Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Apoie o povo Pataxó contra o Coronavírus

ID da vaquinha: 1031647
Apoie o povo Pataxó contra o Coronavírus
AJIP - Associação de Jovens Indígenas Pataxó
Santa Cruz Cabrália / BA
80%
Arrecadado
R$ 64.252,24
de
Meta
R$ 80.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

ALDEIAS PATAXÓ PEDEM SOCORRO

A Pandemia do Coronavírus escancarou de vez os problemas sociais e desigualdades socioeconômicas presentes no território brasileiro. A falta de políticas públicas específicas direcionas aos povos indígenas tem causado um caos terrível nesses tempos de isolamento social. O povo Pataxó é um dos únicos povos indígenas que sobreviveram ao massacre e genocídio causado pelos portugueses desde 1500 no extremo sul baiano. Tendo como meio de sobrevivência a caça, pesca e venda de peixes e dos artesanatos. Mas diante do momento atual, muitas famílias já estão tendo dificuldade com alimentação, já que estão em isolamento social há mais de um mês. Os povos indígenas têm em sua genética a imunidade extremamente fraca e, desta forma, ficam vulneráveis a serem vítimas de mortes precoces. Por isso, nesse momento, o isolamento social é crucial para eles. Todo o recurso arrecadado, será utilizado na compra de cestas básicas e produtos de higiene como sabonete, água sanitária e álcool em gel e serão distribuídas em comunidades de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro no extremo sul baiano. As aldeias São: Aldeia Indígena Pataxó Nova Coroa, Aldeia Indígena Pataxó Coroa Vermelha Aldeia Indígena Pataxó Itapororoca, Aldeia Indígena Pataxó Mirapé, Aldeia Indígena Pataxó Novos Guerreiros, Aldeia Indígena Pataxó Txihí Kamaiurá e Aldeia Indígena Pataxó Juerana.

PATAXÓ VILLAGES ASK FOR HELP

The Coronavirus Pandemic has brought up the social issues and socioeconomic inequality in Brazil. The lack of public policies aimed directly at the indigenous population has caused chaos during these times of social isolation. The Pataxó are one of the few indigenous people who survived the massacre and genocide caused by the Portuguese since the year 1500 in the extreme south of the Brazilian state of Bahia. Relying on hunting, fishing, selling fishes, and craftwork as their means of survival. However. facing the current situation, families are having a hard time bringing food to the table, as they have been practicing social distancing for over a month. Because of their genetics, indigenous people have a weak immunity system and therefore are more susceptible to early deaths. That is why social distancing is crucial for them right now. All the funds raised will be used for the purchase of food and basic hygiene products such as soap, bleach, and hand sanitizer. Such products will be distributed among the Pataxó communities of Santa Cruz Cabrália and Porto Seguro in the south of Bahia. The villages are: Pataxó Indigenous Village of Nova Coroa Pataxó Indigenous Village of Coroa Vermelha Pataxó Indigenous Village of Itapororoca Pataxó Indigenous Village of Mirapé Pataxó Indigenous Village of Novos Guerreiros Pataxó Indigenous Village of Txihí Kamaiurá Pataxó Indigenous Village of Juerana.

 

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020