Vaquinha / Outros / Dinheiro

PARTICIPAÇÃO DE AUDIÊNCIA DA OEA EM LIMA

ID da vaquinha: 176004
PARTICIPAÇÃO DE AUDIÊNCIA DA OEA EM LIMA
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
4%
Arrecadado
R$ 300,00
de
Meta
R$ 8.000,00
Apoiadores
3
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Em maio de 2017 estivemos no 162º Período de Reunião da CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos) da OEA – Organização dos Estados Americanos.

Na ocasião, o convite foi uma resposta a uma denúncia formulada em nome da REHUNA – Rede pela Humanização do Parto e Nascimento onde participamos como sociedade civil denunciando a ocorrência da Violência Obstétrica no Brasil e solicitando a intervenção ou espaço da CIDH da OEA sobre o assunto, conquistando abertura de espaço para essa discussão na Corte.

Recentemente, A CIDH decidiu convocar por iniciativa própria (extra-ofício) uma audiência sobre "Denúncias de assassinatos de mulheres por razão de gênero na Argentina". A sociedade civil de toda a América Latina e Caribe foi convidada a participar e denunciar os casos de feminicídio em seus países, no 163º Período de Sessões de Audiência Pública que acontecerá entre os dias 03 a 07 de Julho em Lima, Peru.

Nós, da Organização Mulher sem Violência, estaremos lá, ocasião em que – além de participar das audiências públicas - apresentaremos e entregaremos algumas denúncias próprias. Se você/coletivo/organização possui um dossiê sobre o Feminicídio no Brasil e quiser que levemos à OEA, estamos à disposição para sermos portadores.

Vamos para a CIDH da OEA por entendermos a importância de ações do Advocacy nas questões dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, em especial nessa época em que muitos de nossos direitos estão sofrendo retrocessos.

Para irmos, fizemos empréstimos e parcelamos o valor das passagens aéreas. Por isso, pedimos a você que acredita na causa e tem possibilidade que apoie nossa ida ao 163º Período de Reunião da CIDH da OEA, em Lima, contribuindo com qualquer valor. O seu apoio e contribuição é muito importante para a luta e manutenção dos direitos das mulheres e para que sejamos ouvidas.

#mulhersemviolencia

#nenhumaamenos

#fuiouvida

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021