Vaquinha / Outros / Dinheiro

Quase estuprada, lutando contra o câncer

ID da vaquinha: 73760
Quase estuprada, lutando contra o câncer
URL copiada!
3%
Arrecadado
R$ 250,00
de
Meta
R$ 8.640,00
Apoiadores
2
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Meu companheiro têm um tumor no cérebro(que não dá mais pra operar), toma remédio caríssimo (que ajuda a não evoluir o tumor e reduz uma consequência dele que é secretar leite) e mesmo assim é uma pessoa de bem com a vida e maravilhosa.   Com ele aprendi de fato que o tempo é curto. Ele recebeu uma proposta de emprego e mudamos de estado pra ele conseguir trabalhar, deixamos família e amigos para tentar vencer na vida. Montamos um lar na correria em pouco tempo pra conseguir mudar, porém em menos de dois meses após mudarmos de estado nosso apto foi invadido e os ladrões levaram quase tudo novinho na caixa: roupas, pratos, notebook, tv, panelas, celular, tudo que imaginar... Tivemos um prejuízo de mais de 34 mil reais.   É horrível perder tudo e ainda ter que pagar pelo que foi roubado e estar longe da família e amigos pra ter um consolo constante... Nesse assalto eu estava no apto, já que estou desempregada, enquanto um dos bandidos levava o apto inteiro o outro tentou me abusar e ficava esfregando a arma pelo meu corpo, só me safei pois fingi que estava grávida e implorei pela vida do meu 'filho'. Com isso fiquei tão traumatizada que precisei de ajuda psicológica, mas como não tínhamos dinheiro sobrando, fiquei sem poder fazer o tratamento e só consigo dormir (quando durmo) á base de calmantes. Por causa do medo do assalto sempre que durmo fico batendo os dentes, isso já me fez quebrar um dente e ficar com dor no restante (parece até que está mole).   Eu não queria me expor mais, mas não vi uma saída, então fiz um perfil no Facebook para quem se interessar ver as fotos que comprovam a situação (boletim de ocorrência do assalto, foto da nota fiscal do remédio, foto do dente quebrado etc etc.: https://www.facebook.com/profile.php?id=100012289519287  OBS: a foto de parte do b.o. a policial ironizou um pouco a situação, mesmo ela tendo vistoriado o apto logo após o roubo. ela na hora apenas gerou o b.o. e depois o redigiu na delegacia onde dias depois fui buscar e vi que a história estava mal contada. de fato o prédio e apto foi arrombado. pra ajudar fui atendida por uma policial mal preparada que fez o trabalho bem mais ou menos... Consequências: Depois dessa situação toda, tenho medo de sair de casa, muitas vezes também tenho medo de ficar em casa, engordei bastante (não sei em quilos, só sei que roupas não me servem mais), fico tão nervosa que começo a cutucar a unha a ponto delas caírem, não durmo direito, tenho crises de choro... Eu me sinto envergonhada de ter que recorrer a esse pedido, mas até agora não consegui resolver minha situação e preciso de ajuda.   Quando eu estava bem, ajudava instituições de resgate de animais, instituições como GRAACC e Pintores com pés e boca e sempre ajudei minha família, pois meu pai trabalha desde os 5 anos e sempre fez de tudo por nós e sempre que pude procuro ajudar, pois acho que podemos retribuir como forma de agradecer o que a vida nos oferece de bom. Meus problemas são psicológicos e financeiros, e com a ajuda de vocês poderei sanar ao menos boa parte do financeiro. Gente, por favor me ajuda. Eu preciso muito e agradeço á todos vocês! Desculpe não me expor mais mas eu sinto muita vergonha (e tristeza) ainda.  
Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021