Cover img 20190208 wa0056
Thumb img 20190207 wa0022

Vakinha de
Gabriella Batista dos Santos
Rio de Janeiro/RJ

Gabriella na Universidade Federal do Rio Grande

ID da vaquinha: 468579

Copiar url:

Objetivo
R$ 3.000,00
Arrecadado
R$ 2.675,00
$ contribua

Sou a Gabriella Batista dos Santos e sou estudante de baixa renda e bolsista do Rio de Janeiro. Fui aprovada na Universidade Federal do Rio Grande mas minha família não tem dinheiro para arcar com os custos. Meu pai é caminhoneiro e garçom e minha mãe explicadora, tenho 2 irmãos mais novos. Preciso de ajuda para conseguir me mudar para Rio Grande e realizar meu sonho de ser Defensora de Justiça.

Criada em
08/02/2019
Encerra em
01/03/2019

Meu nome é Gabriella Batista dos Santos eu tenho 17 anos e moro no Rio de Janeiro.

Fui aprovada no curso de direito na Universidade Federal do Rio Grande e na PUC de São Paulo mas para conseguir isso passei por muito antes.

Quando criança estudava no colégio particular próximo a minha casa mas meu pai ficou desempregado. Então ingressei ainda no Jardim numa escola pública próximo a minha casa localizada zona oeste do Rio de Janeiro no bairro de Jacarepaguá. Na Escola Municipal Roberto Burle Marx eu estudei desde o jardim até o nono ano do ensino fundamental. No colégio aprendi o amor pela leitura, escrita, teatro, dança, desenho e ajudei na biblioteca da escola.

Para mim e meus dois irmãos mais novos meus pais sempre enfatizaram o poder transformador da Educação na vida de qualquer pessoa. Sempre fui uma aluna muito estudiosa que ganhava concursos de conhecimento escrita e dança no colégio.

No sétimo ano fui apresentada a um projeto(cujo nome não posso citar, devido a cláusula contratual) que me ajudaria a conseguir uma bolsa posteriormente. Das cinco fui aprovada em quatro etapas Para Ser aprovada no projeto. Por conta disso fiquei muito chateada então Surgiu uma nova oportunidade nesse mesmo projeto. Era o primeiro ano do projeto online para me preparar para o ensino médio. Durante todo oitavo ano fiquei no projeto online porém minha família não possuía computador muito menos internet. Então era a única no projeto online que não possuía grupo pois os outros participantes do meu grupo desistiram e computador. Mesmo assim continuei e Criei um aplicativo para ajudar crianças com obesidade infantil. Além disso tinha que fazer trabalho diariamente online na casa de um primo após a escola e o balé. No fim do ano foi uma das cinco escolhidas para fazer parte do projeto o qual fui rejeitada.

No nono ano tive de estudar no colégio público localizado em Jacarepaguá e num colégio particular com auxílio do projeto localizado em Botafogo. Durante todo o ano tinha de sair da escola às 11:30 para pegar um BRT até o terminal Alvorada e o ônibus 309 até a praia de Botafogo. Na época não havia metrô na barra e o trajeto demorava por volta de 2 horas, sem horário de sobra para o almoço. Por isso diversas vezes chegava no colégio e queimava minha língua ao tentar engolir o mais rápido possível ou na pior das hipóteses, ficava sem comer para estar às 13 horas na sala de aula. Nesse ano realizei meu sonho de conseguir um curso de inglês online e um computador através do projeto.

Fui aprovada no fim e consegui uma bolsa para estudar no colégio com o auxílio do projeto nos aspectos alimentação, transporte, uniforme, material e mensalidade ( o que possuía no colégio privado pelo projeto durante o 9º ano também). E com isso ganhei o prêmio protagonista no projeto a qual sou bolsista( prêmio destinado a alunos exemplares na história de vida).

 No primeiro ano do ensino médio consegui cursar na Barra a meia hora da minha casa e conseguir uma bolsa na unidade filantrópica do Cultura Inglesa através do projeto para realizar novamente meu sonho de estudar no curso de inglês presencial. Ganhei a feira de ciências nesse ano do meu colégio e no segundo ano menção honrosa no projeto ONU, pela primeira vez na história do colégio um grupo de jornalistas foi premiado.

Era também voluntária no projeto online o qual consegui a bolsa para estudar presencialmente. Era voluntária como professora de dança e matérias de linguagens e humanas para crianças numa comunidade local. Ano passado após o evento que incendiou o Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro criei o projeto resgate de museus para ajudar museus em estado precário no Rio de Janeiro.

No ano de 2018 fiz o terceiro ano neste mesmo colégio através do projeto passei duas tardes com profissionais da área do direito o que me deixou mais apaixonada pelo curso. 

Hoje fui aprovada na Universidade Federal do Rio Grande e na PUC de São Paulo ambas cinco estrelas no curso de Direito.

Meu pai é caminhoneiro e estudou somente até o fim do Ensino Médio assim como minha mãe. Meu pai não passa os fins de semana com a família porque tem que ser garçom nas folgas. E trabalha carregando peso mesmo com um sério problema de coluna. 

Minha mãe abdicou dos sonhos pessoais para encaminhar a mim e meus irmãos. Ela cria nós 3 e cuida da casa, ao mesmo tempo que é explicadora.

Peço sua ajuda para realizar meu sonho cursar Direito e continuar fazendo o que eu amo que é ajudar pessoas de modo mais efetivo. Quero ser Defensora pública e garantir conforto e descanso aos meus pais. Além de levar justiça aos mais necessitados!

Me ajude a conseguir ir para Rio Grande e ser uma história de superação na minha família e no Brasil🙃

$ contribua

Novidades (0)

Quem ajudou (37)

  • anônimo
    em 11 de Fevereiro de 2019

  • Clarice
    em 10 de Fevereiro de 2019

  • Alright
    em 10 de Fevereiro de 2019

  • anônimo
    em 10 de Fevereiro de 2019

  • Soeli Dos Santos
    em 10 de Fevereiro de 2019

  • Ana Claudia Palhares
    em 10 de Fevereiro de 2019

  • anônimo
    em 09 de Fevereiro de 2019

  • Paulo Jorge Correa Campos
    em 09 de Fevereiro de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.