Cover image
Vakinha avatar

Vakinha de
Natalia Boechat
Sao Paulo/SP

Nata pelo mundo - me manda pra África!

ID da vaquinha: 146136

Copiar url:

Objetivo
R$ 7.000,00
Arrecadado
R$ 4.525,00
$ contribua

<<< C.O.M.P.A.R.T.I.L.H.A.R AMOR >>> Eu vou voluntariar na África. E você vem comigo por meio de doações! Compartilhe comigo o prazer de se doar e ser feliz ajudando pessoas pelo mundo!

Criada em
18/05/2017
Encerra em
30/08/2017

ATUALIZADO

13.06.2017

Olá mores,

Já tem algumas semanas que criei a vakinha... TANTA coisa aconteceu, boas e ruins, mas sei que é preciso ser positivo e enfrentar as situações acreditando que pode melhorar sempre.

Estou bastante sensibilizada com a quantidade de pessoas que não tenho um relacionamento tão próximo fisicamente, aliás, OBRIGADA internet por nos auxiliar nessa tarefa maravilhosa de manter laços com as pessoas que nos identificamos mesmo estando distante.

Queria explicar como decidi ir voluntariar... Bom, questões humanitárias sempre me chamaram muita atenção. A desigualdade no Brasil sempre me tirou do chão. Inclusive, essa foi uma das razões que me impulsionaram para me jogar na Europa há 11 anos. Depois de 5 anos retornei ao Brasil,e fui viver outro grande sonho de morar em São Paulo e fazer parte do jogo da vida que tanto me ensinaram ser  o mais correto e o “melhor” pra gente.

Ah São Paulo, que vida maravilhosamente bela e sofrida vivi. Sinto saudades desde aquela noite em que fui embora sentindo calafrios de amor por você. 

No fim do ano passado comecei a refletir mais profundamente na vida e meus propósitos para com ela... Passei meu aniversário sozinha em casa. Natal e também ano novo. Não dava para continuar daquele jeito. 

Muita gente me diz que sou uma pessoa corajosa. Realmente, acho que posso ser isso... Mas quero dizer que nos últimos 3 anos me senti a pessoa mais covarde do mundo. Sofria muito tentando entender como me permiti afugentar tanto dos meus sonhos e do jeito livre de viver a vida que sempre tive - e que acredito, sempre terei.

Quando 2017 começou, peguei um caderno antigo de textos, desabafos e inspirações - inclusive também me deixava triste o fato de não me inspirar mais para escrever - e decidi colocar no papel coisas que deveria fazer nesse ano. As principais eram: voltar a Barcelona e retomar a Coragem.

Pimba. 

Em um mês ganhei uma passagem para viajar a Europa. Em dois meses estava pisando em Londres, me sentindo a pessoa mais feliz do mundo. Acho que esse foi realmente um dos melhores dias da minha vida até hoje... A partir dali minha coragem chegou chegando. Imagino que ela tenha  pensado que eu deveria ficar parada vivendo a vida "normal"  e tenha ido viajar por aí achando que ao retornar eu estaria bem tranquila esperando. 

Voltei de viagem direto para uma reunião de time e dois dias depois apareceu uma luz assim, mágica, rainha da força soberana e  kármica que me ajudou a dar o pé no trabalho. Sim, foi muito rápido. Eu mesma fiquei um pouco assustada. Mas assim como muitas pessoas doaram dinheiro confiando em mim, sei que inspiro muitas pessoas e ficar parada em algo que já não me preenchia totalmente não seria exemplo. 

Decidi voltar a morar em Barcelona. 

Um mês e meio depois e eu já tinha devolvido apartamento e já estava me despedindo dos meus em Goiânia. As vezes espiava o LinkedIn, mas como procurar emprego em Barcelona se não tenho data para viajar?  Em um desses dias apareceu a vaga dos meus sonhos... Comunicação interna no MSF (Médico sem Fronteiras) em BARCELONA. Requisito básico: 2 anos de trabalho voluntariado. Isso me deixou intrigada, não sei exatamente o por quê…

Passei a me senti rmuito mal por não fazer nada... Como se inutilizar o tempo me fizesse dever algo muito valioso para alguém... Num desses dias, um amigo contou sobre uma amiga que em uma dessas crises existenciais decidiu ir voluntariar na Índia. Mais uma vez, pimba.

Quando morei em Londres, ou sei la quando nos últimos 11 anos, ouvi falar sobre voluntariado ao redor do mundo. Escutei histórias de pessoas que tiveram problemas chegando em um país sem alguém para recepcioná-los, escutei os valores altíssimos que eram cobrados por algumas agências e sempre deixei pra lá. 

Mas o pimba veio na hora certa. Falei: pronto, vou voluntariar antes de me mudar.

Criei a vakina online em um mega impulso (novidade rs) e não tinha a mínima ideia de onde poderia chegar com isso. Pouco a pouco percebi que a maior ajuda é essa sensação de uma pessoa que toma alguns minutos do seu tempo para ler o que você está pensando, ou doações de pessoas que jamais "acreditariam" nos meus sonhos de vida.

Sou muito grata. Meu transtorno de ansiedade generalizada (TAG) me paralisa as vezes, mas desde que dei início a esse projeto de vida, tenho um motivo a mais para viver e ser feliz todos os dias.

Já decidi que irei para o Malawi, mas prefiro comunicar a ONG e os projetos quando tiver tudo acertado.

Obrigada, obrigada e obrigada a quem tem me acompanhado nessa jornada. A doação do seu tempo vale milhões no meu <3.

Continue por aqui, perto de mim.

 

Beijos,

Nata (quando morei na Itália minha amiga gritava Naaaata na janela para me chamar e desde então é o apelido que mais gosto)

-------------------------------------------

Texto de lançamento da Vakinha:

Ter um emprego. Pagar as contas. Sair com os amigos. Viajar nos fins de semana. Planos para o futuro. Ser feliz?

Cuidar da casa. Sofrer de ansiedade. Estudar. Juntar dinheiro. Ter uma religião. Ser feliz? 

Fazer o que ama. Criar possibilidades. Ser saudável. Encontrar parceiros de vida. Ser feliz? Não sei. Acredito na possibilidade de ajudar, de compartilhar o que a vida me ensinou e o que tive a oportunidade de aprender. Acredito no futuro de um mundo mais globalizado e na verdade das experiências trocadas. Recentemente larguei tudo que talvez seja o que acreditamos desde sempre ser o essencial para a felicidade. Como a maioria sabe, decidi viver em Barcelona, onde acredito que posso ser ainda mais feliz. Mas ainda é e sempre será muito pouco para mim. Preciso ajudar, preciso levar o que possuo para e pelo mundo, por isso decidi aproveitar o tempo que tenho para me dedicar a esse projeto. Talvez você não entenda, mas peço sua ajuda para realizar esse sonho e consequentemente partir junto comigo para um voluntariado na África.  Qualquer quantia será bem vinda. O objetivo é pagar os custos da viagem e levar todo a caridade e amor que eu tenho dentro de mim! Obrigada e preparem as malas! Vamos juntos pelo mundo! ps.: Após essa experiência darei continuidade aos meus planos de ser feliz em Barcelona. Espero por vocês lá :)

$ contribua

Novidades (3)

Natalia Boechat alterou o título da vaquinha em 13 de Junho de 2017:

De Nata pelo mundo para Nata pelo mundo - me manda pra África!

Natalia Boechat publicou em 02 de Junho de 2017:

Minha vaka ta engordaaaando gente! 

 

OBRIGADA OBRIGADA OBRIGADA! 

Natalia Boechat publicou em 23 de Maio de 2017:

O DOC Café de Ribeirão Preto, doou 10 kgs de café para a vaquinha. Doações acima de R$ 50 recebem um pacote de cafe gourmet em casa! Contribua com esse projeto de amor e aproveite!

Quem ajudou (27)

  • anônimo
    em 19 de Julho de 2017

  • Rodrigo Perillo Cardoso
    em 10 de Julho de 2017

  • Carina Silveira
    em 06 de Julho de 2017 diz: Tenho certeza que essa viagem vai mudar sua vida!! Aproveite cada momento! Boa viagem!! Bjos

  • anônimo
    em 02 de Julho de 2017 diz: Amore tentei 500 mas não consegui. Marca la 91 a 100 71 a 80 Boa sorte 🙏🏻😘

  • anônimo
    em 02 de Julho de 2017 diz: Natália, desejo de coração que sua missão seja enriquecedora e que vc consiga realizar seus sonhos!!! Beijos

  • Clarissa Oliveira
    em 22 de Junho de 2017 diz: Demorou, mas chegou! Muito juízo e cuidado nessa viagem. Que Deus te abençoe 🙏🏻🙏🏻 Te vejo em BCN ☺️ 😘

  • Camila Nunes
    em 22 de Junho de 2017

  • Pamela Fernanda Arcaro Arandia
    em 15 de Junho de 2017 diz: Oi Nata, Já fiz minha parte, agora desejo que vc possa levar muito amor pra África. Um prazer te ajudar❤️Beijos Pamela

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.