Vaquinha / Outros / Dinheiro

SALVAR MÃE, IRMÃ E IRMÃO DA GUERRA NA SÍRIA

ID da vaquinha: 52067
SALVAR MÃE, IRMÃ E IRMÃO DA GUERRA NA SÍRIA
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
40%
Arrecadado
R$ 8.798,00
de
Meta
R$ 22.000,00
Apoiadores
88
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens
    • Eu sou Abdulbaset Jarour, tenho 27 anos, estou em situação de refúgio no Brasil vivo em São Paulo. Sou de Aleppo uma cidade que todos sabem está sendo destruída pela guerra na Síria. Nasci em uma família de empresários bem sucedidos e junto com meus pais e seis irmãos levava uma vida tranquila, segura e feliz na cidade de Aleppo. Tinha meu próprio negócio, casa própria, uma loja de celulares e produtos eletrônicos, um carro moderno e minha vida era de festas e encontros com amigos e muitas viagens. Fui obrigado a servir o exército e nesse período a guerra já dava seus primeiros passos e um dia o local onde eu estava foi bombardeado e sofri vários ferimentos e tive algumas sequelas nos joelhos que até hoje me impedem de ter uma vida normal. Servi o exército e consegui ser liberado e na tentativa de salvar minha vida fugi para o Líbano e nessa ocasião procurei por 3 consulados em busca de vistos e somente o Brasil concedeu um visto de entrada. Quando cheguei ao Brasil não tinha muitas informações a respeito do país, da cultura, da língua, mas sabia da qualidade do café, do samba e que era um lugar de grandes belezas naturais e jogava-se futebol e daqui saiam os grandes nomes deste esporte. A minha dificuldade com a língua foi superada com o tradutor do celular e assim consegui encontrar um local para morar, tratar da documentação para permanência no país que me ofereceu a condição de refugiado. Apesar de ter aceitado essa condição para facilitar a minha vida eu não gosto do termo refugiado, pois tem muitas pessoas que não entendem essa palavra e veem o refugiado e principalmente o árabe como um terrorista. Aos poucos com meu jeito alegre e fui conquistando as pessoas e fiz muitos amigos e aos poucos fui aprendendo o português, falando com os amigos, estudando via internet e cheguei a fazer um curso básico de português para estrangeiros.

      A minha vida aqui tem sido uma grande luta, pois nunca consegui emprego fixo, apesar de ter dado muitas entrevistas em diversos canais de TV e ter contado com a ajuda e alguns amigos na distribuição de currículos. Além disso, já fiz uma cirurgia no joelho esquerdo e fiquei muito tempo em recuperação fazendo fisioterapia e agora aguardo a liberação do SUS para fazer a cirurgia na perna direita. Atualmente moro com amigos e faço palestra sobre cultura árabe e a guerra na Síria em diversas escolas, universidades e faculdades de São Paulo e também em todas as unidades do Sesc em São Paulo, Capital e interior. Minhas irmãs, cunhados e sobrinhos conseguiram sair de Aleppo e estão espalhados em diversos países, mas minha mãe, irmã de 12 anos e um irmão não conseguem sair de Aleppo e estão vivendo em situação de perigo e extrema miséria, além do frio que agora faz na região. Preciso de ajuda para tirá-los de Aleppo e enviá-los para um local seguro até que possa trazê-los ao Brasil ou enviá-los para junto de um dos meus familiares que estão em outros países. Vejam o link com uma das minhas entrevistas: 

    • https://www.youtube.com/watch?v=x4VRwaQ5UKc

    • https://www.facebook.com/abdulbaset.jar/

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2022