Desesperada

ID da vaquinha: 20970
Desesperada
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 3.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Boa para nosso filho Fernando que hoje tem dez anos .passou um tempo eu engravidei novamente até aí tudo bem ,tava tudo indo bem ,passaram se 6meses ele foi mandado embora da empresa ,pois a empresa estava com problemas financeiros ,tudo bem ele arrumou um trabalho para recebe r por dia até ai tudo bem ,passaram se um tempo meu outro filho nasceu e quando ele estava com 7meses de nascido ,a pessoa da empresa que ele trabalha chamou ele novamente p trabalhar .ele não pensou duas arrumou tudo para voltar para empresa pediram os documentos para registra lo na empresa novamente ,ta ele levou tudo que a empresa pede para ser registrado.Passaram se uns oito meses mandaram ele embora novamente e aí começaram se os verdadeiros problemas começou a chegar mensagens de dívidas de banco, de financeira ,processos tudo no nome dele ,ele começou a pesquisa sobre os fatos e procurou um advogado e aí foi que a bomba estourou ,e aí ele descobriu que o patrão dele havia usado o nome dele ,para abrir outra empresa, efez uma dívida enorme no nome dele procuramos o patrão para tentar resolver o problema mais foi em vão ,ele disse que desconhecia os fatos e não sabia de nada,aí então procuramos a justiça e até agora nada de tirarem o nome dele dessa empresa, e ele não consegue arrumar emprego em. Nenhuma outra empresa. Pois conta o nome dele como dono de empresa ,,ele entrou em depressão já não conseguia nem levantar da cama p nada .entrou numa DEPressao profunda ,e eu meus não tinha da onde tirar nada ,meu esposo doente meus pequenos nao entendendo nada que tava acontecendo. Em meio ao desespero. Comecei a pegar na rua reciclagem iam eu e meu filho de dez anos ,oque a gente achava na rua trazia MOS para casa verdura legumes tudo mesmo passou se dois anos assim ,daí meu esposo vê do nessa situação ,ele mesmo doente começou a ir com a gente para rua catar tbm,e até hoje aa gente pega reciclagem nas ruas ,mais o que a gente fora na rua não ta dando para fazer nada nem p comprá r mantimentos ,não tenho nada dentro de casa para dar p meus filhos ,minhas contas está tudo atrasada minha água e luz ,está atrasado já. Vieram. Até para cortar mais graças a Deus eles não cortaram por causa dos meus filhos, hoje me encontro numa situação precária ,não tenho da. Onde tirar comida roupas nada p meus filhos ,preço pelo o amor de Deus me ajudem a fazer meus filhos feliz quero ver eles sorrindo de novo.nos trabalhamos na ruas todos dias ,estou muito desesperada pois quando chove. A,minha casa molha mais dentro do que fora cai água do teto mina água do chão.abro meu armário e não tem nada para dar p meus filhos ,ele pedem coisa e eu nunca tenho de onde tirar ,meu filho de dez ano. Nem cama tem ele dorme no chão e chuva toda só prejudicando ainda. Mais.molha tudo .móveis eu nem tenho mais está tudo estragado minha casa úmida meu pequeno vive gripado com nariz escorrendo,GEn te por favor nos ajude ,não tenho a quem recorrer não tenho. Ninguém para nos ajudar .meu deus Te a combi que a gente para trabalha r ta quebrada alguém por favor ajudem minha família meus filhos pois eles são..a.minha riqueza e eu. Quero ver o melhor par eles.o mais triste e quando eles vê todos tendo brinquedos roupas ele nunca tem nada nunca ten.dinheiro para compra meu bebê fez aniversário agora dia trinta de agosto e eu. Pude nada. Para ele eu sei ele tem trés anos mais dói não poder fazer a alegria dos meus filhos .eu e meu esposo sofremos muito com essa situação ta tudo desmoronando em nossa cabeça. E o ruim e que tudo Acontece tudo de uma só vez peço por amor de Deus me ajudem ..e desde já eu agradeço por tudo .e que dem em dobro que fizerem pelo os meus filhos ...eu tenho uma FAMÍLIA muito sem esperança ....obrigado..
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021