Cover 20190506 122615 0000
Vakinha avatar

Vakinha de
CFCAK
Porto Alegre/RS

Auxílio à Nanda Tomé

ID da vaquinha: 568633

Copiar url:

Objetivo
R$ 10.000,00
Arrecadado
R$ 7.040,00
$ contribua

Contribuição para nossa colega, amiga e camarada Fernanda Tomé, que está sendo assediada por Marchezan e MBL. Além da redução de 500 reais pela remoção de seu local de trabalho, agora não recebeu um centavo de seu salário! A meta é para cobrir o salário do mês (R$ 1400), mais futuras perdas de seu sustento e de sua filha! Contamos com seu apoio e solidariedade!

Criada em
06/05/2019
Encerra em
05/08/2019

Atualização:

Pessoal, inventaram mil desculpas para o que fizeram. Trabalhei 40h/semana e recebi por 30h e perdi R$ 500 ao sair da FASC, totalizando R$ 1100 de perda).

Para piorar, em 10/05/19 publicaram no Diário Oficial que eu terei que devolver Função Gratificada recebida ao final de março. Ou seja, além de não me pagarem tudo o que devem, ainda me tiram o que já pagaram.

Aumentamos a meta por não saber até quando isso irá durar. Também terei gastos com contador de uma pendência com a Receita de 2014 que eu nem tinha conhecimento.

Agredeço imensamente por todo apoio e colaboração financeira de todos que me ajudaram. Não darei o que eles querem! Ficarei firme!

Fernanda Tomé

14.05

*******

No dia 8 de março, nossa camarada Fernanda Tomé sofreu mais um golpe do patrão: foi retirada do seu local de trabalho - até então a FASC - e relotada para a SMSURB. Desde seu ingresso na Prefeitura, há 7 anos, a Nanda exerceu suas atividades na FASC, participando e construindo as lutas deliberadas coletivamente e era representante sindical da FASC. Desde o início desse ataque estava nítido o assédio moral e a perseguição política por parte do MBL e capachos do Marchezan.

A princípio, além de todas as perdas subjetivas e de organização da vida, a perda financeira seria de R$ 500 de salário. Porém, a situação foi além da remoção sem explicação e ataque à organização sindical. Nanda não recebeu um centavo de seu salário!

Já iniciamos um processo judicial, mas a justiça burguesa é lenta quando se trata dos direitos dos trabalhadores.

Contamos com o apoio dos camaradas, colegas, amigos e familiares para prestarem solidariedade de classe à nossa camarada! Sabemos que é uma medida paliativa, mas fundamental para seu sustento e de sua filha!

Precisamos unir nossa indignação e enfrentarmos todos os ataques que estamos sofrendo!

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (84)

  • Dolores Sanches Wunsch
    em 23 de Maio de 2019

  • Pedro Jung
    em 23 de Maio de 2019

  • RITA DE CASSIA DA SILVA BECCO
    em 22 de Maio de 2019

  • Nilson Berenchtein Netto
    em 20 de Maio de 2019

  • Joyce
    em 20 de Maio de 2019

  • Janine Garcia
    em 20 de Maio de 2019

  • Alessandra Xavier miron
    em 18 de Maio de 2019

  • Gabriela Castro dos Santos
    em 17 de Maio de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.