Cover 49599586 2183152251705946 3139376031132024832 o
Thumb dco

Vakinha de
Diário Causa Operária - Campanhas
São Paulo/SP

43ª Universidade de Férias do PCO e Acampamento da AJR

ID da vaquinha: 440255

Copiar url:

Objetivo
R$ 15.000,00
Arrecadado
R$ 12.575,00
$ contribua

Fascismo: o que é e como combatê-lo de 12 a 27 de janeiro, em São Paulo A 43ª Universidade de Férias do Partido da Causa Operária (PCO), que se realizará na Grande São Paulo, entre 12 e 27 de janeiro de 2019, vai reunir jovens e trabalhadores de todo o País para estudar e debater o que é o fascismo e como combatê-lo.

Criada em
06/01/2019
Encerra em
31/01/2019

Fascismo: o que é e como combatê-lo

de 12 a 27 de janeiro, em São Paulo

A 43ª Universidade de Férias do Partido da Causa Operária (PCO), que se realizará na Grande São Paulo, entre 12 e 27 de janeiro de 2019, vai reunir jovens e trabalhadores de todo o País para estudar e debater o que é o fascismo e como combatê-lo.

O curso de formação teórico marxista vai abordar o fascismo, um tema super atual, sob a ótica do marxismo, na qual a compreensão é fruto da análise concreta da luta entre as classes sociais e das condições nas quais essa luta se desenvolve.

(Universidade de Férias do PCO em janeiro de 2018)

O curso será ministrado por Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO, organização capaz de produzir uma verdadeira interpretação marxista sobre os fenômenos políticos porque participa deles, sendo conhecido como o partido que vem se destacando nos últimos anos na luta contra o golpe de Estado e contra o fascismo no Brasil.

(Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO)

Com a ascensão de Bolsonaro e demais golpistas de extrema-direita, cada vez mais o fascismo das ruas corre o risco de se transformar em fascismo de Estado, reprimindo, perseguindo, prendendo, torturando e assassinando seus opositores políticos.

Nessas condições, estudar e se preparar para enfrentar e vencer o fascismo é uma tarefa fundamental para uma juventude revolucionária e para todos os que querem derrotar a direita e defender os interesses do povo brasileiro.

Como caracterizar esse movimento e como dar combate a ele? É possível derrotar o fascismo nas instituições ou através do voto? Essas e outras questões serão discutidas na 43ª Universidade de Férias do PCO! Venha estudar conosco!

Inscreva-se já, enviando uma mensagem para o email pco.sorg@gmail.com com seu nome completo, estado de origem, telefone e RG, ou enviando uma mensagem para o número e WhatsApp (11) 96388-6198.

Ou também pelo link: https://www.causaoperaria.org.br/43a-universidade-de-ferias-do-pco-fascismo-o-que-e-e-como-combate-lo/

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/340002769920995/

Página no facebook (curta!): https://www.facebook.com/pcouniversidade/

 

 

$ contribua

Novidades (4)

Diário Causa Operária - Campanhas publicou em 19 de Janeiro de 2019:

Olá!

Estamos enviando para todos os companheiros o login e a senha para o acesso ao conteúdo do curso da 43ª Universidade de Férias do PCO, "Fascismo, o que é e como combatê-lo". As aulas retornam neste domingo, dia 20/1/2019.

Endereço do site é pco.org.br/marxismo

Login: o login é o seu e-mail o qual foi feito o pagamento por essa campanha da Vakinha

Senha: a senha padrão é 43auniversidade123 (você pode altera-la a qualquer momento)

Aulas : https://www.youtube.com/user/CausaOperariaTV

 

***OS E-MAILS CADASTRADOS NO SITE PARA O ACESSO TOTAL DO CONTEÚDO DO CURSO É APENAS PARA AQUELES QUE COLABOROU COM A NOSSA CAMPANHA***

Diário Causa Operária - Campanhas publicou em 13 de Janeiro de 2019:

 

Boa tarde! 

 

Vamos dar início ao curso hoje as 15h30, em breve você receberá seu login e sua senha para acesso ao material do curso.

 

Att, 

Secretaria Nacional de Organização do PCO

Diário Causa Operária - Campanhas publicou em 07 de Janeiro de 2019:

Venha se armar para a luta contra o golpe e o fascismo

As lutas contra o golpe de Estado que derrubou a presidenta Dilma Rousseff e mantém como preso político o ex-presidente Luiz Inacio Lula da Silva, deixaram totalmente evidentes que os trabalhadores não podem sair vitoriosos diante dos golpistas com a mesma orientação política e os mesmos métodos que dominaram a esquerda nas últimas décadas.

A política de colaboração e capitulação diante do regime golpista e do governo ilegítimo de Bolsonaro que avança contra os trabalhadores, a juventude, as mulheres, os negros e todos os explorados, se mostra claramente como um beco sem saída, um caminho de derrotas para a luta contra o golpe.

Operários do ABC se levantam contra a ditadura no final dos anos 70 Operários colocam os integralistas para correr na década de 30

A história da luta de classes em nosso País, bem e a luta dos trabalhadores em todo o mundo já mostraram que é possível derrotar o fascismo e a extrema direita. São inúmeros os casos em que os trabalhadores saíram vitoriosos diante da reação.

Corpos de Mussolini e seus aliados são exibidos e praça pública após serem mortos por partisans anti-fascistas

Mas que para que isso aconteça é preciso superar a política de colaboração de entendimento com os golpistas, aliados do imperialismo, dotando o movimento de luta dos trabalhadores, da juventude e de todos os explorados e suas principais organizações de um programa e uma política que impulsione a única perspectiva capaz de derrotar os golpistas: uma mobilização revolucionária que coloque em ação forças poderosas forças do movimento de massas, para derrotar a direita pelos meios que forem necessários.

Esta perspectiva precisa ser assimilada, não só da experiência prática, mas também do estudo com base no materialismo histórico, na análise concreta da situação concreta. É preciso aprender da experiência histórica; estudar e organizar a contraofensiva dos explorados e de suas organizações, para a próxima etapa de enfrentamento com a direita

Por isso, queremos convidar você leitor, professor, trabalhador, estudante, ativista da luta contra o golpe e todos os demais

interessados, a virem conosco, estudar e participar do 43ª Universidade de Férias do PCO, com o curso “O FASCISMO, O QUE É E COMO COMBATÊ-LO?”, que será ministrado de 12 a 27 de janeiro próximos, pelo companheiro Rui Costa Pimenta.

A atividade ocorrerá na Grande São Paulo, em local agradável, onde se desenvolverão – além do Curso – animadas atividades culturais, de recreação e lazer organizadas pela AJR – Aliança da Juventude Revolucionária, a Juventude do PCO.

Vamos nos armar para fazer vitoriosa, coletivamente – como parte de uma ampla mobilização de massas – a luta contra o golpe e o fascismo.

Você pode participar, de qualquer lugar do Brasil. Pode também contribuir para promover o acesso ao evento de jovens e trabalhadores em condições de desemprego e sem os recursos necessários.

Inscreva-se, participe e/ou contribua com a “Escola Superior” de luta contra o golpe e o fascismo, organizada por aqueles que efetivamente participam dessa luta.

Diário Causa Operária - Campanhas publicou em 06 de Janeiro de 2019:

Saiba mais sobre Rui Costa Pimenta, que vai ministrar o curso da 41ª Universidade de Férias do PCO

 

Entre os dias 12 de janeiro e 27 de janeiro ocorrerá a 43ª Universidade de Férias e o Acampamento da Aliança da Juventude Revolucionária (AJR). O curso desta edição será da maior importância, vamos discutir “Fascismo, o que é e como combatê-lo”.

O curso será coordenado e ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional do Partido da Causa Operária (PCO), ou seja, o curso não será apresentado por um professor universitário, mas por um militante e dirigente revolucionário com mais de 40 anos de experiência na luta política. Vejamos um pouco de sua  trajetória política e intelectual.

Formação e atividade profissional

O companheiro Rui é formado em jornalismo pela Universidade Casper Líbero, cursou por dois anos Letras na Universidade de São Paulo, não tendo concluído devido a sua atividade política. Foi professor de inglês, é versados em várias línguas e tradutor juramentado. Tem uma longa história no jornalismo brasileiro atuando, a partir de 1984, como jornalista sindical na imprensa operária ,sendo assessor de imprensa da Central Única dos Trabalhadores e outros sindicatos, hoje é editor e jornalista responsável pelo Jornal Causa Operária e o Diario Causa Operária online.  

Aspectos da trajetória política

Começou sua militância ainda durante a ditadura militar, participa ativamente do movimento estudantil na segunda metade da década de 1970.  Participou do Congresso de refundação da UNE em 1980 em Salvador.

No mesmo ano participa do Congresso de Fundação da Organização IV Internacional, organização que dará origem a Tendência Causa Operária. A partir de 1979 participa ativamente do processo de fundação do Partido dos Trabalhadores, contribuindo para a construção do Partido em São Paulo e no ABC.

No Interior da CUT impulsiona com outros militantes operários a construção da maior oposição classista que existiu dentro da CUT, chamada CUT  Pela Base. Como assessor de imprensa e militante na CUT participa da formação e organização de dezenas de oposições sindicais nos mais diversos sindicatos em São Paulo e outros Estados do país.

A Tendência Causa Operária interna ao PT, cujo companheiro Rui é membro fundador, opõe-se a política da direção do PT de lançar como vice de Lula um latifundiário, com um programa de colaboração de classes. Desta campanha resultou a perseguição da tendência dentro do PT e a expulsão posterior  da Tendência Causa Operária do Partido dos Trabalhadores.

Em 1992, em meio a onda neoliberal, o companheiro Rui e outros militantes lançam-se na tarefa de organizar uma Partido Operário e revolucionário no país. Em 1995 O Partido da Causa Operária (PCO) obtém o registro provisório, e no ano seguinte, após uma grande campanha nacional de filiação, o registro definitivo.

Para divulgar seu programa o Partido passa a participar das eleições desde 1996 como Partido independente. O companheiro Rui já foi candidato pelo PCO a prefeito de São Paulo e a partir de 2002 quatro vezes a  presidente da República.

Formação teórica e atividade intelectual

O companheiro Rui Costa Pimenta ao longo de seus 40 anos de militância política trotskista adquiriu profundo conhecimento do marxismo e da história política mundial, sendo, no atual momento, a principal autoridade em marxismo no País. Isto porque o marxismo não é uma teoria para diletantes mas uma arma para a luta da classe operária d e dos oprimidos contra o  burguesia, contra os opressores, e só pode ser compreendido através da experiência política da classe operária.

Desde 2013, o companheiro Rui apresenta todas as semanas o programa Análise Política da Semana, que tornou-se o principal programa do canal Causa operária TV. A Análise semanal, uma orientação política marxista e revolucionária para os militantes do Partido é acompanhada por dezenas de milhares de pessoas semanalmente.

E mostrou-se ser a melhor Análise de conjuntura de toda a esquerda nacional, vale dizer que foi na análise política que primeiro foi dito que está em marcha um golpe de Estado no país, isso em 2013.  A análise política teve uma papel fundamental na luta contra o golpe, por oferecer uma perspectiva correta para os militantes de esquerda e para as organizações operária e populares, que influenciou, em momentos decisivos, como ir a Curitiba contra a prisão de Lula. Veja aqui a ultima Analise 

A Universidade de Ferias, já acumula mais de 20 anos de cursos da mais alta qualidade, todos coordenados e ministrados pelo companheiro Rui Costa Pimenta. Veja aqui a última edição da Universidade de Férias. Veja aqui a ultima Universidade de Férias.

Intelectual marxista rigoroso, o companheiro Rui costa Pimenta é autor de diversos livros e folhetos  fundamentais de teoria política marxista e polêmica com as concepções pequeno-burguesas, dentre outros:Eleições um jogo de cartas marcadasO que é o trotskismo, as posições do PCO e as do PSTUO “novo” socialismo burguês do PT – as correntes petistas diante do socialismoAndré Breton e o surrealismo – a independência da arte para a revolução, a revolução para a libertação definitiva da arteSobre o partido revolucionárioA Revolução Russa de 1917Revolução na AlemanhaAutópsia de uma campanha de calúnias e O PT e a frente popular.

Como dissemos, o curso da Universidade de Férias não é apresentado por um “especialista” acadêmico ou  “marxólogo”, na esdrúxula expressão universitária, ou seja por diletantes ou detratores do marxismo, que em geral não compreendem nem minimamente o marxismo e a luta revolucionária, mas por um militante e dirigente verdadeiramente  revolucionário, dedicado a construção do Partido Operário Revolucionário, que trabalha todos os dia para a revolução proletária. Um verdadeiro intelectual e militante trotskista, ou seja, marxista-leninista com profundo conhecimento teórico e prático da política; da luta de classe, da luta de classe, do marxismo.

De Revolução só entende quem trabalha por ela, venha para a 43ª Universidade de Férias do PCO.

Inscreva-se já, enviando uma mensagem para o email pco.sorg@gmail.com com seu nome completo, estado de origem, telefone e RG, ou enviando uma mensagem para o número e WhatsApp (11) 96388-6198.

Ou também pelo link: https://www.causaoperaria.org.br/43a-universidade-de-ferias-do-pco-fascismo-o-que-e-e-como-combate-lo/

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/340002769920995/

Página no facebook (curta!): https://www.facebook.com/pcouniversidade/

Quem ajudou (88)

  • REGINA CELIA LIMA DIAS
    em 20 de Janeiro de 2019

  • Daniela Cristina da Silva Dantas
    em 19 de Janeiro de 2019

  • ana jusselma rangel
    em 19 de Janeiro de 2019

  • Maria da Gloria R da Silva
    em 19 de Janeiro de 2019

  • Marcos
    em 18 de Janeiro de 2019

  • Denis dos Reis
    em 18 de Janeiro de 2019

  • Alcides Souza Pinto
    em 17 de Janeiro de 2019

  • MariahMatos
    em 17 de Janeiro de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.