Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Tratamento da tia Beia

ID da vaquinha: 1383397
Tratamento da tia Beia
Aime Marques
São Paulo / SP
24%
Arrecadado
R$ 3.770,00
de
Meta
R$ 16.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Muitos da região de Estiva/MG devem conhecer essa figura, Beatris dos Santos Moreira, popularmente conhecida como Beia. Em outros tempos, ela foi Rainha dos melhores bailes e baladas que proporcionaram muitas noites inesquecíveis pra várias gerações da cidade, todo mundo já conheceu um amor, trocou de amor, bebeu, caiu, levantou e continuou bebendo, dançando, rindo, junto com uma turma de amigos ou sozinho, chorando, arrumando confusão, ou simplesmente "viajando" em algum desses eventos da Beia. Sigam as tochas! Do coliseu ao inferno. Sigam as tochas!Também foi a pessoa que permitiu que muitas crianças e jovens conhecessem o vídeo game , do Atari ao Ps4, a hilária rivalidade entre os  fãs do Xbox  e PlayStation, a disputa pelos pódios nos fliperamas e o primeiro emprego de muitos jovens. Sem contar, as várias excursões as noites sombrias do falecido e incrível PlayCenter e ao Hopi Hari, que jamais foi mesmo. A Beia, como qualquer outra pessoa no mundo, já errou, aprendeu, acertou, errou de novo e acertou, não teve filhos, mas "adotou" muita gente e sempre amou e se dedicou muito as suas cachorrinhas e aos outros, entre esses outros, sua própria mãe. A Beia deixou suas coisas de lado para se dedicar aos cuidados de sua mãe de 90 anos. Porém, nas voltas que a vida da, hoje quem precisou de muitos cuidados foi a Beia. Foi internada às pressas no Hospital das Clínicas Samuel Libânio acometida por Celulite Estafilocóccica, no curso clínico de Diabetes Mellitus mal controlada, identificando: Síndrome Anêmica e disfunção Renal, evolução com diminuição de diurese, sinais de figose na perna esquerda e punho esquerdo, com sinais de rubor, dor e vermelhidão.Anasracada.  Como se encontra desempregada, uma vez que deixou tudo para cuidar da sua mãe, está com dificuldades para arcar com os custos altos do tratamento já que, devido à pandemia, as vagas no SUS encontraram-se indisponíveis. Não podendo interromper o tratamento, optou-se pela internação no particular, pois corria risco de morte. Hoje ela já conseguiu a vaga e foi transferida para continuar a internação no SUS. Graças a Deus! Porém, a dívida do tratamento no particular ficou e agora estamos aqui, com aperto no peito e humildemente, contando com a solidariedade de amigos, familiares, conhecidos e até mesmos desconhecidos, para juntos conseguirmos arcar com essa dívida do seu tratamento e trazer um pouco de paz ao coração da Beia, que tanto já fez e ainda faz em prol de outros. E finalizo esse texto com a seguinte frase "pessoas incríveis são feitas de superações", que esse seja um momento de superação, evolução e muita gratidão à vida e a todos.

 

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020