Cover imagem de joa o
Thumb auto 2

Vakinha de
Alexandre Acioli de Lucena Junior
Recife/PE

João Afojubá precisa de sua ajuda

ID da vaquinha: 504778

Copiar url:

Objetivo
R$ 20.000,00
Arrecadado
R$ 4.830,00
$ contribua

QUEM JÁ PERDEU UM AMOR, UMX PARENTE, UMX AMIGX PARA UMA DOENÇA CURÁVEL, CONHECE BEM O SENTIMENTO DE IMPOTÊNCIA QUE NOS INVADE E NOS ACOMPANHA PELO RESTO DA VIDA. ESTAMOS NOVAMENTE CONFRONTADXS COM A POSSIBILIDADE DE PERDER ALGUÉM QUE AMAMOS, SE NÃO FIZERMOS ALGO URGENTE PARA AJUDÁ-LO.

Criada em
19/03/2019
Encerra em
30/06/2019

PRECISAMOS DE SUA COLABORAÇÃO PARA CUSTEAR O TRATAMENTO DE NOSSO IRMÃO JOÃO ALENCAR QUE LUTA PELA VIDA LÁ NA ALEMANHA. CÂNCER NÃO É FÁCIL DE LIDAR, QUEM TEM ALGUMX PARENTE OU AMIGX PRÓXIMO SABE COMO É COMPLICADO O TRATAMENTO. SE 200 AMIGOS DOAREM 100 REAIS JÁ FECHA A META DE CUSTEAR PARTE DO TRATAMENTO DE RADIOTERAPIA, QUIMIOTERAPIA, CIRURGIA E PÓS OPERATÓRIO. CONTAMOS COM SUA PRESENÇA!!

Caso queria fazer o depósito em conta bancária:   Caixa Econômica Federal  Ag. 0048  Op. 013  Conta 00138294-6  Giovanna Teles de Souza  Enviar o comprovante para o número (81) 984466800

Vamos fortalecer o trabalho desse incrível músico que difunde o melhor do Brasil: música e amor.

SOBRE A REALIDADE DE JOÃO AFOJUBÁ E SUAS CONQUISTAS

Como saber o dia de amanhã? Um dia se está bem, saudável, produtivo e erguendo a mão a todas e todos. No dia seguinte tudo muda e você tem que parar, pensar e se cuidar... Para se reerguer ainda mais forte! Assim está acontecendo com o nosso amigo e mestre, João de Alencar Rego, nascido (1985) na comunidade de Santo Amaro na cidade do Recife, Brasil, criado por sua mãe avó Maria e pai de Benin. Com longa experiência na pesquisa de ritmos e manifestações musicais afro-brasileiras até pouco tempo não conhecidas na Europa, o músico pernambucano construiu em Berlim uma série de projetos coletivos influenciados pela música popular brasileira e africana: além do Maracatu Afojubá, atualmente com mais de 40 integrantes das mais diversas nacionalidades, João dá aulas para crianças e também nas escolas Waldorf Anne Rose Schule, Johannes Schule Berlin, incluindo aulas para crianças com necessidades especiais. Desde a criação do seu grupo de maracatu em Recife, realiza workshops de instrumentos com material reciclado para crianças. Com uma filosofia baseada na inclusão, tem como prioridade facilitar a todos, de todas idades e origens, o acesso à música - muitas vezes abrindo mão do merecido retorno financeiro para tal. Neste momento todos esses projetos correm o risco de serem interrompidos ou finalizados. João foi diagnosticado com uma doença que exige um tratamento difícil e longo, que provavelmente acarretará na sua ausência total ou parcial nestes projetos. Para garantir que essa experiência musical continue tocando os corações dessa comunidade tão numerosa e diversa em Berlim e no mundo todo, precisamos da sua ajuda. O montante que queremos alcançar com essa campanha visa arrecadar fundos para os custos de seu tratamento e o financiamento da estrutura que permite que seus projetos continuem acontecendo, mesmo na sua ausência, durante um ano, a duração prevista para seu tratamento.

QUEM É JOÃO?

João Alencar sempre foi apaixonado pela musicalidade de seu povo, pelo toque que desde sempre move seu corpo e alimenta sua alma. As batidas do maracatu já ecoavam pelos ares da grande cidade do Recife, onde nasceu o Maracatu Afojubá, projeto trazido para Berlim em 2012, que segue se expandindo e se desdobrando. Subiu em palcos importantes no Brasil e em diversos países da Europa com projetos formados por ele como o Afro-brazilian Percussion, Sambada de Coco, Afokiri e o forró Maragandá, junto ao músico pernambucano Fabiano Lima. Mas também com as bandas Sattatree, Poli Universal Soul, Pandeiro do Mestre, Di Melo, Serena Assumpção, Cila do Coco, Mestre Ferrugem e Gilberto Gil. Sua trajetória une pessoas de diversos origens como Portugal, Espanha, Inglaterra, Grécia, Bulgária, Tunísia, Itália, Espanha, Colômbia, Alemanha, Brasil, Bélgica, Cuba e Hungria, Roménia, Guiné-Bissau, Irão, Russia propiciando um intercâmbio cultural e musical muito rico que forma uma grande família.

QUEM SOMOS NÓS?

Nós somos um pedaço dessa família, um grupo de amigos, alunos e mães de crianças que fazem parte dos projetos levados pelo João. O seu tratamento já está em andamento, estamos correndo contra o tempo. Contamos com o apoio de vários profissionais, mas precisamos de ajuda para a manutenção de seus projetos e seu custo de vida, que são altos e estão acontecendo neste momento enquanto você lê este texto.

(EN)

How can we know what is around the corner - one day your are fine, healthy, productive and high-fiving everybody. The next, everything has changed and you have to stop, think and look after yourself in order to come back stronger. This is what is happening with our friend and band-leader, Joao de Alencar Rego, who was born in Santo Amaro in the city of Recife, Brazil in 1985, and was raised by his mother-grandmother Maria and father from Benin. After much research into Afro-Brazilian rhythm and musical performances, until recently unknown in Europe, the musician from Pernambuco began a series of collective projects in Berlin. These projects were influenced popular Brazilian and African music, as well as Afojuba Maracatu, a group that currently contains over 40 individuals from several countries. Joao gives music lessons to children (including those with special needs) as well as at the Waldorf Anne Rose Schule and Johannes Schule Berlin schools. Since the beginning of his maracatu group in Recife, Joao has performed workshops for children using instruments made from recycled materials. His philosophy is centred on inclusion, enabling those of all ages and origins to gain access to the music, often foregoing any financial gain to do so. At this time, all of these projects are in danger of being interrupted or terminated. Joao has been diagnosed with a disease that requires a long period of difficult treatment, which will almost certainly result in his complete or partial absence from these projects. In order to ensure that this muscial experience can continue to touch the hearts of this extensive and diverse community in Berlin and across the globe, we need your help. The funds we are trying to raise through this campaign will be for the cost of his treatment and the cost of maintaining these projects, even in Joaos absence, for one year, which is the expected duration of his treatment program.

WHO IS JOAO

Joao Alencar was always in love with the musicality of his people ans the rhythm that moves his body and his soul. The beats of maracatu were already being heard in the air of greater Recife, where Afojuba Maracatu began, a project which has since been transported to Berlin in 2012, and continues to grow and expand. Several significant stages in Brazil, as well as in other European countries, have witnessed projects founded by Joao, including Afro-Brazilian percussion, Sambada de Coco, Afokiri, and Forro Maranganda (together with another musician from Pernambuco, Fabiano Lima). Other projects have worked with the bands Sattatree, Poli Universal Soul, Pandeiro do Mestre, Di Melo, Serena Assumpcao, Cila do Coco, Mestre Ferrugem and Gilberto Gil. His work has involved people from countries such as Portugal, Spain, England, Greece, Bulgaria, Tunisia, Italy, Colombia, Germany, Brazil, Belgium, Cuba, Hungary, Romania, Guinea Bissau, Iran, Russia, thereby providing a rich musical and cultural exchange, and creating one large family.

WHO ARE WE

We are a small part of this family, a group of friends, students and mothers of children who are involved in Joaos projects. His treatment is already taking place and we are in a race against time. We have the support of several important people, but we require additional help to help pay for his living expenses and the day to day financing of these projects. These costs are significant and are being incurred as you read this text.

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (57)

  • Daniella Felipe Esposito de Carvalho
    em 19 de Junho de 2019

  • Karina Conceição luiggi Pacífico Irie
    em 19 de Junho de 2019

  • MARCIA MARTINS ALVES
    em 15 de Junho de 2019

  • Naiara Oliveira
    em 13 de Junho de 2019

  • anônimo
    em 23 de Maio de 2019

  • anônimo
    em 21 de Maio de 2019

  • Juliana Karla Pajeú
    em 21 de Maio de 2019

  • Anônimo
    em 19 de Maio de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.