Vaquinha / Outros / Dinheiro

"Na Colônia Penal" a primeira encenação cearense de Franz Kafka

ID da vaquinha: 45851
"Na Colônia Penal" a primeira encenação cearense de Franz Kafka
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
56%
Arrecadado
R$ 1.675,00
de
Meta
R$ 3.000,00
Apoiadores
29
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens

Este financiamento coletivo, idealizado pelo Cangaias Coletivo Teatral, tem por objetivo arrecadar fundos para a montagem do espetáculo “Na colônia penal”, texto de Franz Kafka e adaptação do dramaturgo Rafael Barbosa.

Sobre o grupo: O Cangaias Coletivo Teatral surgiu em 2012 a partir da Trupe Cangaias de Teatro. Tem em seu repertório espetáculos como “O Santo e a Porca - A história de um avarento”, “Balões - eu te amo” e “Miau!”. No ano de 2015 O grupo foi homenageado pelo maior festival de esquetes de Fortaleza, o FECTA, destacando-se no circuito de novos grupos da cena teatral cearense. Atualmente o grupo é formado por estudantes universitários e alia refinamento estético e experimentação em suas montagens.

Sobre o espetáculo: Kafka é um dos maiores autores da literatura universal e inédito nos palcos cearenses. Mais do que uma montagem, trazer o autor para a cena se dá de maneira ousada e original, principalmente por se tratar da primeira montagem do autor por um grupo cearense. O ineditismo e a autorialidade do projeto permeiam a adapatação do texto - que será realizada prelo dramaturgo Rafael Barbosa - , figurino, iluminação, produção e direção. Esses três últimos realizados pelos próprios integrantes do Coletivo Cangaias, mostrando continuidade, autenticidade e formação. A obra escolhida para a montagem, “Na colônia penal”, reflete acerca da vigência de um sistema de justiça retrógrado e, até então, indubitável. As relações de poder entre as quatro figuras presentes no texto revelam a supremacia de um governo conservador, desumano e cruel questionada por um estrangeiro que chega a colônia.

Sinopse:

O espetáculo retrata o embate entre um Pesquisador e um Oficial Militar responsável pela manutenção de uma máquina de tortura e extermínio. São levados à máquina todos os que se insurgem contra a ordem hierárquica estabelecida, é o caso do Condenado cuja execução, por um Soldado operador, é plano de fundo para o desenrolar da trama.

- Ele não conhece a própria sentença?

- Seria inútil anunciá-la. Ele vai experimentar na própria carne!

(Trecho do espetáculo)

Ficha Técnica

Direção: Luís Carlos Shinoda

Texto: Franz Kafka

Adaptação dramatúrgica: Rafael Barbosa

Elenco: Angélica Nunes e Luís Carlos Shinoda

Iluminação e Cenotecnia: Angélica Nunes

Figurino: Davi Ângelo

Produção: Adonai Elias

Assessoria de comunicação: Júlia Norões.

Realização: Cangaias Coletivo Teatral

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.