Cover img 20181103 wa0155
Vakinha avatar

Vakinha de
Carlos Roberto Pereira da Conceição
Cavalcante/GO

Caravana do coletivo de teatro VSLT de Cavalcante-Go

ID da vaquinha: 504948

Copiar url:

Objetivo
R$ 7.000,00
Arrecadado
R$ 920,00

O coletivo Vozes do Sertão Lutando por Transformação (VSLT), é um grupo de teatro formado por jovens estudantes do Território Kalunga e comunidades rurais do município de Cavalcante e Teresina de Goiás. Temos como objetivo erguer a voz e proporcionar a participação da juventude nas várias instâncias da sociedade, por meio da linguagem teatral.

Criada em
19/03/2019
Encerra em
25/04/2019

SOLICITAMOS SUA COLABORAÇÃO 

 Nós, do coletivo Vozes do Sertão Lutando por Transformação (VSLT), somos um grupo de teatro formado por jovens estudantes do Território Kalunga e comunidades rurais do município de Cavalcante e Teresina de GoiásTemos como objetivo erguer a voz e proporcionar a participação da juventude nas várias instâncias da sociedade, por meio da linguagem teatral. O VSLT, desde 2013, vem se esforçando para garantir a sua existência, enquanto coletivo de formação.

O grupo, no decorrer dessa trajetória, participou e organizou diversos eventos, entre os quais se destacam: festivais, cursos de formação, seminários, acampamento de jovens com estudantes da Chapada, sarais, cines-debates, rodas-de-conversas, trabalhos colaborativos com a comunidade, oficinas teatrais nas escolas, apoio à formação de outros coletivos e construção de atividades universitárias.

A partir de nosso engajamento com diversos setores progressistas da sociedade, entre eles o Terra em Cena, recebemos o convite para participar da IV Mostra do Terra em Cena e na Tela. A mostra acontecerá na Universidade Federal do Piauí- Campus Cinobilina Elvas, em Bom Jesus do PI, entre os dias 09 a 11 de maio de 2019. Trata-se de um evento no qual a produção teatral e audiovisual (politico-populares) do PI, MA, TO, GO e DF será exibida e problematizada, focalizando a relação entre arte, trabalho e educação no processo de emancipação humana.

Além disso, o evento pretende socializar os meios de produção culturais, estimulando a ampliação da luta dos grupos participantes da Mostra no front da cultura. Por sermos um coletivo sem fins lucrativos, nós do VSLT, necessitamos de recursos para circularmos, realizando apresentações e contribuindo com a formação intelectual dos sujeitos envolvidos no processo dentro e fora das comunidades.

A nossa participação na atividade acima apresentada demanda o custeio de passagens e hospedagem dos integrantes do coletivo, bem como outros gastos, assim estamos na busca que soma 7 mil reais, sendo que 5 mil destina-se ao frete de uma Van com capacidade para 15 integrantes.

SALIENTAMOS, que toda contribuição será bem vinda, desde já agradecemos seu apoio. A conta para colaborar é do Carlos Roberto Pereira da Conceição, atual coordenador do grupo(VSLT).

SIGAMOS NA RESISTÊNCIA

Há um ditado chinês que diz que, se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um carregando um pão, ao se encontrarem, eles trocam os pães; cada um vai embora com um. Porém, se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um carregando uma idéia, ao se encontrarem, trocam as idéias; cada um vai embora com duas. Quem sabe, é esse mesmo o sentido do nosso fazer: repartir idéias, para todos terem pão... (Mario Sergio Cortella) 

Contato: 

zap: 062998677528 

Gmail: grupovslt@gmail.com 

cconceicao63@gmail.com 

Facebook: Vozes do Sertão Lutando por Transformação 

Novidades (0)

Quem ajudou (13)

  • DULCINÉIA DE SOUZA PAIVA
    em 16 de Abril de 2019

  • Louriene
    em 01 de Abril de 2019

  • Janaina Diniz
    em 30 de Março de 2019

  • anônimo
    em 30 de Março de 2019

  • Paulo Lima
    em 28 de Março de 2019

  • anônimo
    em 28 de Março de 2019

  • anônimo
    em 24 de Março de 2019

  • Wilda
    em 21 de Março de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.