Comprar o Enxoval do Rafa

ID da vaquinha: 506315
Comprar o Enxoval do Rafa
Rogerio Carrasco
Maua / SP
Arrecadado
R$ 450,00
Meta
R$ 1.500,00
Apoiadores
0
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou

Me chamo Rogerio e tenho 46 anos e o meu maior sonho na vida é ser Pai. Vou contar um pouco da história da minha esposa para vocês, que chama Andreia e hoje ela tem 43 anos, ela foi diagnosticada com Falência Ovariana Prematura (FOP) aos 33 anos, para quem não sabe o o que é Falência Ovariana Prematura (FOP) é a Menopausa Precoce. Ela fez diversos exames e a informaram que ela só poderia engravidar novamente com Fertilização In Vitro e óvulos doados. Na época, a pessoa com quem ela estava achava estranho e não quis fazer o procedimento, após um tempo eles se separam, para a minha sorte!!! E em 2017 conheci a Andreia, através de um aplicativo de relacionamento o Tinder, eu procurava um relacionamento sério e ela também, afinal não somos mais crianças e temos plena convicção do que queremos, ela já foi casada anteriormente e tem uma filha de 21 anos de nome Jessica, que adotei como filha de coração, logo nas primeiras conversas, falei para a Andreia que era meu sonho ser pai e ela logo falou que infelizmente não poderia mais ter filhos, mas que tambem era o sonho dela ser mãe novamente, eu aceitei a sua condição de não poder ter mais filhos e falei que se fosse da vontade de Deus, nós teríamos nosso filho! Nos casamos em dezembro de 2017. Minha esposa após o nosso casamento começou a procurar clínicas de Reprodução Humana, ela encontrou uma em São Paulo, na qual tem um médico que abraçou o nosso problema, e nossa esperança  reacendeu com força total, ela começou a fazer acompanhamento médico, vários exames e muitos medicamentos com hormônios para espessar o endométrio dela, porque só com um bom espessamento do endométrio seria possível uma tranferência embrionária, porém não obtivemos sucesso. A Jessica, filha da minha esposa, sempre a acompanhava nas consultas, as vezes eu também ia junto, quando não atrapalhava o meu horário de trabalho e viamos que cada dia mais, minha esposa saia mais frustrada, quando fazia o ultrassom, porque mesmo com todas as medicações que ela tomava, após cerca de 8 meses de tratamento, o doutor informou que a gestação só poderia ocorrer por meio de Cessão Temporária de Utero/Barriga Solidária, devido o endométrio, utero e ovarios estarem atróficos. A  filha da minha esposa a Jessica, ouvindo do doutor que a única possibilidade da mãe poder ter mais um filho, era por Barriga Solidária, mais que depressa, disse que seria sua barriga solidária. Foi muito discutido esse assunto na família, mas ela insistiu e aceitamos. Hoje o Rafael se encontra no ventre da filha da minha esposa, foi feito Fertilização In Vitro com óvulos doados e o blastocisto foi implantado no utero da Jessica em 14 de Novembro de 2018. Hoje o Rafinha está crescendo com força total e com muita saúde. Graças a Deus! Não estamos agindo de má fé, apenas pedindo ajuda a quem puder ajudar. Obrigado!

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2020