Cover captura de tela 2019 04 04  s 15.59.46
Thumb captura de tela 2019 04 04  s 15.59.46

Vakinha de
Igreja São Benedito
Teresina/PI

Abrace a São Benedito

ID da vaquinha: 525130

Copiar url:

Objetivo
R$ 300.000
Arrecadado
R$ 4.180,00
$ contribua

A Igreja São Benedito é um templo bastante conhecido de todos os teresinenses. É um ícone da história da nossa cidade. Por 145 anos, ela esteve de portas abertas para a comunidade, acolhendo a todos que a ela viessem. Hoje esse trabalho está momentaneamente interrompido. Mas você pode ajudar a reabrí-la. Faça uma doação e contribua para a retomada dessa obra que faz parte da vida de todos nós.

Criada em
04/04/2019
Encerra em
04/10/2019

Em área central de Teresina, localizada entre as praças da Liberdade e de São Benedito, se encontra a Igreja São Benedito. É o terceiro templo católico construído em Teresina. Em 1874, a 13 de junho, foi lançada a pedra fundamental da construção do templo. Em local onde está encravado, denominado, à época, "Alto da Jurubeba", já havia uma pirâmide de pedras soltas, encimadas por uma cruz, lugar de devoção da gente humilde.

Os negros católicos de Teresina criaram uma Irmandade dedicada a São Benedito. As reuniões se davam na Matriz de Nossa Senhora do Amparo e os escravos tinham um profundo desejo de construir uma Igreja para o padroeiro da Irmandade. Somente em 1865 conseguem aprovação para o funcionamento da Irmandade, bem como para a construção do Templo. Porém construída pela feliz iniciativa de Frei Serafim. 

O arquiteto da Igreja foi o filho de São Francisco, o missionário italiano da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Frei Serafim de Catânia que residia em Recife, onde exercia a função de Prefeito da Missão dos Capuchinhos no Nordeste brasileiro.  

Afirma-se que o capuchinho chegou a Teresina aos 10 de maio de 1874, imbuído do propósito de reconstruir a Igreja Nossa Senhora das Dores, que, em fase de acabamento, desabara. Entretanto, encontrando-a contratada e com um bom patrocínio, voltou as suas visitas para o "Alto da Jurubeba", no sentido de construir um novo templo na capital.

Após a definição do local do templo, frei Serafim convocou a comunidade para a noticiar a boa nova a participar da construção da igreja. O povo teresinense atendeu ao chamamento, inclusive o presidente da Província e familiares. Dentro de poucos dias podia-se avistar, no local da construção, uma latada coberta de palhas, que, a partir daquele momento, serviria de capela cela e residência para frei Serafim durante toda a sua passagem por Teresina. 

A Igreja São Bendito foi construída em mutirão. Todo o material de construção empregado na edificação do templo foi, no seu princípio, doado pelo governo da época e pela comunidade que também o transportou para o canteiro de obras.

A construção do templo durou quase 12 anos. Inúmeras foram as dificuldades que interromperam as obras. Uma delas aconteceu em 1875 quando o Piauí foi assolado por uma epidemia variólica, que, só nos primeiros meses, provocou a morte de aproximadamente 500 pessoas em Teresina. Frei Serafim, por sua vez, colocou-se a disposição como enfermeiro, confessor, e confortador dos que padeciam as agruras da epidemia.

No início de 1886, frei Serafim chegou a conclusão de que o templo podia ser inaugurado naquele ano. Seguiu para São Luiz do Maranhão com o objetivo de convidar o bispo diocesano, D. Antonio Cândido de Alvarenga, para a celebrar a consagração do templo. O dia escolhido para a festa foi o 3 de junho, dedicado, no calendário litúrgico, à Ascensão de Nosso Senhor Jesus Cristo, com a presença do bispo, do construtor, várias autoridades civis e religiosas e do povo de Deus, foi inaugurado o terceiro templo católico em Teresina.

Logo após a inauguração, frei Serafim retornou ao seu convento na Itália onde faleceu em julho de 1887, trazendo muita tristeza e comoção à população teresinense.

A Igreja foi entregue ao padre Tornás de Morais Rego que, por determinação  do bispo diocesano, passou a executar os trabalhos complementares. A Igreja estava praticamente concluída quando, a 28 de junho de 1890, a morte surpreendeu o continuador da obra de frei Serafim. Outra vez a cidade se deixou tomar de tristeza. 

Após 31 anos de sua inauguração a Igreja São Bendito se tornou matriz de uma nova paróquia, ato que se deu aos 23 de dezembro de 1917 com a assinatura do segundo bispo do Piauí, Dom Otaviano Pereira de Albuquerque, possuindo um vasto território. No ano seguinte o padre Joaquim Nonato Gomes assume a nova paróquia e mais oito padres, quando em 1939, a pedido do mesmo bispo, os Frades Capuchinhos assumem a paróquia.

Frei Heliodoro Maria de Inzago foi indicado como o primeiro pároco, como também o construtor e guardião do Convento São Benedito, residência dos frades, nas mediações da Igreja. Os frades capuchinhos desde então zelam pela Igreja São Benedito que no momento se encontra fechada e contamos com a sua ajuda para reabrir as suas portas e novamente acolher o povo de Deus.

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (37)

  • anônimo
    em 20 de Agosto de 2019

  • Manoel cruz Moraes Neto
    em 17 de Agosto de 2019

  • anônimo
    em 18 de Julho de 2019

  • Giovani Silva Pereira
    em 30 de Junho de 2019

  • anônimo
    em 18 de Junho de 2019

  • anônimo
    em 13 de Junho de 2019

  • Thiago Oliveira
    em 11 de Junho de 2019

  • anônimo
    em 11 de Junho de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.