Projetos / Produtos

TUFÃO DO BEM - Etapa UM

ID da vaquinha: 829166
TUFÃO DO BEM - Etapa UM
Luiz Gonzaga Scortecci de Paula
Irati / PR
Arrecadado
R$ 3.654,55
Meta
R$ 70.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou

Em 1988 um diminuto grupo de “Inventores de Fundo de Quintal” – alguns dos quais inclusive já falecidos - criaram uma entidade sem fins lucrativos chamada ISAORG – Instituto Santos-Dumont de Tecnologia e Desenho Industrial, hoje com sede em Irati (PR), a 150 km de Curitiba, presidida pelo Arquiteto e Urbanista, hoje aposentado, Luiz Gonzaga Scortecci de Paula.

A proposta era simples e continua sendo bem simples: desenvolver idéias de relevante interesse social, ecológico-ambiental, para ações de defesa civil e visando programas de ajuda humanitária!

Muitos anos se passaram desde sua fundação, acontecida 1988 em Brasília (DF), onde alguns dos Fundadores residiam. Mas foi só a partir de 2006, com a mudança de seu Fundador-Mor para o interior do Paraná, é que o ISAORG, com seu pequeno mas fiel Quadro de Associados, "encarou" o desenvolvimento de seu primeiro PRODUTO! Doze anos depois estava pronta sua turbina eólica de eixo vertical batizada de “Tufão”!

Doze (suados) anos de luta, até porque as condições da mini-equipe têm sido as mais precárias possíveis, situação que só a garra e o amor a um ideal podem vencer!

Agora nosso TUFÃO será objeto de uma iniciativa batizada de TUFÃO DO BEM – Postos e Estações Eólicas de Interesse Socioambiental, tudo visando, via FINANCIAMENTO COLETIVO (Crowdfunding), levar energia elétrica de base eólica onde ela representar “novos dias” para seus consumidores, compondo ou não uma matriz energética com outras fontes renováveis, como a Fotovoltaica, a Hidráulica e mesmo a Biomassa.

Mas para que nosso PROGRAMA TUFÃO DO BEM saia do papel, inclusive em parceria com uma entidade igualmente sem fins lucrativos e reconhecida de Utilidade Pública Estadual e, da mesma forma, sediada em Irati (PR), a ADECSUL – Agência de Desenvolvimento das Regiões Sul e Centro Sul do Estado do Paraná (www.adecsul.org.br), nosso ISAORG tem muito a fazer ainda, a saber:

 

Etapa UM – Equipar-se melhor em termos de suporte institucional, hardware, licenças de software de desenho eletrônico (3D), ferramentas, equipamentos e instrumentos diversos, assim como fazer-se presente de modo mais profissional nas ditas Redes Sociais e na Web;

Etapa DOIS – Implantação de um POSTO EÓLICO PILOTO na cidade de Irati (PR) visando monitorar o produto numa condição de uso contínuo para as avaliações que vierem a ser demandadas. Nossa melhor intenção? Instalar esse POSTO EÓLICO PILOTO, com recursos públicos, no Instituto Federal do Paraná (IFPR), Campus de Irati, que se beneficiaria da energia gerada e das oportunidades didático pedagógicas que o projeto, sem dúvida, criaria !!!

Etapa TRÊS – Lançamento de uma primeira Campanha de Financiamento Coletivo (Crowdfunding) para que a iniciativa se faça conhecida, testada e desenvolvida, com boa retaguarda técnica e gerencial; e,...

Etapa QUATRO – Multiplicação das Campanhas de FINANCIAMENTO COLETIVO visando, enfim, espalhar POSTOS E ESTAÇÕES EÓLICAS nos termos do citado PROGRAMA TUFÃO DO BEM !

Estamos aqui, portanto, diante do PRIMEIRO PASSO, a Etapa UM, com uma meta de R$ 70.000,00 (setenta mil Reais), ou seja, fazendo as contas, R$ 10,00 (dez reais) doados por 7.000 (sete mil) colaboradores voluntários!

Se Você colaborar com R$ 20,00 estará fazendo a vez de duas pessoas! Se com R$ 30,00, de três pessoas! Se sua participação for de R$ 50,00 ou de R$ 100,00, por exemplo, Você, caro amigo, estará fazendo a vez de 5 ou de 10 pessoas, respectivamente!

Nada impede, entretanto, que sua doação seja mais vultuosa! Quinhentos Reais, mil ou, quem sabe, até cinco mil Reais são valores que também podem ser doados, encurtando nosso caminho não exatamente apenas para fechar a ETAPA UM em curso, mas para chegarmos mais rápido à ETAPA DOIS, na qual haveremos de construir e instalar um POSTO EÓLICO PILOTO inteirinho, idealmente no Instituto Federal do Paraná (IFPR), Campus de Irati, como acima destacado !!!

Energia elétrica por meios renováveis tem e terá um impacto cada vez maior no sentido do controle da emissão de poluentes, além de que a GERAÇÃO COMPARTILHADA democratiza, em muito, a PRODUÇÃO, a DISTRIBUIÇÃO e o CONSUMO desse bem cada dia mais importante para todos!

E nossos POSTOS e ESTAÇÕES EÓLICAS poderão gerar energia para populações isoladas, escolas rurais, vilas e povoações de montanha e no litoral, assentamentos quilombolas, indígenas e de pescadores, entidades assistenciais filantrópicas, APAE's, Santas Casas de Misericórdia, Postos de Saúde, ancoradouros, trilhas de ecoturismo e turismo de aventura, pequenos aeródromos, sítios e fazendas de produção de orgânicos, pousadas, comunidades urbanas, Ecovilas e também em universidades, institutos tecnológicos e florestais, quarteis, bases militares, acampamentos de ajuda humanitária, estações polares (por que não ?!), enfim, um sem número de possibilidades, mesmo que nas proximidades não se tenha REDE PÚBLICA de distribuição onde a energia excedente gerada possa ser lançada para gerar créditos para o Consumidor que, diga-se de passagem, pode estar bem longe do local de geração, graças à assim chamada GERAÇÃO COMPARTILHADA!

E então? ... Vamos nessa ?!... Contamos com Vocês, agora e nas Etapas futuras, para que um produto paranaense, brasileiro, nascido da garra, ou mesmo da audácia de gente super comprometida com o BRASIL NOVO que está em pauta, possa acontecer e fazer dos ideais do ISAORG uma realidade!

Vamos juntos transformar VENTO em uma NOVA VIDA para muita gente boa Brasil a fora ou, quem sabe, até mesmo para outras gentes!

Venha conosco! Recomende e divulgue essa CAMPANHA através de suas Redes Sociais e junto a todos os seus contatos. Participe mesmo, para valer !

POSTO EÓLICO mínimo, com uma só turbina eólica TUFÃO, no caso montada em torre metálica modulada e com sistema próprio de içamento. A TURBINA em si, batizada de TUFÃO, tem eixo vertical e cinco pás em perfil aeronáutico, à qual pode ser acoplado um GRUPO GERADOR modulado de 6, 12 ou até 18 kW. Na CASA DE FORÇA ficam instalados o Quadro de Controle e o INVERSOR, dentre outros recursos, como um BANCO DE BATERIAS, por exemplo, caso a localidade não disponha de Rede Elétrica para fins de compartilhamento.

 

Para o alto de edificações pré-existentes, como edifícios em geral, uma TURBINA EÓLICA TUFÃO pode ser instalada tendo por base um suporte PIRAMIDAL.

 

Vários protótipos do TUFÃO foram construídos até que chegássemos à versão final, ou comercial, vamos dizer assim.

Mesmo assim faz-se necessário um experimento PILOTO completo para que o PROGRAMA TUFÃO DO BEM possa realizar com a devida tranquilidade seu destino humanitário. Antes dele, está a presente ETAPA UM, bem "pé no chão"!

E não hesite! Participe e se valha de suas REDES SOCIAIS para espalhar essa boa notícia! Com certeza contamos com todos vocês!

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2020