Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Socorro Para uma Mãe Doente e um Filho Desesperado

ID da vaquinha: 939257
Socorro Para uma Mãe Doente e um Filho Desesperado
URL copiada!
23%
Arrecadado
R$ 6.902,00
de
Meta
R$ 30.000,00
Apoiadores
53
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Olá. Me chamo Jorge Eduardo, tenho 31 anos, moro em Salvador e venho diante desta Vakinha IMPLORAR pela misericórdia de vocês que leem.

Estamos vivendo atualmente uma situação terrível. Temos uma dívida, deixada por meu pai, um irresponsável ao qual tenho apenas como exemplo do que não ser como homem e pai, que é de R$88.000,00 com o condomínio que vivemos. 

Estamos desesperadamente tentando um acordo com o condomínio a mais de 3 anos, mas como não temos auxílio de familiares e sendo apenas eu e ela, só conseguimos, com extremo esforço, uma quantia de R$5.000, valor muito aquém dos 25% do total da dívida de entrada que o condomínio exige para sentar e realizar um acordo extra-judicial.

Este condomínio, que minha mãe lutou por mais de 30 anos para conseguir quitar sendo apenas uma Técnica de Enfermagem e onde eu vivi toda a minha vida, é o maior bem material da vida dela e uma garantia de uma velhice segura e tranquila, visto que a mesma já tem 65 anos. 

Seu nome é Cristina, uma senhora extremamente divertida e animada, mesmo tendo sido diagnosticada com depressão aos 13 anos de idade e tentado suicídio 2 vezes durante a sua vida. É o amor da minha vida, meu bem maior, meu tesouro e por quem eu daria minha vida sem um segundo de hesitação. Hoje está afundada numa depressão severa, toma medicamentos fortíssimos como Rivotril, Quetiapina, Carbolitium, Aristab para ter uma vida minimamente equilibrada. Além disto toma Atenolol e Losartana Potássica para hipertensão arterial, Aspirina Prevent para prevenção ao infarto e precisa URGENTE de auxílio para o tratamento de sua Fibromialgia, doença psicossomática responsável por dor crônica generalizada no corpo inteiro, que é intensificada pela depressão e pelos já 120 Kgs que alcançou tomando corticoides para combater as dores e que tirou praticamente toda sua liberdade para fazer as coisas mais básicas do dia a dia, como vestir uma calcinha ou tomar um banho sem precisar de ajuda. Possui também Síndrome do Pânico, Hipotireoidismo (ao qual trata tomando Puran T4) e fortíssimas dores nas 3 colunas (cervical, lombar e sacra), possivelmente em decorrência do peso e da natureza da profissão.

Atualmente eu trabalho em um hotel (Mercure) e que tem sido o pilar de sustentação da casa em suas necessidades básicas, como contas, alimentação e questões ou necessidades mais urgentes, junto com a aposentadoria dela (extremamente reduzida devido a diversos empréstimos, financiamentos e refinanciamentos). Estou lutando para conseguir auxílio gratuito em faculdades e afins para os tratamentos psicológico, psiquiátrico, fisioterápico e nutricional que ela precisa, mas nosso maior pavor, hoje, é a questão do condomínio.

Tenho medo de que, caso aconteça uma eventual penhora do apartamento, a depressão tome conta dela completamente por ver o fruto de noites e noites de trabalho duro em hospitais e clínicas sendo tomadas dela à força e ela acabe morrendo.

Seria a morte para mim. Sinto que não conseguiria continuar com essa vida. Isso não é jeito de se perder uma mãe tão maravilhosa e especial como a minha. Eu peço a Deus que a leve naturalmente, sem dor, sem tristeza, sem complicações... Por velhice, em paz, serena. É isso que ela merece.

 

Pelo amor de Deus, nos ajudem. Eu imploro, a cada um de vocês que leram. E a quem veio até o fim deste texto, ajudando ou não, um muito obrigado, do fundo do meu coração.

 

Caso queiram entrar em contato, meu telefone é (71) 9 9969-1988

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021