Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Aplicativo de combate e controle ao COVID-19

ID da vaquinha: 957865
Aplicativo de combate e controle ao COVID-19
Guilherme Conceição Rocha
São José dos Campos / SP
101%
Arrecadado
R$ 96.001,78
de
Meta
R$ 95.000,00
Apoiadores
0
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
Encerrada

O problema 

A pandemia de COVID-19 (“Coronavírus”) espalha-se rapidamente pelo planeta com impactos severos tanto na saúde da população quanto na economia, e precisa ser combatida imediatamente. 

As atuais soluções governamentais de resposta dividem-se entre "não fazer nada" ou manter a população inteira em quarentena forçada. Nenhuma delas resolve a situação da maneira adequada, seja por provocar inúmeras perdas de vidas, seja por causar prejuízos econômicos irreparáveis. 

 

A linha de ação 

A solução para esse dilema consiste em trabalhar com informação e inteligência de modo a simultaneamente manter a economia funcionando e controlar o avanço da pandemia.

Países como Coreia do Sul e Singapura adotaram essa estratégia e estão conseguindo minimizar o número de contagiados e mortos sem precisar paralisar a economia, usando sistemas de informação que não somente indicam e monitoram a localização de infectados e eventuais contatos com outros indivíduos como também identificam suspeitos de estarem contaminados com muito mais precisão. Dessa forma é possível otimizar o uso de recursos públicos na aplicação de testes e conter o avanço da pandemia. 

 

Quem eu sou 

Meu nome é Guilherme Rocha, engenheiro formado pelo ITA com doutorado na área de prognóstico de sistemas e gestão de riscos. Sou empreendedor e professor do ITA, e desenvolvo pesquisas nas áreas de logística e segurança. 

Peço a sua ajuda para sairmos dessa crise por meio da criação de um sistema de informação de combate e controle da pandemia de COVID-19, implementado via aplicativo e baseado na classificação dinâmica de risco do indivíduo e de localidades. Coloco-me à disposição para facilitar a realização dessa empreitada por meio da coordenação do trabalho de desenvolvedores autônomos, empresas de tecnologia, pesquisadores e autoridades na área da saúde. 

 

O time

Somos um time multidisciplinar com diversos voluntários, estaremos integrados na plataforma CoronaTrack, concebida por Rafael Martins. Contamos com a colaboração de diversos engenheiros do ITA e do IME. Para maiores detalhes o projeto e seus participantes, por favor click no link a seguir.

https://drive.google.com/drive/folders/1QRlop-B60_Gl6H9OaX94xpwUaoAc84k6?usp=sharing

Funcionalidades da solução 

O aplicativo classificará os usuários em perfis de risco de acordo com informações personalizadas como histórico de sintomas, histórico de proximidade com outros indivíduos, histórico de consumo de fármacos relacionados à doença e resultados de testes do COVID-19. 

Os perfis em questão obedecerão ao critério de cor abaixo:

  • Perfil Verde: indivíduos tidos como sadios e fora dos grupos de risco. Poderão exercer normalmente atividades produtivas e acessar serviços não essenciais.
  • Perfil Amarelo: indivíduos com suspeita leve ou moderada de contaminação. Poderão acessar apenas os serviços essenciais (farmácia, mercado, padaria etc.), devendo praticar o distanciamento social.
  • Perfil Vermelho: indivíduos infectados ou com forte suspeita de contaminação. Serão monitorados e deverão ser isolados do convívio social.

O perfil cada usuário terá status dinâmico, sendo resultado da constante coleta, atualização e integração pelo sistema de dados como estado de saúde, hábitos de consumo e locais frequentados. Além disso, todos os usuários terão no aplicativo informações georreferenciadas em tempo real do perfil de risco de cada localização com base na densidade de pessoas infectadas ou suspeitas, permitindo uma circulação mais prudente que minimize a chance de novas contaminações.

 

Tecnologias e métodos utilizados

O sistema preservará o sigilo das informações de cada usuário em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Outros indivíduos poderão solicitar verificação do perfil de risco do usuário. Havendo consentimento do usuário em exibir tal informação, aparecerá para o requisitante o nome, idade e classificação de risco do usuário apenas.

Para se determinar a classificação de risco, o sistema será integrado de forma sigilosa à base de dados do Ministério da Saúde de modo a obter informações sobre eventuais resultados de teste do COVID-19, histórico de vacinação do usuário e histórico de consultas médicas.

Tal como implantado em Singapura, o sistema utilizará tecnologia Bluetooth para rastrear pessoas que tiveram contato próximo e recente com indivíduos contaminados mesmo antes de eles apresentarem sintomas e terem resultado positivo no teste do COVID-19. Essas pessoas serão alertadas, monitoradas, terão prioridade para a realização de testes e entrarão na classificação de risco “Amarelo”, podendo evoluir para “Vermelho” caso comecem a manifestar sintomas ou tenham resultado positivo no teste de COVID-19. Em nenhum momento será revelada a identidade do infectado para o sujeito que recebeu o alerta.

Por meio de tecnologia de georreferenciamento – tal como implantado na Coreia do Sul –, o aplicativo exibirá o perfil de risco de cada localização com base na densidade de pessoas infectadas ou suspeitas, permitindo uma circulação mais prudente de modo a evitar novas contaminações.

Por fim, serão utilizados chats e interface de vídeo para facilitar a comunicação remota entre usuários e profissionais do sistema de saúde, diminuindo a circulação de pacientes suspeitos ou infectados e protegendo a integridade física dos profissionais de saúde.

 

Resultados esperados

Como resultado dessa empreitada, esperamos reduzir drasticamente o avanço da pandemia em território nacional, bem como destravar a economia do país. Juntos, sairemos fortalecidos dessa crise, mas precisamos agir rápido!

Conto com a sua ajuda. Muito obrigado!

 

Referências

[1] – Impact of non-pharmaceutical interventions (NPIs) to reduce COVID-19 mortality and healthcare demand, 2020, Imperial College London, Imperial College COVID-19 Response Team

[2] – Coronavírus: 5 estratégias de países que estão conseguindo conter o contágio, 2020, BBC, endereço eletrônico: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51937888, acessado em 19/03/2020

[3] – China atribui código QR aos cidadãos para conter coronavírus, 2020, Karla Pequenino, endereço eletrônico:

https://www.google.com/amp/s/www.publico.pt/2020/03/06/tecnologia/noticia/china-atribui-codigo-qr-cidadaos-conter-coronavirus-1906462/amp, acessado em 20/03/2020

[4] – COVID-19 Coronavirus Pandemic, 2020, Wordometer , endereço eletrônico: https://www.worldometers.info/coronavirus/#countries, acessado em 22/03/2020

[5] – South Korea to step-up online coronavirus tracking, Sara Wray, SmartCitiesWorld, endereço eletrônico: https://www.smartcitiesworld.net/news/news/south-korea-to-step-up-online-coronavirus-tracking-5109

[6] – Help fight spread of COVID-19 with TraceTogether!, 2020, Government Technology Singapure , endereço eletrônico: https://youtu.be/buj8ZTRtJes, acessado em 20/03/2020

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020