Vaquinha / Outros / Dinheiro

APOIE A VOZ DO MORRO

ID da vaquinha: 42720
APOIE A VOZ DO MORRO
URL copiada!
101%
Arrecadado
R$ 2.025,00
de
Meta
R$ 2.000,00
Apoiadores
33
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
RÁDIO COMUNITÁRIA A VOZ DO MORRO: O AR NÃO TEM DONO, É DE TODXS! Acreditamos que a mídia feita pela elite, que tenta uniformizar nossos corpos e mentes e matar o pensamento, só pode ser derrotada com mídia popular. “Façamos nós por nossas mãos tudo o que a nós nos diz respeito” e isso inclui contar nossa própria história, com nossa linguagem, do nosso jeito. A RÁDIO A VOZ DO MORRO não tem “diretoria”, temos um coletivo, onde todos e todas as comunicadoras participam, através da democracia direta. Também não cobramos nenhum tipo de taxa nem veiculamos anúncios. Buscamos promover iniciativas culturais próprias e autênticas das comunidades, como saraus, festas populares e trilhas ecológicas, para criar, além de outra mídia, novas possibilidades de cultura, arte e lazer na periferia, criando vínculos reais e solidários entre nossxs vizinhxs.   Não temos nem promovemos partidos eleitoreiros, governos, patrões nem religiões. Lutamos contra as práticas e os discursos homofóbicos, machistas, racistas, fascistas, eleitoreiros, reacionários e burocráticos. Promovemos as lutas e organizações de base que buscam seus objetivos através da ação direta e da organização popular, e nos consideramos uma dessas organizações de base. A Rádio não fica fechada em uma sala: saímos pra rua pra lutar também. UM POUCO DE NOSSA HISTÓRIAA Rádio A Voz do Morro surgiu na periferia da Zona Leste de Porto Alegre, que abrange as comunidades do Morro Santana, Mário Quintana e Jardim Carvalho (CEFER 1 e 2, IPE 1 e 2, etc). Fazem parte dela moradorxs da região e apoiadorxs. A rádio nasceu em 2002, a partir do grupo de homens e mulheres que se reunia no Comitê de Resistência Popular Zona Leste, organização popular que promove lutas na periferia. Ela começou como rádio-poste aos finais de semana, pra divulgar eventos da comunidade, fazer debates sobre problemas esoluções e divulgar artistas locais. Com muita luta, muitos mutirões, brechós, rifas e tudo mais, conquistamos o nosso primeiro transmissor e a rádio passou a ter um dial (88,3 Fm) e programação fixa, com mais participação de grupos e moradores da comunidade. Sem sede até esse ano de 2016, foi funcionando aonde dava. A Rádio atuou e atua em diversas frentes, tais como:    - RÁDIO NA PRAÇA: quinzenalmente, a rádio vai para alguma praça da comunidade e busca o envolvimento dos demais moradores em debates como educação, transporte público, racismo, moradia, luz, água, saneamento, feminismo, saúde, mídia, etc. - APOIO AOS ARTISTAS LOCAIS: a Rádio apoia divulgando as músicas, poemas, livros, etc, de artistas da região. Também apoia na produção de músicas e criação de clipes musicais. - RÁDIO NA ESCOLA: a Rádio promove oficinas nas escolas da região, buscando incentivar a gurizada criar seus próprios meios de comunicação e mídias, dentro ou fora da escola.- RÁDIO NA BIBLIOTECA:a Rádio promove oficinas na Biblioteca Comunitária da Vila das Laranjeiras, fazendo mediação de leitura e incentivando a produção de áudios, vídeos e jornais com as crianças dos SASEs da região. - RÁDIO PRA VER: produção de vídeos com entrevistas, debates, eventos, etc, que acontecem na comunidade, promovidos ou não pela Rádio, para posterior divulgação no Facebook e no Blog da rádio, que também são veículos por onde divulgamos as iniciativas comunitárias. - ECOTRILHA: Compartilhamos o conhecimento de trilhas da região, fazendo plantio de mudas naturais do habitat e recolhendo o lixo e material reciclável que, infelizmente, ainda se encontra pelas região.Todas essas iniciativas são sustentadas com o esforço de cada uma e de cada um que participa da rádio. Somos camelôs, professorxs, metalúrgicxs, taxistas, estudantes, operárixs, autônomxs, etc, que sonham com um mundo mais justo, livre e solidário. PEDIDO DE APOIONesse momento, estamos muito felizes porque finalmente conseguimos, após 13 anos de trabalho e com muitos altos e baixos, ter uma sede própria. Entretanto, ela precisa de muitas coisas ainda para chegar a ser inaugurada. Além da infraestrutura externa, nossos equipamentos foram sofrendo muitas avarias com o tempo, e estão defasados e desgastados. Por isso,  estamos pedindo seu apoio para que possamos continuar contribuindo com a comunidade. Estas doações serão essenciais para que possamos efetivar nossa estrutura de trabalho na comunidade, qualificando nossa estrutura de maneira que sozinhos, apenas com nossas pernas, não conseguiríamos.O seu apoio vai para:- material para a pintura da sede, interna e externa- material para a instalação elétrica- manutenção de equipamentos- aquisição de 2 microfones de qualidadePra nos conhecer melhor, visite nosso Blog http://avozdomorro.blogspot.com.br/E nossa página do FACEBOOK - https://www.facebook.com/avoz.morro/?fref=ts
Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021