Vaquinha / Outros / Dinheiro

Ajuda para o Tratamento do Shano

ID da vaquinha: 64655
Ajuda para o Tratamento do Shano
URL copiada!
4%
Arrecadado
R$ 70,00
de
Meta
R$ 2.000,00
Apoiadores
2
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Sou o Shano, um siamês de aproximadamente 7 anos de idade e sou portador da FELV (Feline Leukemia Virus) - Vírus da Leucemia Felina, doença sem cura e fatal, que é transmitida de um gato infectado para um gato saudável quando brigam. Suspeitamos que o gato da vizinha, que entrava na minha casa pra me atacar, tenha me infectado, pois meses depois ele morreu. A Leucemia Felina, assim como a humana, compromete a produção das células do sangue, principalmente os glóbulos brancos (leucócitos), que são parte da nossa autoimunidade e também responsáveis por combater algumas de nossas doenças.Comecei a demonstrar sinais de que algo não estava bem comigo quando comecei a urinar fora da minha caixinha, em cima da cama e até em cima da minha antiga mãe! Ela ficou irritada e me colocou pra fora. Fiquei muito magro, acharam até que eu estava com depressão, pois estava muito triste por ter sido posto pra fora de casa. Minha nova mãe não aguentou me ver tão debilitado e, mesmo sem emprego, se dispôs a cuidar de mim.Fui levado ao veterinário no dia 23/12/2015 e fiz o exame para FIV/FELV. Infelizmente meu exame deu positivo para FELV e desde então, minha mãezinha vem gastando muito comigo, pois preciso estar sempre fazendo exames para monitoramento e minha alimentação tem que ser medicamentosa, o que custa caro, pois eu como bastante! Alguns meses depois, fugi de casa por alguns minutos e fui pro mato dar uma volta (adoro mato!). No dia seguinte comecei a me coçar sem parar até ficar todo ferido e sem pelo nos locais onde conseguia coçar. Minha mãe correu comigo pro veterinário e mais uma vez teve que fazer vários exames pra descobrir o que estava me causando tanta coceira. A 1ª veterinária disse que era alergia e lá fomos nós tratar a alergia.. Não adiantou. Mamãe me levou em outra veterinária e ela, suspeitando de infecção por fungos, pediu vários exames: hemograma, raspado de pele, cultura antibiograma.. Hemograma normal para o quadro de Leucemia e os demais exames deram negativo, então a tia veterinária pediu a repetição do exame. Enquanto o resultado não saía, continuei me coçando como se não houvesse amanhã e minha mãe me colocou um colar bem feio, que me deixou bem triste e também não me deixava comer e nem beber água direito. Por não conseguir beber bastante água como antes, acabei tendo infecção urinária. A tia veterinária pediu pra fazer exame de urina e de ultrassonografia. Graças a Papai do Céu a ultrassom mostrou que não tenho nenhuma pedrinha no rim, nem na bexiga e nem na uretra. Agora estou tomando antibiótico, antiinflamatório, um suplemento de ferro e um patezinho de recuperação muito do caro, pois também desenvolvi anemia. Tomo banho 2x por semana com um shampoo bem caro que a tia veterinária passou pra amenizar a coceira e que tem resolvido bastante! Parei de me coçar tanto e agora não preciso mais daquele colar feioso! As regiões que não coçam mais, estão ficando escuras e a tia veterinária disse que depois vai passar um outro tratamento pra tirar esse escurecimento da minha pele.Então gente, essa é minha história, um pouco sofrida, eu sei, mas o amor da minha mãezinha me faz ser forte e lutar contra essas doenças que me colocam pra baixo. O amor me ajuda bastante, mas infelizmente não cura minhas doenças. Mamãe está desempregada e com muita dificuldade em pagar pelo meu tratamento, por isso nós pedimos muito encarecidamente e do fundo dos nossos corações por uma ajuda, seja ela qual for! Sabemos que a menor doação que seja, quando feita por várias pessoas, ajudará bastante a pagar as despesas do meu tratamento.Mamãe está emocionada enquanto escreve esse apelo por mim.. Não fica triste não, mamãe. Vai dar tudo certo! =)
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021