Pessoas / Saúde / Caridade

Me ajude Yan Santos e minha incrível mãe Helena

ID da vaquinha: 2416946
Me ajude Yan Santos e minha incrível mãe Helena
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
1%
Arrecadado
R$ 995,00
de
Meta
R$ 70.000,00
Apoiadores
16
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens
Me chamo Yan, tenho 22 anos e possuo necessidades especiais. Essa que está me dando banho é minha mãe. Depois de ter um derrame, ela ficou muito debilitada e doente... agora se recuperando aos poucos de todo o ocorrido, ela voltou a cuidar de mim. Não movimento nada em meu corpo e minha mãe faz tudo para mim, como dar de comer, dar banhos, praticamente tudo.

Eu estou vindo fazer esse pedido por que nós precisamos de ajuda para cuidar de minha saúde e conseguir coisas que estou precisando muito. Eu nunca fiz uma fisioterapia, nunca fui a um psicólogo e nunca fiz nenhum tratamento para melhorar minha saúde física, sempre tive vários problemas de tumores que nasceram pelo meu corpo e que deixaram meu corpo com muitas cicatrizes e sequelas que minha mãe lutou durante anos cuidando e tratando.

Sei que estou pedindo um valor muito alto, mas nesse momento estou em minha cama escrevendo essa carta, estou ficando 24h em minha cama, minha mãe Helena não está podendo me carregar mais, mas mesmo assim ela não saiu do meu lado e está fazendo todo o possível. Sei que o valor da Vaquinha é muito alto e não sei se conseguirei atingir a minha meta, mas… não tenho uma cadeira de rodas boa e confortável, estou precisando de muitas coisas e o pouco que você puder doar vai dar um conforto em nossos corações, minha cadeira de banho não presta mais, está velha e toda enferrujada.

Eu e minha mãe nos formamos no ensino fundamental e médio juntos. Só consegui me formar por causa de minha mãe, ela nunca desistiu de mim e nós dois nos formamos juntos em 2018. Nós íamos para o colégio de ônibus, sim, minha mãe sozinha andava nas ruas de Manaus e botava eu no ônibus para irmos estudar. Às vezes as pessoas ficavam irritadas com a gente, por que fazíamos o ônibus demorar a dar partida, mas isso nunca baixou nosso ânimo.

Logo após terminarmos os estudos no colégio, também fiz um curso de informática. Lá eu tinha uma mesa adaptada e utilizava o mouse com meu pé direito, para apertar as teclas do teclado eu usava uma caneta na boca, o teclado ficava na altura da minha cabeça. Como já havia citado, eu escrevo com a boca e também  desenho com a boca, tenho uma vontade imensa em ser um contador de histórias em quadrinhos, da mesma forma que escrevo pego o lápis entre os lábios e os dentes e desenho em uma mesa adaptada que minha mãe mandou fazer muito tempo atrás.

Como eu disse, o valor é alto, mas se ajudar não importa a quantia, você já vai tirar um peso dos meus ombros e da minha mãe, e melhorar um pouco minha vida. Agradeço demais, se puder ajudar com qualquer quantia ou, se não puder, pelos menos compartilhando esta Vaquinha. Também desejo a você tudo de bom, e se protejam, porque a Covid-19 ainda está aí. Se cuide e proteja quem você ama.

Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.