Vaquinha / Outros / Dinheiro

Ajude a Ritinha!

ID da vaquinha: 95743
Ajude a Ritinha!
URL copiada!
96%
Arrecadado
R$ 48.084,86
de
Meta
R$ 50.000,00
Apoiadores
294
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Entenda o caso da Ritinha:

Meu nome e Rita Frem , tenho 22 anos e sou natural de Belo Horizonte , porém a 1 ano me mudei para Beirut no Líbano pelos acasos da vida. Se eu pudesse me definir em uma palavra , diria que eu sou louca. Sou o do tipo de pessoa intensa, que é louca pela vida e que é capaz de fazer loucuras para ver alguém sorrir (me incluo nisso é claro). Acredito que um sorriso tem um poder de cura maior que muitos medicamentos. Sorrir e o melhor remédio para alma. Sou uma mulher de fé , que ama ( nem sempre ) a sua cruz. Tenho em Deus o meu melhor amigo e um exemplo a ser seguido. Confio nele e em todos os Seus planos. Sou uma garota cheia de sonhos , muitos deles um pouco quanto estranhos, como : morar dentro de um avião , abrir uma loja que só venda batata frita - sim de todos os sabores , com todos os molhos e de todos os tamanhos -, ser  presidente de uma empresa de petróleo em Dubai e ter saúde. Sim, um dos meus sonhos e ter saúde , sonho com o dia que eu consiga largar os mais de 10 comprimidos que eu tomo diariamente , que eu pare de sentir dor e que consiga trilhar o caminho para realizar os meus inúmeros loucos desejos sem algo que me limite fisicamente. Sou portadora de uma síndrome autoimune rara que tenho desde os meus 4 anos , porém que demorou quase 13 anos para ser descoberta depois da primeira manifestação dela. Aos 4 anos tive uma meningite asséptica e  entrei em coma, aos 11 anos tive uma neurite ótica que me fez perder grande parte da visão do meu olho esquerdo , fato esse que foi recuperado devido a grande competência da equipe médica que me acompanhava na época. Dos meus 11 até os meus 17 anos , sofria recorrentemente com a inflamação do meu nervo e consequentemente a perca da visão ,tinha dores cabeça horríveis, muitos desmaios e convulsões. Aos 17 anos tive 5 tromboses , problemas no útero , pulmão , intestino , milhares de aftas , estômago , articulação , 2 pericardites e com isso tudo veio o diagnóstico de Síndrome de Behcet. Desde então faço o tratamento com imunossupressores e muito cortisona. Este ano - para ser mais precisa em Maio - comecei uma luta que parece não ter fim. Perdi 95% da visão do meu olho esquerdo , tive uma colite severa que me fez perder muito sangue , tive problemas no estômago no qual me fez vomitar muito sangue , tive um problema nas articulações que me impossibilitou de andar , tive um problema nos rins , no nervo da perna , mais uma trombose , uma vasculite pulmonar , febres intermináveis , muitas dores e mais ou menos 9 internações a mais na minha conta. Antes que eu continue a relatar um pouco do que estou vivendo , queria frisar para vocês que toda a minha forca e a minha alegria vem de Deus. Não posso contar a minha vida sem falar da presença dele. Tenho vivido coisas impressionantes nos últimos tempos e que precisam ser lembrados. Ouvi de muitas pessoas que eu deveria desistir , de muitos médicos coisas terríveis , porem eu ouvia uma voz do céu me incentivando a ter coragem. A cerca de 1 mês e meio comecei a sentir uma dor horrível na perna que foi me impedindo de andar até que em pouco tempo me vi numa cadeira de rodas. Depois de fazer muitos exames a equipe médica concluiu que eu tive uma trombose dentro do meu osso , no caso o fêmur , que causou uma necrose de grau III no mesmo. Essa necrose é bilateral e tem tirado o meu sono. Tenho sentido dores realmente horríveis e um medo gigante de não voltar a andar. Para entender exatamente o que está acontecendo com meu corpo agora: “Osteonecrose do quadril é uma condição dolorosa que ocorre quando o suprimento de sangue para o osso é interrompido. Seria o equivalente ao um infarto do coração, porém na cabeça femoral. Sem um suprimento de sangue as células ósseas morrem, levando a alterações do formato e funcionamento do quadril. Como consequência, a osteonecrose pode levar à destruição da articulação do quadril e artrose. Osteonecrose é também chamada de necrose avascular ou necrose asséptica.”  Depois de muito discutir com a equipe médica e pesquisar todas as possíveis alternativas tenho agora algumas opções de como proceder para que eu não perca minhas duas pernas:

-  Fazer uma cirurgia nas minhas duas pernas que retiraria a parte necrosada, e em seguida e fazer um enxerto para que o osso possa crescer novamente. A cirurgia não é um procedimento simples , principalmente por todo o meu histórico e todos os medicamentos que eu tomo. Uma vez que tenho feito quimioterapia , qualquer ato falho na operação pode custar caro.

- Fazer uma prótese de quadril, procedimento extremamente invasivo e pouco indicado para mim pois tenho doença autoimune e por isso há grandes chances de infeção e rejeição dá prótese que pode gerar uma infecção sanguínea. Nesse procedimento também teria que ser realizado a cirurgia para a retirada da parte necrosada das minhas pernas.

- O terceiro método é o menos invasivo porém não está disponível no Líbano. Ele se trata de uma transfusão em que meu próprio sangue é direcionado para a área afetada. Ele ainda é realizado em pouquíssimos hospitais no mundo e o resultado tem sido muito positivo. Nesse caso eu não teria que fazer aquela cirurgia para tirar a parte necrosada o que é ainda mais positivo para mim já que as chances de infecção diminuem. Pra entender ele melhor dá uma olhada nesse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=jqw3r-musrE&feature=youtu.be

Bom, eu quero ser o mais transparente possível com vocês e por isso estou colocando minhas opções aqui. Devo decidir ainda nessa semana qual o melhor caminho seguir já que quanto mais eu demorar menores são as minhas chances de recuperação. Sei que tudo parece complicado demais mas nunca fui de desistir e não é agora que vou começar. Por isso peço ajuda de todos vocês. Infelizmente minha família não tem condição de bancar nenhum desses procedimentos e o governo é capaz de cobrir parte pequena deles (os remédios e a internação no hospital). Ainda não tenho os valores exatos porque como disse ainda não defini qual procedimento vou seguir. Assim que tiver todos os detalhes vou dividir tudo aqui. Sua ajuda aqui é muito importante e necessária. 

Muito obrigada!

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021