro de 2018

  • Wambert Di Lorenzo
    em 01 de Fevereiro de 2018 diz: Nosso presente de aniversário. Parabéns, Professor Wambert! Nossa Senhora dos Navegantes, rogai por nos!

  • anônimo
    em 31 de Janeiro de 2018 diz: Viva Nossa Senhora dos Navegantes !!!!

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.