Vaquinha / Outros / Dinheiro

Tratamento p paralisia cerebral de NICOLLY eduarda fora do 🇧🇷

ID da vaquinha: 231627
Tratamento p paralisia cerebral de NICOLLY eduarda fora do 🇧🇷
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
3%
Arrecadado
R$ 1.020,00
de
Meta
R$ 30.000,00
Apoiadores
9
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Nicolly Eduarda, nasceu no dia 19/06/2011 sem neonatologista. Cinco horas após o parto, deu sua primeira convulsão permanecendo no hospital por 11 dias, em uma incubadora. Recebeu alimentação (o próprio leite materno) por uma sonda orogástrica. Após 11 dias, começou a amamentar. Amamentou até 6 meses de idade, mas por consequência da disfagia (dificuldade de engolir), não ganhou peso suficiente após a introdução da alimentação via oral. Foi internada tantas vezes que perdi as contas, por consequência das convulsões que não cessavam. É acompanhada por medico neurologista desde 2 meses de idade, que diagnosticou o quadro como: encefalopatia crônica não progressiva (paralisia cerebral). Sem causa definida. Provavelmente por asfixia na hora do parto. Desde então, vem sendo realizados diversos exames. Todos sem alteração nenhuma, tudo normal. Somente o eletroencefalograma que evidenciou epilepsia. Nicolly foi internada por conta de uma pneumonia, graças a Deus melhorou. Com 1 ano e 8 meses, suas plaquetas caíram para 17,000, corremos para o hospital. Evoluiu para septicemia, daí em diante o seu quadro se agravou muito. Passou 40 dias na UTI do hospital Anchieta, e como era indicação autorizei colocar uma gastrostomia (a alimentação por uma gastrostomia é semelhante a alimentação pelo cateter nasogástrico). Uma das principais diferenças é o local de entrada do cateter, que se faz pela parede abdominal. O alimento pode ser administrado por uma bomba infusora ou através de seringa (alimentação em bolus). A partir daí seu peso aumentou, mas não se alimentou mais pela boca. Só pequenas quantidades, para não perder a funcionalidade. Eu, estava gestante de 4 meses, do João Miguel. Permaneci com ela,todos os dias, mas foi a hora de começar a revezar com a família. Após dois meses, Nicolly teve que ser internada de novo, estava novamente com pneumonia. Seu plano de saúde liberou Home Care por 12h (são 2 técnicas de enfermagem que ajudam a cuidar). Melhorou muito sua qualidade de vida, pois quanto mais ajuda melhor. Após o nascimento do irmão, sua saúde melhorou consideravelmente. Assim como seu cognitivo, melhorou do estrabismo com ajuda de tampão nos olhos. Em 2016, foi para a UTI por 3 vezes, por três vezes Deus teve misericórdia e a curou de todas as enfermidades. Teve que ser intubada 2 vezes, sofreu muito, mas graças a Deus ficou bem. Depois disso não foi mais possível ir para a escola que ela frequenta (Cenebraz), a imunidade estava muito baixa. Faz uso de 4 drogas anticonvulsivantes no momento (Lamictal, Fenobarbital, Tegretol e Hidantal) e outras medicações (Losec, Ranitidina, Montelucaste, Clenil, Ômega 3 e ursacol )Possui pouco controle de tronco. Senta-se em poltrona a maior parte do tempo. Tem Home Care 12h, e e é atendida por terapeuta ocupacional (1x semana), terapeuta ocupacional (particular), fisioterapeuta (5x semana), fonoaudiólogo (2x semana), médico pediatra (quinzenal) e enfermeiro (semanal). Faz acompanhamento médico com: Neurologista, Pneumologista, Gastroenterologista, Odontologista, Ortopedista, Geneticista, Otorrinolaringologista ,Oftalmologista e Homeopata. A vaquinha tem por objetivo pagar um tratamento com hormônio do crescimento,para possivel melhora da qualidade de vida,melhora dos movimentos,e possibilidade de começar a andar! Será feito pelo Instituto Foltra, que fica na Espanha, com Dr. Jesus Devesa. Desde já agradecemos o apoio e as doações!!! QUE DEUS ABENÇOE CADA UM E DÊ EM DOBRO TUDO O QUE DESEJAREM PARA NICOLLY! 🙏🏻🙏🏻🙌🏻🙌🏻

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021