Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

COSTURANDO SOLIDARIEDADE

ID da vaquinha: 970449
COSTURANDO SOLIDARIEDADE
DESIGN POSSÍVEL
São Paulo / SP
132%
Arrecadado
R$ 19.810,23
de
Meta
R$ 15.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

JÁ BENEFICIAMOS 35 FAMÍLIAS E AGORA ENTRAMOS NA FASE 2 DA CAMPANHA: Máscaras com preço justo! 

★ Os valores arrecadados a partir de 01/06 permitirão a compra de máscaras confeccionadas pelos grupos produtivos apoiados pelo Design Possível para doação de kits em comunidades e projetos sociais. 

Já doamos 20 máscaras para as agricultoras que abastecem o Coletivo Comerativamente e doaremos mais 180 máscaras para comunidades e projetos sociais.  As máscaras já estão sendo produzidas por 8 grupos e garantindo trabalho para 26 costureiras. 

★ Venda de máscaras de proteção com preço justo: em conjunto com um trabalho de conscientização sobre a necessidade de se pagar um preço justo nas máscaras de proteção, estamos apoiando os grupos de confecção na comercialização de máscaras.

 

Fundo de emergência para ajudar a rede de empreendedoras sociais a passarem pelo período de quarentena, garantindo saúde, alimento e segurança para suas famílias.

A chegada do Coronavírus trouxe impactos imediatos sérios para quem empreende e trabalha dentro de princípios de produções justas e éticas. É o caso de uma série de trabalhadoras e trabalhadores do mercado do vestuário, que fornecem serviços a pequenas marcas e empresas preocupadas com uma forma mais ética de consumo e, neste momento, se vêem obrigadas a paralisar seus serviços e perder sua única fonte de renda. Nós da Rede Design Possível acreditamos que é preciso unir forças em momentos de crise para minimizar os impactos negativos para as pessoas mais vulneráveis de nossa rede. Por isso, por meio dessa campanha emergencial, queremos ajudar a resolver os problemas decorrentes da quarentena do coronavírus na vida de empreendedoras e empreendedores da rede de costura, por meio de doação de recursos financeiros diretamente às empreendedoras e empreendedores em dificuldades por causa da reclusão do coronavírus. Para isso, faremos uma arrecadação financeira para compor fundo de emergência para ajudar a rede de empreendedoras sociais a passarem pelo período de quarentena, garantindo saúde, alimentação e segurança para suas famílias.

A chegada do Coronavírus trouxe impactos imediatos sérios para quem empreende e trabalha dentro de princípios de produções justas e éticas. É o caso de uma série de trabalhadoras e trabalhadores do mercado do vestuário, que fornecem serviços a pequenas marcas e empresas preocupadas com uma forma mais ética de consumo e, neste momento, se vêem obrigadas a paralisar seus serviços e perder sua única fonte de renda. 

Além das dificuldades comuns a quem depende da venda do seu produto para se manter, a necessidade de isolamento agrava as possibilidades de fornecimento dos seus serviços a clientes e parceiros. Ficar em casa, a atitude mais importante a se tomar no momento, é também uma condição difícil porque significa não ter dinheiro para a sobrevivência da sua família. 

Nós da Rede Design Possível, associação sem fins lucrativos que atua há mais de 15 anos com o fomento, capacitação e incubação de negócios de impacto social, encabeçamos a campanha de arrecadação por entender que nosso papel agora é também ajudar a garantir o essencial para os grupos que são nossos parceiros. Conversamos com todos os negócios sociais que apoiamos para saber como estão neste momento e os grupos indicaram pessoas com necessidades emergenciais que precisam ser supridas agora. São negócios pequenos, que atuam de forma solidária e autogestionária, sem fluxo de caixa suficiente para um momento tão incerto. Sua renda vem basicamente dos serviços prestados em costura.


Todo valor arrecadado nesta campanha será destinado integralmente às empreendedoras e empreendedores sociais. 

São 35 famílias beneficiadas de 8 grupos compostos por mulheres egressas do cárcere, mulheres trans, mulheres da periferia, mulheres idosas, mães, pessoas com transtornos psíquicos que viram na costura uma oportunidade de reinserção no mercado de trabalho, resgate da auto estima e autonomia, e inclusão social através da geração de renda e trabalho com o mercado do vestuário.

Sabemos que esta é uma primeira etapa, emergencial, para ajudar no isolamento e provisão das famílias que dependem dos recursos que vinham das produções de costura. 

Acreditamos também que a pandemia vai nos mostrar novas maneiras (criativas!) de desenvolvimento de oportunidades e renda e este também é nosso compromisso com cada empreendimento envolvido neste processo. 

 

Porque ajudar? 
Esses grupos de costura são responsáveis pela produção para marcas de roupa que atuam de forma mais justa e confecção de brindes corporativos que apresentam soluções mais sustentáveis.

Alguns dos grupos tem mais de 12 anos de atuação, viveram todo esse tempo do seu trabalho e são exemplos de alternativas de trabalho nas comunidades onde estão localizados. 

Apoiando o fundo de arrecadação estamos garantindo também que mulheres trans que se mantém atualmente da costura não precisem realizar programas nas ruas durante o período de maior contágio da doença. 

Doando garantimos também melhores condições para mulheres egressas do cárcere cuidarem de suas famílias e retomarem suas vidas com novas perspectivas de trabalho e futuro. 

 

 

 

Orçamento

Para o fundo emergencial, calculamos R$ 15.000, destinados à 35 famílias pertencentes aos grupos apoiados pela Rede Design Possível. 

O valor também inclui a taxa administrativa do Vakinha de 6,4% e os custos bancários de transferência.

Os valores arrecadados serão repassados às empreendedoras e empreendedores e nosso objetivo é que elas possam comprar alimentos, remédios e outros itens de primeira necessidade como botijão de gás e água dentro das suas comunidades, fortalecendo também os pequenos negócios locais. 

 

 

Quem somos

A Rede Design Possível é uma associação sem fins lucrativos que desde 2005 tem como linha condutora a transformação social positiva e o cuidado com o meio ambiente no Brasil. Trabalhamos com coletivos, grupos, empreendimentos, cooperativas, pessoas, empresas sociais, pequenas marcas e startups que atuam em áreas diversas. Nossa missão é Articular, fomentar e fortalecer, de forma cooperativa e autogestionária, iniciativas de impacto social e/ou ambiental, formando uma rede que promova transformações positivas para a sociedade. Ao longo da nossa história já realizamos projetos com diversos parceiros como Fundação Banco do Brasil, Universidade Mackenzie, Projeto Arrastão, Cummins Brasil, Secretaria do Verde e Meio Ambiente, Associação Nacional dos Designers de Produto, UNISOL Brasil, Rede de Saúde Mental e Ecosol do Estado de São Paulo. 

Acreditamos na construção de sociedades justas e sustentáveis, que respeitam o meio ambiente, que trabalham de forma cooperada, em prol do bem comum, respeitando suas pluralidades e exercendo sua plena autonomia.

E é por acreditar na força da colaboração que estamos liderando esta campanha para ajudar mulheres empreendedoras que estão sendo impactadas com a crise do coronavírus. São mulheres trabalhadoras que viram sua renda cair repentinamente em virtude das medidas de reclusão, que são necessárias, mas que, infelizmente, causam problemas para muitas pessoas.

Para valores menores que R$25 é possível depositar na conta da associação: Design Possível, CNPJ 10.596.973/0001-99, Banco Itaú, Ag 2965, C/C 11498-2.

Para quem?
Toda a arrecadação será repassada para trabalhadoras e trabalhadores dos seguintes negócios sociais:

Coletivo Trans Sol

Formado por costureiros, estilistas, bonequeiros artesãos que visa ensinar moda, bonecaria, costura e artesanato em geral para mulheres transexuais e travestis a fim de oferecer fonte de renda, abrir espaços de visibilidade social e promover o empreendedorismo e o pensamento plural e coletivo por meio da participação em feiras, palestras, oficinas e ações culturais.

Para saber mais: http://coletivotranssol.com.br/

Pano pra Manga

Grupo de costureiras localizado no Jd Cumbica, Guarulhos, autogerido pela Rosa, Joana, Graça, Wilma, Cida e Jaqueline. Desde 2008 desenvolve coleções para pequenas marcas de moda e linhas de uniformes para empresas. Também trabalham com logística reversa e upcycling
Para saber mais: https://www.facebook.com/grupodecosturapanopramanga/

Santa Costura Assessoria

Nathalia Tustumi é a responsável por esse empreendimento especializado em modelagem e pilotagem, cujo objetivo é auxiliar marcas de moda no desenvolvimento de suas coleções e também na conexão com os grupos de costura de economia solidária.

Para saber mais: https://www.instagram.com/santacosturaassessoria/
 

Conkistart

Grupo formado pelas empreendedoras Lourdes, Nilsa, Izabel, Sônia, Maria, que trabalha desde 2007 da sua produção de brindes corporativos sustentáveis. Está localizado no Jardim da Conquista, zona leste de São Paulo.

Cooperativa Retrosvest

O grupo surgiu em 2015 na zona leste de São Paulo, passou por uma aceleração na Incubadora Pública de Empreendimentos Econômicos Solidários de SP e hoje está sediado no Itaim Paulista. As cooperadas Rejane, Ines, Cleusa, Givanil, Gildete, Tania e Joseny trabalham com confecção para marcas de moda independentes e projetos sob demanda. 

Para saber mais: https://www.facebook.com/cooperativadecostura.retrosvest.1

Cooperativa Libertas

Cooperativa de costura voltada para a conquista da autonomia financeira de mulheres egressas do sistema prisional, hoje com aproximadamente 10 participantes, localizada na Bela Vista, região central de São Paulo. 

Para saber mais: https://www.instagram.com/cooperativalibertas/

Ateliê Ala Loucos pela X

Desde o ano de 2001, confeccionam adereços para escolas de samba e proporcionam o convívio entre pessoas em situação de vulnerabilidade devido a sua classe social, origem ou condição de saúde mental, pessoas geralmente excluídas dos processos sociais, culturais e de trabalho. O grupo fica na zona norte de São Paulo e conta com mais de 10 integrantes. 

Para saber mais: https://www.facebook.com/loucospelax/

Ateliê Daniela Andrade

Marca que desenvolve modelagens e produção de roupas sob medida para figurinos e encomendas, localizada na zona norte de São Paulo. Participação em feiras, eventos Afro e Economia Solidária. 

Para saber mais: http://instagram.com/afrodanie

Griffe Criolê

Empreendimento de economia solidária no segmento de moda situado no Ponto de Cultura Caminhos, em Hortolândia, interior de SP.  Conta com 10 integrantes, na sua maioria jovens e mulheres. A Griffe pretende com sua criação fazer uma leitura do conceito afro, traduzindo para a linguagem brasileira. As referências tradicionais dos terreiros, da comunidade negra e popular faz da moda Criolê uma moda casual e diferenciada.
Para saber mais: https://www.facebook.com/Griffe-Criol%C3%AA-1503011179999911/

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020