Vaquinha / Outros / Dinheiro

NATURALÊ em emergência: queda de árvore

ID da vaquinha: 1554377
NATURALÊ em emergência: queda de árvore
Andrea Portela
51%
Arrecadado
R$ 1.790,00
de
Meta
R$ 3.500,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Na noite de intensa chuva do dia 19 de novembro uma grande árvore tombou em cima do espaço Naturalê, construído com as mãos da Alessandra e onde ela vive e trabalha. 

Queda de árvore na casa/sede do projeto Naturalê - 19 de novembro de 2020

A antiga árvore sempre saudou todes que chegam em sua casa, em uma região de encosta, em um espaço do Morro que era de intenso acúmulo de lixo e que foi revitalizado e agroflorestado pela Alessandra. Diante do acontecido, Alê agradece a generosidade da planta por ter mantido sua casa e a fiação elétrica intacta. No entanto, no momento que você lê esse texto, a  árvore segue tombada e ameaçando a estrutura da sua residência. Com sabedoria, diz que a solução não deve ser simplesmente descartar o que envelhece - da mesma forma que acontece conosco, quando envelhecemos ou nos fragilizamos.

Nesse momento, a árvore segue sustentada apenas pela própria estrutura da casa, por tempo incerto

Nesse momento, todos os esforços da Alessandra estão  direcionados a MANTER a árvore viva, buscando viabilização técnica para escorá-la de maneira segura, e ao mesmo tempo manter a segurança de sua casa.Estamos em uma situação emergencial, arrecadando recursos para a obra e em busca de especialistas voluntários que possam avaliar as condições de sustento da árvore.

Alê não gosta de aparecer pelo seu trabalho - se dedica a fazer, cotidianamente, sem câmera, sem falas, sem fotos. Então, para quem não conhece a grande mulher que é  Alessandra, saiba que dedica sua vida à natureza, à agroecologia e educação ambiental com as crianças na favela onde vive, que há muitos anos estuda e cultiva plantas medicinais e oferece atendimentos com fitoterapia. Uma mulher que desde o início da pandemia, liderou sem trégua a iniciativa de construção de  70 pias no Morro da Providência e produziu - e segue produzindo - 10.000 litros de sabão com óleo de cozinha reciclado, que distribui às famílias.

Para quem já teve a oportunidade de encontrar a Alê na vida, vale apenas lembrar desse ser humano "absurdamente coerente" que é, que nos presenteia, em momentos extremos como esse, com seu amor genuíno pelas plantas e pela mãe terra. 

Alessandra Roque, educadora, raizeira, mateira, agrofloresteira, amiga, avó, guerreira, mulher
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2020