SOS ENCHENTES! Ajude cidades gaúchas atingidas pelas chuvas: Doe agora mesmo
Vaquinha / Outros / Dinheiro

AYÓ Encontro Negro de Contação de Histórias 2ª Edição

ID: 217346
AYÓ Encontro Negro de Contação de Histórias 2ª Edição
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
Sobre
Novidades0
Quem ajudou
Vaquinha criada em: 27/09/2017

O encontro

AYÓ - do Yorubá "Exaltação", "Alegria" - é um encontro ancestral que reúne contadores e contadoras de histórias de todo o país no quintal-quilombo das Mulheres de Pedra, um reduto feminino e afro-brasileiro do Rio de Janeiro. Esta reunião se faz mais que urgente após os  muitos séculos de invisibilidade da herança africana no país. Este é um convite para uma reunião em torno da tradição oral, tesouro de Mama África, alicerce que nos manteve de pé até os dias de hoje!

Nosso site: www.ayoencontronegro.com.br

Por que apoiar?

Em sua primeira edição AYÓ aconteceu de forma rica, autônoma e negra! Foram 30 contações de histórias ancestrais acalentando nossos corações. Um encontro de representatividade feito e conduzido por mãos femininas negras, realizado sem ajuda de fomentos e editais, apenas na guerrilha. E para que a nossa missão prossiga de forma humana e digna, contamos com o apoio e a colaboração de todos e todas que acreditam no poder da palavra como forma de cura e resistência. Somente através do fortalecimento de nossos irmãos e irmãs é que vamos conseguir realizar a segunda edição de AYÓ!

 

A tradição oral africana e o silenciamento de nossas vozes!

É através do fio da história que se tece a trama da vivência humana. É através da oralidade que nos descobrimos e desvendamos o mundo. A história é coisa que não morre nunca, é rio que atravessa gerações e nunca se perde de sua nascente. A história sou eu, você e o outro emaranhados no laço do tempo, tempo que não é linear, mas esférico, que não é abstrato, mas se transmuta em árvore de vida. Iroko!

Diante deste pensar, chegamos na seguinte indagação: qual possibilidade teríamos de nos encantar por quem somos, se ao longo dos séculos fomos roubados do direito de nos conhecermos e reconhecermos a nossa origem? Somos a herança de importantes culturas africanas, fortemente enraizadas na tradição, culturas que aqui resignificaram-se rompendo o silêncio da ignorância e do descompromisso e foram capazes de dar voz e vez ao silenciado chão das nossas origens.

E por qual razão não continuaríamos a seguir os passos ancestrais? 

Assim nasce AYÓ! Uma força que vem de dentro, que vem da força matriarcal e da oralidade africanas, que surge em busca do encantamento de nós por nós. Viemos para ofertar as crianças, jovens e mais velhos com histórias nossas, histórias que tragam referências pretas e demonstrem toda a realeza que África nos coroou! Por isso se faz tão urgente e necessário este encontro, pois é através da oralidade que conseguimos transmutar pensamentos e ideais, dissipar preconceitos e unir pessoas! Chegou a hora de ouvirmos falar de nós, por nós e para nós!

Contribua, compartilhe, fortaleça, faça acontecer!

Todo o valor  arrecadado será usado para apoiar os artistas participantes durante os dois dias do encontro - alimentação, transporte e alojamento dos que vierem de fora da cidade do Rio de Janeiro - e investimento em material gráfico, taxa do espaço e outras demandas necessárias para o nascimento de AYÓ!

Idealizado e produzido por Nathalia Grilo (educadora e contadora de memórias) | Apoio: Mulheres de Pedra | AYÓ Encontro Negro de Contação de Histórias acontecerá nos dias 11 e 12 de Novembro na zona oeste carioca | Serão 30 contadores e contadoras de histórias de todo o país. - Convidadas especiais: Heloisa Pires Lima e Eliete Miranda.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
© 2024 - Todos direitos reservados