Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Recuperação do Soldado ESMERALDINO (PMSC)

ID da vaquinha: 1584699
Recuperação do Soldado ESMERALDINO (PMSC)
Soldado Espíndola
Criciúma / SC
379%
Arrecadado
R$ 37.913,80
de
Meta
R$ 10.000,00
Apoiadores
490
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

O Soldado ESMERALDINO foi atingido por um disparo em uma troca de tiros na ocorrência do assalto ao Banco do Brasil em Criciúma/SC, na data de 01 de dezembro de 2020. Após dois meses internado no Hospital São João Batista, o tratamento passou a ser realizado em casa, com diversos profissionais capacitados para a recuperação do militar, que ainda segue acamado em um quarto “hospitalar” montado no local.

Os gastos são altos, e embora o tratamento seja custeado pelo Estado atualmente e outros ressarcidos posteriormente, existem diversas outras despesas para auxiliar sua recuperação. A colaboração de todos é um gesto de camaradagem para com o guerreiro, que cumpriu seu juramente de defender a sociedade mesmo com o risco da própria vida. 

DÚVIDAS:

1 - No que o dinheiro é utilizado?

  • Adaptação da residência
  • Melhorias no quarto para sua recuperação
  • Consultas médicas com outros profissionais (particulares)
  • Contas mensais de caráter pessoal (cartão, seguro, financiamento...)
  • Medicações (posteriormente serão ressarcidas pelo Estado)
  • Outros gastos que possam acelerar sua recuperação ou aumentar seu conforto.

2 - Existe um valor fixo?

Não, mas para ter uma ideia, nos três meses de tratamento foi utilizado cerca de R$ 30.000,00 (média de R$ 10.000,00/mês).

3 – O Salário dele está sendo utilizado?

Sim, a família já tem acesso, porém, somente o salário não é suficiente para cobrir as despesas mensais com tratamento (cobre cerca de 30%).

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2021