Leve um Sorriso a Keila

ID da vaquinha: 143890
Leve um Sorriso a Keila
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 14.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Olá queridos!! Meu nome é Ju, sou cirurgiã dentista apaixonada pela minha profissão, associada à Missão Leve um Sorriso, que agora está em sua segunda ação: levar um Sorriso à Keila. Em nossa  primeira Ação contamos com a ajuda de amigos, que vestiram nossa camisa, SE doaram, e, sobretudo, chamaram mais amigos, familiares, conhecidos, para que juntos alcançássemos nosso objetivo!  Desta vez não será diferente! Juntamente com o apoio de nossa amiga Raquel Azara, do 'Organizando com Raquel' convidamos cada um a fazer parte da nossa missão.  Keila tem 18 anos e mora na fronteira de Mato Grosso do Sul e Bolívia com seus pais, que há muitos anos exercem atividades de auxílio da população carente local. Ela foi diagnosticada com Encefalopatia Crônica não progressiva, o que implica na extrema redução da sua capacidade locomotora dentre outras necessidades constantes e tratamentos médicos. Devido à situação financeira bastante limitada, sua família ainda não conseguiu arcar com as despesas de uma cadeira de rodas adequada para sua locomoção, tampouco possui uma cadeira adequada para o banho. Recentemente foi também sugerido que ela utilizasse óculos com a finalidade de tentar aumentar seu equilíbrio. Abaixo temos um relato e explicação da atual situação por sua mãe Iolanda. Ao lembrar da alegria de saber que em meu ventre havia uma bebê, me lembro também da misericórdia de Deus em poder olhar todos os dias para o lado e ver que aquele bebê esta vivo, e comigo. Mas ao mesmo tempo, como mãe, me angustia o coração não ter condições de suprir todas as necessidades de minha filha. Nossa filha keila veio ao mundo com apenas 6 meses e meio, na ocasião precisou ficar sob observação por alguns dias. Mas logo sendo liberada, fomos para casa, com nossa alegria no colo!  Passado algum tempo, depois de mamar, observei que ela não respirava! Corremos para o hospital, onde depois de longos minutos, o médico nos informou que ela havia voltado após 30 minutos sem oxigênio! Aquele dia foi decisivo! Passados 4 meses daquele incidente, notamos algo anormal! O pescocinho dela não firmava, ela não permanecia em pé! Passávamos por uma fase de muita dificuldade, mas assim que conseguimos a trouxemos para o Rio, onde foi investigado e ela foi diagnosticada com encefalopatia crônica. Isso significaria que nós precisaríamos de tratamento constante, e para sempre, com fonos, fisioterapia, ecopatia, psicólogo, estímulos, hidroterapia..  e de lá para cá, esta tem sido nossa constante rotina!! Neste momento, com a graça de Deus keila está uma moça já! Mas ainda possui necessidades que não temos condições ou meios de suprir!! Estamos lutando para conseguir um óculos que ela esta necessitando, mas, nossa maior aflição, é ouvir nossa filha orar a Deus todos os dias por uma cadeira de rodas adequada, que ela possa se locomover com qualidade. Nós  cremos num Deus que faz milagres!! E num Deus que pode usar pessoas boas para nos ajudar nisso!   Embora não tenhamos condições financeiras, não medimos esforços para que ela tenha a melhor vida possível! Viajamos todos os dias ate a APAE, em outro município, para que ela possa receber um bom tratamento, e isso consome combustível e dinheiro, que não conseguimos poupar para dedicar à cadeira! Cremos no poder da oração da Keila, cremos no poder do auxílio entre as pessoas! E temos fé de vermos nossa filha vivendo com mais mobilidade e dignidade com a chegada da tão sonhada cadeira! Precisamos da sua ajuda para levarmos um sorriso à Keila!

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021